A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
MAPA MENTAL 5

Pré-visualização | Página 1 de 1

GABRIELA CALDEIRA - MICROBIOLOGA 
 
SÃO MECANISMOS PELOS QUAIS OS VÍRUS SÃO 
CAPAZES DE CAUSAR DOENÇAS 
 
DEVEM SER CONSIDERADAS AS FASES DE 
ATAQUE DO VÍRUS AO HOSPEDEIRO E OS 
MECANISMOS DE DEFESA DO HOSPEDEIRO 
 
A MAIORIA DAS INFECÇÕES NÃO LEVA A 
PRODUÇÃO DE DOENÇA, APENAS SINAL 
SUBCLÍNICO 
 
A MESMA DOENÇA PODE SER CAUSADA POR 
VÁRIOS VÍRUS E LEMBRAR QUE A DOENÇA NÃO 
SE RELACIONA COM A MORFOLOGIA VIRAL 
 
A SUSCEPTIBILIDADE OU RESISTÊNCIA À UMA 
INFECÇÃO DEPENDE: 
 POTENCIAL GENÉTICO 
 FATORES NUTRICIONAIS 
 ESTADO IMUNE 
 ESTRESSE 
 GRAVIDEZ 
 IDADE 
 SEXO 
 RESISTÊNCIA NATURAL OU ADQUIRIDA 
 
 
INTERAÇÃO VÍRUS x HOSPEDEIRO: 
 BLOQUEIO DA SÍNTESE PROTEICA, DNA E RNA 
 ESGOTAMENTO DOS COMPONENTES 
CELULARES ESSENCIAIS PARA SOBREVIVÊNCIA 
CELULAR 
 ALTERAÇÃO NA COMPOSIÇÃO DA 
MEMBRANA PLASMÁTICA 
 AUTÓLISE CELULAR PELA LIBERAÇÃO DE 
ENZIMAS HIDROLÍTICAS E ATIVAÇÃO DA 
APOPTOSE 
 INTERAÇÃO GENÔMICA EM INFECÇÕES 
PERSISTENTES COM MALIGNIZAÇÃO CELULAR 
 ALTERAÇÕES CROMOSSÔMICAS 
PATOGÊNESE DA INFECÇÃO VIRAL 
FASES DE ATAQUE AO HOSPEDEIRO: 
 1ª PENETRAÇÃO: PODE OCORRER POR 
LESÃO OU NÃO; PODE PERMANECER 
LOCALIZADA OU SER DISSEMINADA PELA LINFA, 
SANGUE OU NERVOS 
 2ª DISSEMINAÇÃO: APÓS OCORRER A 
REPLICAÇÃO PRIMÁRIA NO LOCAL DE 
ENTRADA, OS VÍRUS PROPAGAM NO 
HOSPEDEIRO PELO SANGUE (VIREMIA), LINFA E 
NERVOS. O TROPISMO POR TIPOS DE CÉLULAS E 
TECIDOS É DADO PELO RECONHECIMENTO DE 
ALGUNS RECEPTORES DA SUPERFÍCIE CELULAR 
PELO VÍRUS 
 3ª INCUBAÇÃO: CICLO VIRAL; PERÍODO 
ONDE INICIA A INFECÇÃO E O MOMENTO 
ONDE APARECEM OS SINAIS DA DOENÇA 
 4ª MANIFESTAÇÃO DOS SINTOMAS: O 
VÍRUS SEGUE PARA FIXAÇÃO EM UM ÓRGÃO 
ESPECÍFICO; FORMAS DE INFECÇÃO: 
- INFECÇÃO AGUDA 
- CRÔNICA 
- TUMORIGÊNICA 
- INFECÇÃO AGUDA: RÁPIDA REPLICAÇÃO VIRAL. O AGENTE PODE SER 
ERRADICADO RAPIDAMENTE OU NÃO 
- INFECÇÃO CRÔNICA: PERSISTÊNCIA DO AGENTE POR MUITO TEMPO. O 
VÍRUS NÃO É ERRADICADO. REPLICAÇÃO E EXCREÇÃO VIRAL SÃO 
BAIXAS. PODE SER PERSISTENTE OU LATENTE 
- TUMORIGÊNICO: ALGUNS VÍRUS ESTABELECEM INFECÇÕES 
PERSISTENTES QUE PODEM ESTIMULAR O CRESCIMENTO CELULAR 
DESCONTROLADO. O ACÚMULO DE MUTAÇÕES LLEVA ALTERAÇÕES 
FUNCIONAIS COMO PERDA DE INIBIÇÃO DE CONTATO

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.