Buscar

Admilson_Costa-Guarda Municipal de Niterói-Legislação

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 44 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 44 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 44 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

GUARDA CIVIL 
MUNICIPAL 
NITERÓI RJ
Professor Admilson Costa
HISTÓRIA DE NITERÓI/FUNDAÇÃO 
AOS DIAS ATUAIS
FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA 
(DE 1691 AOS DIAS ATUAIS).
❖ Em divisões territoriais datadas de 1936 e 1937, bem como no quadro anexo ao decreto-lei
estadual nº 392-A, de 31-03-1938, o município de Niterói permanece como único termo
judiciário da comarca de Niterói e se compõem do distrito Sede, subdividido em 2 zonas: 1º
zona 1º, 4º e 5º antigos distritos. ( 2º zona 3º, e 6º antigos distritos).
❖ No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o Niterói é constituído do distrito
Sede, subdividido, em 4 zonas denominadas 1º,2º,3º e 4º e é único termo judiciário da
comarca de Niterói.
❖ Pelo decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12-1943, a área municipal ficou acrescida em virtude
da anexação do distrito de Itaipu, desmembrado do município de São Gonçalo. Dessa data em
diante, Niterói passou a ter dois distritos: Niterói com 2 zonas e seus bairros e o Itaipu. Niterói
é constituído de 2 distritos. Niterói e Itaipu.
❖ Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município de Niterói é constituído de 2 distritos:
Niterói e Itaipu.
❖ Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1968.
❖ Por força do disposto da lei complementar nº 20, de 01-06-1974, o município de Niterói deixou
de ser capital do estado.
❖ Em “Síntese” de 31-Xll-1994, o município é constituído de 2 distritos: Niterói e Itaipu.
❖ Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.
https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/riodejaneiro/niteroi.pdf
https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/riodejaneiro/niteroi.pdf
Morte do jornalista 
Vladimir Herzog (1975). 
❖ A necessidade de mudanças ficou evidenciada nas eleições
parlamentares de 1974, quando o MDB praticamente dobrou a sua
representação: de 87 DF pulou para 165, enquanto a ARENA reduziu de
223 para 199. No Senado, o MDB pulou de 7 para 20 Senadores,
enquanto a ARENA diminuía de 59 para 46.
❖ Em abril de 1977 o Congresso foi fechado por 15 dias, quando foi
estabelecido o chamado Pacote Abril:
• Senadores biônicos: 1/3 eram escolhidos indiretamente, para manter a
hegemonia do Arena no parlamento;
• Mandato presidencial de 6 anos;
• Propaganda eleitoral gratuita, limitada pela Lei Falcão, que não permitia
manifestações e discursos contra o governo;
LEI FALCÃO (1976).
• Aumento do mandato presidencial (de 5
para 6 anos).
• As decisões no Congresso passaram a
depender apenas de maioria simples.
• Um terço das cadeiras do Senado
passaram a ser concedidas aos
“Senadores Biônicos”.
A Lei Falcão determinava que a propaganda de rádio e TV para os pleitos
municipais de 1976 deveria consistir apenas em uma narração do nome,
do partido, do número e do currículo de cada candidato. Nas
propagandas televisivas, havia ainda uma foto dele. No máximo, era
permitido divulgar datas e locais de comícios.
❖ Insatisfações populares: Camadas médias
urbanas exigindo mais participação política,
necessidade de mudança socioeconômica,
elite não tolerava mais o modelo
dependente do capital externo;
❖ Aumento dos movimentos pela
redemocratização (manifestações sociais e
greves pedindo por voto direto e uma nova
constituinte);
❖ Reivindicação da anistia à presos políticos,
de perdão aos considerados crimes políticos
e retorno dos “exilados”; (Não havia lei de
banimento ou exílio durante o regime
militar).
II PLANO NACIONAL DE
DESENVOLVIMENTO (II PND) Mário
Henrique Simonsen:
❖ Inaugurou as primeiras linhas de
metrô em São Paulo e no Rio de
Janeiro;
❖ Programa Proálcool (Programa
Nacional do Álcool) em 1975:
• Incentivo e promoção da substituição
de automóveis movidos à gasolina
pelos movidos à álcool, devido a crise
mundial do petróleo.
POLÍTICA EXTERNA:
❖ Evitou alinhamento incondicional com os EUA;
❖ Acordo militar Brasil-Alemanha: usinas nucleares de Angra dos Reis.
❖ Reatou relações diplomáticas com a China;
❖ Reconheceu regimes socialistas no mundo;
❖ Geisel foi duramente criticado pela linha dura pelas medidas relacionadas
à diplomacia externa no Brasil.
Diversas entidades promovem
debates de cunho social: OAB,
CNBB, ASBPC, CEB’s, UNE e
ABIM.
Extinção do Ato Institucional nº 5 em 1978!!
GOVERNO FIGUEIREDO (1979-85)
REFORMA CONSTITUCIONAL:
❖ Lei da Anistia (1979) perdão a crimes políticos;
• Não perdoava crimes relacionados à sequestros, assaltos à bancos ou
assassinatos;
• Militares não foram investigados;
❖ Lei Orgânica Dos Partidos Políticos (1979) Reabertura partidária;
• Extinção do bipartidarismo e dissolução do ARENA e do MDB, em seguida
foram formados o PSD (de maioria governista), PMDB (maioria da oposição),
PP, PDT e PT;
MOVIMENTOS SOCIAIS NA 
FASE FINAL DO REGIME:
❖ CONCLAT 
(Conferência das Classes 
Trabalhadoras)
• Nova legislação trabalhista;
• Reforma agrária;
• Assembleia nacional 
constituinte;
• Fim da lei de segurança 
nacional;
MANIFESTAÇÕES CONTRA A 
REABERTURA POLÍTICA:
• Setor ultraconservador insatisfeito;
• Abril de 1981 – Atentado ao
Riocentro;
• A queda do General Golbery de
Couto e Silva, líder da resistência à
abertura do regime, contribuiu para
o processo de reabertura;
❖ Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
• Se manifestou no tocante de questões sociais e direitos humanos;
❖ Movimento das Diretas Já!
• Requeria eleições diretas e
reestabelecimento pleno das liberdades;
• Emenda Dante de Oliveira (PMDB)
➢ Não vigorou, pois, foi boicotada por
políticos do PSD, liderados por Paulo Maluf,
que boicotaram a votação no Congresso;
(falta de quórum);
As eleições ocorreram de forma indireta entre Tancredo Neves (PMDB) e seu 
vice José Sarney (PFL) e Paulo Maluf (PSD);
❖ Contradições pela governabilidade:
• Articulação conservadora (os mesmos que implantaram o regime em 64,
apoiavam o fim dele em 85);
• Política de mudanças sem ameaçar os interesses das elites;
❖ Vitória de Tancredo Neves, que faleceu em 21 de abril de 1985 sem tomar
posse do cargo;
❖ José Sarney, vice de Tancredo, e simpatizante do regime militar, assumiu o
governo até 1990.
❖ Em 1975, desapareceu o estado da Guanabara,
que se incorporou ao estado do Rio de Janeiro.
Era a chamada fusão, que provocou o
esvaziamento econômico-cultural-político de
Niterói, que perdeu a condição de capital para a
cidade do Rio de Janeiro. Os órgãos públicos
estaduais se transferiram para a cidade do Rio de
Janeiro, inclusive a assembleia legislativa
estadual, cujo prédio na Praça da República
passou a abrigar a câmara dos vereadores. Em
1976, foi criado, no Morro da Viração, o parque
da Cidade, uma reserva florestal municipal.
❖ O processo de transferência da capital para Brasília,
desencadeado no final dos anos 50, abriu o debate da fusão
como uma alternativa para equacionar o futuro da cidade
do Rio de Janeiro. Patrocinada por políticos da UDN carioca,
a proposta da fusão entre o Distrito Federal e o estado do
Rio retiraria de Niterói a sede do novo estado.
❖ A resposta a essa iniciativa por parte de ampla parcela dos
políticos fluminenses foi negativa. A união entre as duas
unidades da federação acarretaria na visão das principais
entidades de classes e políticos de então, um esvaziamento
para o estado do Rio."
DE OLHO NO EDITAL 
http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/9940/niteroi.pdf
http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/9940/niteroi.pdf
❖ A efetivação da transferência da capital para Brasília, a criação do estado da
Guanabara em 1960 e a ascensão do PTB no estado do Rio com a eleição de Roberto
Silveira para o governo do estado em 1958, que detinha suas bases políticas em
Niterói e na Baixada Fluminense, pareciam garantir, de forma duradoura, o estatuto
de Niterói como centro político do estado.
❖ Depois de muitas décadas, a terra de Araribóia parecia aproximar-se do conjunto de
quesitos definidores do modelo de capital proposto por Argan. Se continuava difícil
funcionar como um modelo, um exemplo a ser seguido pelo interiorfluminense, ou
mesmo representar um locus de construção de identidade regional, Niterói, nos
anos 60, consolidava seu papel de centro político e demonstrava melhores condições
para servir de socializadora das elites municipais em torno de projetos estaduais
mais abrangentes.
❖ A partir de 1974 esse processo foi atropelado. A proposta de fusão retornaria à cena sob o patrocínio dos
governos militares e apoiada por expressivos setores do empresariado e políticos da arena carioca. Os
fluminenses em geral e Niterói em particular, não viam com bons olhos a nova iniciativa. Amaral Peixoto,
principal liderança política do estado do Rio, percebia que a fusão traria uma subordinação das forças
fluminenses aos interesses cariocas, como efetivamente aconteceu com o controle político do novo MDB do
estado recém criado pelas forças políticas da cidade do Rio de Janeiro. Niterói perdeu o estatuto de capital do
estado para a cidade do Rio de Janeiro.
❖ Passados vários anos, volta e meia é relançada a ideia de desfusão e a proposta de Niterói como capital
reaparece. É compreensível o interesse de jovens políticos fluminenses e de Niterói, nesse tema, frente a suas
estratégias eleitorais de curto prazo. Eleger-se governador da velha província fluminense constituiu-se tarefa‘
mais fácil para essas novas elites, do que penetrar no eleitorado da antiga capital federal.
❖ Por tudo isso, a ideia da desfusão - que pode parecer à primeira vista interessante e dar a impressão de que
Niterói teria novas vantagens, recuperando sua antiga posição de capital do estado - é, em grande medida,
ilusória e problemática.
❖ Niterói tem seu desenvolvimento econômico e modernização garantidos, independente de ser ou não capital. O
direito de eleger seu prefeito e a garantia de sua autonomia política tem permitido a Niterói redefinir seu perfil
como cidade e encontrar sua identidade.
❖ Em 1975, desapareceu o estado da Guanabara, que se incorporou ao estado do Rio de Janeiro. Era a
chamada fusão, que provocou o esvaziamento econômico-cultural-político de Niterói, que perdeu a
condição de capital para a cidade do Rio de Janeiro. Os órgãos públicos estaduais se transferiram
para a cidade do Rio de Janeiro, inclusive a assembleia legislativa estadual, cujo prédio na Praça da
República passou a abrigar a câmara dos vereadores. Em 1976, foi criado, no Morro da Viração, o
parque da Cidade, uma reserva florestal municipal.
❖ A partir de 1976, as margens da Lagoa de Itaipu começam a ser aterradas e se abriu um canal ligando
a lagoa ao mar, de modo a permitir a entrada de barcos na lagoa. Em 1977, o Palácio do Ingá, que,
antes da fusão, era sede do poder executivo fluminense, passou a abrigar o Museu Histórico do
Estado do Rio de Janeiro, visando a armazenar dados referentes ao estado do Rio de Janeiro de antes
da fusão de 1975.
❖ Em 1983, o antigo Paço Municipal, na Rua Visconde de Uruguai, 414, no Centro, passou a abrigar a
secretaria municipal de educação. Em 1986, foi construído o Centro Administrativo de Niterói, na
Rua Barão de Sepetiba. O centro passou a abrigar a prefeitura de Niterói. O anterior prédio da
prefeitura, o Palácio Arariboia, passou a abrigar somente a secretaria de finanças e desenvolvimento
econômico e a de esporte e lazer.
Parque da Cidade - Niterói - Morro da Viração - Rio de Janeiro - Brasil 
❖ A Lei 4 895, de 8 de novembro de 1986, transformou o morro do Estado em um bairro. No final da década de 1980, o
prédio que estava sendo construído na Praça da República foi implodido pelo governo estadual, após muitos anos com
obras paralisadas. A Praça da República foi, então, reconstruída com base em seu desenho original.
❖ Niterói começou a se recuperar da perda de sua condição de capital somente na década de 1990, quando ficou famosa no
país inteiro como uma das cidades com melhor qualidade de vida do país. Neste período, a preocupação com a
conservação da natureza ganhou destaque no mundo inteiro. Em 1991, foi criado o Parque Estadual da Serra da Tiririca, na
divisa de Niterói com Maricá, visando a proteger uma grande área ainda preservada de mata atlântica.
❖ Em 1991, o Museu Histórico do Estado do Rio de Janeiro incorporou o Museu de Artes e Tradições Populares e passou a se
chamar Museu de História e Arte do Estado do Rio de Janeiro. No mesmo ano, a praia do Sossego, pouco conhecida praia
localizada entre as praias de Piratininga e Camboinhas, foi tombada devido a seu valor como um dos últimos refúgios da
típica vegetação de restinga na cidade.
❖ Em 1993, um ano após a conferência mundial sobre meio ambiente que havia sido realizada na cidade do Rio de Janeiro,
foi criada uma área de proteção ambiental no entorno da lagoa de Itaipu, na região oceânica da cidade. Em 1995, o teatro
municipal de Niterói, antigo teatro Santa Teresa, foi reinaugurado após restauração. Como símbolo deste momento
benéfico para a cidade, foi inaugurado, em 1996, o museu de Arte Contemporânea, obra de Oscar Niemeyer que passou a
ser um dos principais símbolos da cidade, conhecido até mesmo em outros países.
❖ No início dos anos 2000, o Estádio Caio Martins foi renomeado como estádio Mestre Ziza, em homenagem ao
famoso jogador de futebol. Em 2001, o solar do Jambeiro, antiga residência do século XIX no bairro do Ingá,
transformou-se em centro cultural[9]. Em 2002, uma lei municipal declarou a praia do Sossego monumento natural.
Dando prosseguimento ao projeto do Caminho Niemeyer, que visa a remodelar a orla de Niterói com construções
modernas sob a orientação do arquiteto Oscar Niemeyer, foi inaugurado, em 2004, o terminal hidroviário de
Charitas e, em 2007, o teatro Popular.
❖ Em 2008, índios guaranis embiás ocuparam um terreno no final da Praia de Camboinhas, na Região Oceânica,
afirmando terem direito à área devido ao fato de a mesma ser um cemitério indígena. Eles construíram várias
cabanas no local, mas as mesmas foram, pouco depois, queimadas em um incêndio criminoso. A aldeia foi, então
,reconstruída e reinaugurada, com apoio de vários artistas famosos e de moradores locais, com o nome de tekoá
mboy-ty, ou "aldeia semente", em guarani. Em 2009, o edifício histórico localizado na Avenida Jansen de Melo
número três, o primeiro arranha-céus da cidade, foi adquirido pelo Tribunal de Contas do Estado e tornou-se a sede
da Escola de Contas e Gestão, que pretende tornar-se referência em matéria de administração pública.
❖ Ao longo do início do século XXI, cresceu o número de favelas na cidade. Tal fenômeno causou, em abril de 2010,
aproximadamente 150 mortes em razão de fortes chuvas e consequente desabamento de encostas de morros,
especialmente o Morro do Bumba, formado por uma antiga área de depósito de lixo.
❖ No final do mesmo ano, foi inaugurado o prédio da fundação Oscar Niemeyer, no novo centro cívico da cidade.
❖ Em junho de 2013, os índios guaranis de Camboinhas se mudaram para o município vizinho, Maricá.
3. INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS: DEMOGRAFIA E
TERRITÓRIO; DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO DE
NITERÓI; ECONOMIA MUNICIPAL - PIB;
ESTABELECIMENTOS POR PORTE E SETOR; POTENCIAL DE
CONSUMO.
Niterói pertence à Região
Metropolitana, que também abrange
os municípios de Rio de Janeiro,
Belford Roxo, Duque de Caxias,
Guapimirim, Itaboraí, Japeri, Magé,
Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu,
Paracambi, Queimados, São Gonçalo,
São João de Meriti, Seropédica e
Tanguá.
❖ De acordo com o censo de 2000, Niterói tinha uma população
de 459.451 habitantes, correspondentes a 4,3% do
contingente da Região Metropolitana, com uma proporção de
87,2 homens para cada 100 mulheres. A densidade
demográfica era de 3.457 habitantes por km2, contra 2.380
habitantes por km2 de sua região. Sua população estimada em
2003 3 é de 466.628 pessoas.
❖ O município apresentou 4 uma taxa média geométrica de
crescimento, no período de 1991 a 2000, de 0,58% ao ano,
contra 1,17% na região e 1,30% no Estado. Sua taxa de
urbanização corresponde a 100,0% da população, enquanto
que, na Região
❖ Metropolitana, tal taxa corresponde a 99,5%. Niterói temum
contingente de 299.065 eleitores 5, aproximadamente 64% do
total da população. O município tem um número total de
170.248 domicílios 6, com uma taxa de ocupação de 85%. Dos
26.108 domicílios não ocupados, 25% têm uso ocasional. A
distribuição da população na região do município e no Estado,
de acordo com o Censo 2000, dava-se conforme gráficos a
seguir:
A partir de 1998, o município foi dividido em bairros.
A distribuição da população entre os distritos
censitários sede e Itaipu obedece ao gráfico a seguir:
INDICADORES SOCIAIS
Pode-se observar desigualdades
interregionais, como também
intrarregionais. Na realidade, o
mapa desvenda uma
estratificação por faixas
geográficas que se alternam entre
menor e maior desenvolvimento
humano. Os municípios que
tiveram maior taxa de
crescimento de IDH-M entre 1991
e 2000 foram justamente aqueles
que apresentaram este indicador
abaixo de 0,600 em 1991,
destacando-se São João da Barra,
Silva Jardim, Trajano de Morais e
Laje do Muriaé, que avançaram
mais de 30% nesses nove anos e,
mesmo assim, continuam no
“vermelho”.
Verifica-se que, dos seis municípios emancipados na década de 80, apenas Itatiaia e
Arraial do Cabo estão na faixa verde, enquanto Quissamã, Italva, São José do Vale do
Rio Preto e Paty do Alferes encontram-se na faixa vermelha. Já dos vinte e um
municípios que surgiram na década de 90, sete estão na faixa verde (Iguaba Grande,
Pinheiral, Armação dos Búzios, Quatis, Rio das Ostras, Macuco e Areal) e quatorze na
vermelha (Seropédica, Aperibé, Comendador Levy Gasparian, Porto Real, Belford Roxo,
Carapebus, Guapimirim, Queimados, Japeri, Tanguá, São José de Ubá, e os três últimos
colocados: Cardoso Moreira, São Francisco de Itabapoana e Varre-Sai).
O Estado do Rio de Janeiro apresenta
importantes diferenças econômicas e sociais
criando uma grande diversidade nos
indicadores educacionais entre os seus
municípios. Em algumas cidades, como a
capital, Niterói, Petrópolis, Teresópolis, Nova
Friburgo, Volta Redonda, Resende e Barra
Mansa, os índices de analfabetismo da
população são bastante baixos, inferiores a
8%. Em outros municípios, como Silva Jardim,
São Francisco de Itabapoana e Trajano de
Morais, os índices continuam muito altos, em
torno de 20% a 30%.
Educação 
❖ A pesca tem em Niterói a concentração desta atividade. Os critérios do estudo reduziram o
número dos núcleos vinculados à pesca, visto que ainda guardam componentes de informalidade
e de pouca dimensão econômica. São os casos da pesca em Angra dos Reis e Cabo Frio, da
aqüicultura marinha na Baía da Ilha Grande e em Arraial do Cabo, e da aqüicultura de água doce
em Piraí e Cachoeiras de Macacu.
❖ É no setor de turismo que se encontra maior número de APLs no Estado. São quatro os núcleos
identificados: o primeiro na Costa Verde (Paraty, Angra dos Reis e Mangaratiba); o segundo em
Resende e Itatiaia; o terceiro na capital, com influência sobre Niterói; e o quarto, em Arraial do
Cabo, Cabo Frio, Armação dos Búzios e Rio das Ostras, com área de influência em Maricá,
Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Casimiro de Abreu. Podem vir a ser
desenvolvidos novos núcleos, como o circuito do Caminho do Café, em torno de Vassouras; na
região em torno de Petrópolis; entre Teresópolis e Nova Friburgo; e na região Norte do Estado,
compreendendo Campos, Quissamã e São João da Barra.
❖ De acordo com o estudo do índice de Qualidade dos municípios – IQM desenvolvido pelo CIDE,
Niterói pertence ao núcleo dinâmico principal do Estado, formado por essa cidade e a capital,
destacando-se pelo elevado padrão social de sua população, refletido nos bons desempenhos nas
áreas de educação, saúde, saneamento e padrão de renda e consumo.
Aqui, o destaque é o indicador referente à Qualificação da mão-de-obra, a melhor colocação do município.
Niterói ocupa o segundo lugar do Estado em Centralidade, Dinamismo e Riqueza, acompanhando de perto o
município do Rio de Janeiro. O município explica sua alta Centralidade pela função já exercida, também, como
sede de governo estadual, além de se beneficiar da proximidade da Ponte Rio-Niterói. Hoje, a cidade concentra
escritórios de serviços especializados, hospitais, universidades, museus, grandes redes de supermercados,
centros comerciais, centenas de bares e restaurantes, inúmeras agências de automóveis, consolidando-se como o
segundo centro mais importante da Região Metropolitana.
O estudo Potencialidades Econômicas e Competitividade das Regiões do Estado do Rio de Janeiro 43 foi
desenvolvido pelo IBRE - Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas, tendo como objetivo
mapear um conjunto de atividades com potencial para serem desenvolvidas e discutir fatores condicionantes da
competitividade das mesmas. O mesmo serviu-nos como referência para os comentários sobre os setores da
economia municipal a seguir descritos. É importante que se destaque que não há nenhum estudo mais recente
realizado por aquele Instituto, podendo ocorrer que determinadas informações estejam defasadas.
• Setor Primário
❖ A atividade pesqueira, tradicional na região, tem declinado nos últimos anos, em função da
obsolescência da frota e das técnicas pesqueiras, e da falta de terminais pesqueiros adequados. No
entanto, estas dificuldades poderão ser superadas e a criação de escolas de pesca em São Gonçalo,
que tem tradição na atividade pesqueira e industrialização do pescado e, possivelmente, em Arraial
do Cabo será um primeiro passo rumo à recuperação da vocação pesqueira do Estado. Niterói
apresenta condições favoráveis para o desenvolvimento da atividade pesqueira.
• Setor Secundário
❖ A fabricação de conservas de pescado é uma atividade tradicional. Esta atividade tem declinado nos
últimos anos em função da diminuição da atividade pesqueira na região, obrigando as empresas à
importação do pescado de outros Estados, bem como das restrições decorrentes da poluição gerada por
este tipo de indústria. Se a atividade pesqueira na região for retomada em níveis adequados, e com a
implantação de medidas para conter a poluição, a indústria de processamento de pescado poderá ter um
bom desenvolvimento.
❖ Niterói apresenta condições propícias à expansão das atividades industriais de fabricação de alimentos,
em função de sua tradição neste tipo de indústria, bem como da proximidade dos mercados
consumidores e do potencial de exportação através do porto de Sepetiba.
❖ A indústria naval já foi o principal motor de desenvolvimento local, tendo gradualmente declinado, entre outras 
razões, em função da redução das encomendas a partir de meados da década passada. No entanto, as atividades 
ligadas à extração offshore de petróleo têm permitido a manutenção de um nível limitado de atividades. Na medida 
em que seja definido um novo modelo empresarial de funcionamento da indústria e que seja efetuada a necessária 
atualização tecnológica, esta indústria ainda poderá apresentar potencial de crescimento.
❖ Niterói apresenta potencial para indústrias químicas não poluentes, ressalvando as limitações quanto ao tamanho das 
empresas decorrentes do espaço físico limitado, para utilização industrial.
❖ Em decorrência do bom desenvolvimento do ensino no município, existem condições favoráveis para o 
desenvolvimento de indústrias de alta tecnologia no município.
❖ Niterói apresenta, ainda, um bom potencial de desenvolvimento de indústrias gráficas, em função de sua tradição e 
da proximidade dos mercados consumidores.
• Setor Terciário
❖ A região possui forte tradição turística, e Niterói está desenvolvendo programas visando o aumento do turismo 
cultural, especialmente através da criação do chamado “corredor Niemeyer”.
❖ O município possui condições favoráveis para o desenvolvimento de serviços portuários ou de apoio náutico.
❖ Em função de sua característica de pólo de atração regional, Niterói apresenta um bom potencial de 
desenvolvimento para serviços auxiliares, educacionais e de saúde.

Outros materiais

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes