Buscar

Reclamação Trabalhista

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

ATIVIDADE PRÉVIA II 
 
DOUTO JUÍZO DA ... VARA DO TRABALHO DE ... 
 
 
José Carlos, brasileiro, casado, auxiliar de serviços gerais, ..., portador da Cédula de 
Identidade nº..., e do CPF nº..., PIS/PASEP/NIT nº..., com endereço eletrônico..., residente e 
domiciliado na Rua..., nº..., Bairro..., município de..., Estado..., CEP..., por intermédio de seu 
procurador constituído (procuração em anexo), vem a presença de Vossa Excelência, com fulcro 
no artigo 840, § 1° da CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO, propor: 
 
RECLAMAÇÃO TRABALHISTA 
 
Em face da Empresa Gabriel, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ nº..., 
com sede na Rua..., nº..., Bairro..., município de..., Estado..., CEP..., pelas razões de fato e de 
direito a seguir: 
 
I – Da Síntese Inicial 
O Reclamante laborou para a Reclamada pelo período de 01 de março de 2017 a 20 de 
abril de 2022, com carga horária de segunda-feira a sábado, das 08h00 às 18h00, exercendo a 
função de Auxiliar de Serviços Gerais, percebendo como última remuneração a importância 
de $ 2.800,00 (dois mil e oitocentos reais), conforme demonstram os documentos anexos. 
No dia 20 de abril de 2022, o Reclamado dispensou o Reclamante, sem justa causa e com 
a dispensa do aviso prévio. Até o presente momento não foram efetuados os 
pagamentos das verbas rescisórias. 
O Recorrente informa ainda que desde sua contratação na empresa, em todo este período, 
nunca recebeu os valores referentes aos Décimos Terceiros Salários bem como os 
valores referentes às Férias. 
Com efeito, a Reclamante não vê alternativa senão a eleição por esta via judicial, 
de modo que, Excelência, vem requerer a este Juízo o se segue. 
 
II – Do Contrato De Trabalho 
O Reclamante foi admitido em 01/03/2017 (um de março de dois mil e dezessete) para 
exercer a função de Auxiliar de Serviços Gerais e em 20/04/2022 (vinte de abril de dois mil e 
vinte dois) foi dispensado sem justa causa. Porém, até o momento, apesar de insistentes apelos a 
Reclamada, não efetuou nenhum pagamento referente às verbas rescisórias, valores esses que 
deverão ser pagos quando da audiência inaugural, sob pena de pagamento em dobro, conforme 
dispõe o artigo 467 da Consolidação Das Leis Do Trabalho e sem as demais verbas rescisórias. 
 
 
 
A) Da Jornada de Trabalho: 
O Reclamante cumpriu a seguinte carga horária de trabalho: de segunda-feira à sábado, 
das 08h00 (oito horas) às 18h00 (dezoito horas), trabalhando 10 (dez) horas por dia, com 
01 (um) hora para almoço e descanso. 
 
B) Da Inadimplência da Reclamada: 
 
1°) Saldo de salário: A Reclamante faz jus ao pagamento do saldo de salário equivalente 
a 62 (sessenta e dois) meses trabalhados, equivalente à 05 (cinco) anos e 15 (quinze) dias, 
de 01/03/2017 (um de março de dois mil e dezessete) à 20/04/2022 (vinte de abril de dois 
mil e vinte dois), que ainda não lhe foram pagas. 
 
2°) Férias e multa: A Reclamante faz jus ao pagamento na forma indenizatória do 
período de férias vencidas do período de 05 (cinco) anos, na proporção de $ 2.800,00 / 
12 (dois mil e oitocentos e doze avos), ambas acrescidas de 1/3 (um terço) constitucional 
e da multa do artigo 137 da Consolidação Das Leis Do Trabalho, e ainda não pagas pela 
Reclamada. 
 
3°) 13º Salário: A Reclamante laborou para a Reclamada desde 01/03/2017 (um de março 
de dois mil e dezessete), porém, não recebeu o devido 13º salário integral referente ao 
período trabalhado de março de 2017 (dois mil e dezessete) a abril de 2022 (dois mil e 
vinte dois), conforme o previsto na Lei nº 4.090/62 em seu artigo 3º, incluindo-se o 
período do aviso prévio. 
 
4°) FGTS e multa: A Reclamada deixou de efetuar corretamente os depósitos do Fundo 
de Garantia por Tempo de Serviço. Por não haver recolhido devidamente os valores 
referentes ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço durante o período do pacto laboral, 
deverá ser expedido à autoridade competente a determinação para que proceda a 
expedição da Notificação para Depósito do Fundo de Garantia. Deverá, portanto, a 
Reclamada, ser condenada no pagamento dos mesmos, atualizados, e com correção 
monetária adicionando multa de 20% (vinte por cento), como também ao pagamento do 
acréscimo a ser efetuado no montante de 40% (quarenta por cento), conforme dispõe a 
Lei 8.036/90, em seu artigo 18, § 1º e artigo 22. 
 
5°) Aviso Prévio: É devido à Reclamante o aviso prévio remunerado de acordo com o § 
4º do artigo 487 da Consolidação Das Leis Do Trabalho. 
 
6°) Multa referente ao artigo 477 da Consolidação Das Leis Do Trabalho: Em virtude 
da Reclamante não ter dado motivo para a cessação das relações de trabalho, sendo, 
portanto, dispensada sem justa causa, a mesma tem o direito de haver da Reclamada uma 
indenização, paga na base de maior remuneração que tenha percebido, conforme prevê o 
dispositivo do § 8º do artigo 477 da Consolidação Das Leis Do Trabalho. 
 
7°) Verbas Rescisórias e multa do artigo 467 da Consolidação Das Leis Do Trabalho: 
A Reclamante foi dispensada sem justa causa em 20/04/2022 (vinte de abril de dois mil 
e vinte dois) e não recebeu os respectivos direitos rescisórios, dentre os quais o saldo de 
salário, as férias integrais vencidas e proporcionais acrescidas de 1/3 constitucional; os 
13° salários (integral e proporcional), aviso prévio, o FGTS e multa de 40%. Assim, 
 
 
postula a Reclamante, seja CONDENADA A RECLAMADA, quando da audiência 
inaugural, a efetuar todo o pagamento das verbas rescisórias incontroversas. 
 
III – Da Gratuidade de Justiça 
 A Reclamante não possui condições financeiras para arcar com as custas e 
despesas processuais sem prejuízo do próprio sustento e de sua família, consoante se comprova 
declaração por este subscrita e se encontra desempregado. Assim, faz jus à concessão do benefício 
da justiça gratuita, nos termos do artigo 790, § 3 da Consolidação Das Leis Do Trabalho. 
 
IV – Do Pedido 
Diante de todo o exposto, o Reclamante requer a procedência dos pedidos veiculados na 
presente reclamação trabalhista, com a condenação da Reclamada no pagamento dos seguintes 
valores: 
A) Saldo de salário..........................................................................................$...1.866,67 
(hum mil, oitocentos e sessenta e seis reais e sessenta e sete centavos); 
 
B) Férias vencidas de 05 (cinco) anos, adicionado 1/3 constitucional..............$...3.733,33 
(três mil, setecentos e trinta e três reais e trinta e três centavos); 
 
C) Férias proporcionais (02/12), adicionado 1/3 constitucional................$...622,23 
(seiscentos e vinte e dois reais e vinte e três centavos); 
 
D) 13º salário proporcional (04/12) ...............................................................$...933,33 
(novecentos e trinta e três reais e trinta e três centavos); 
 
E) Multa de 40% do FGTS adicionado 20% sobre o total............................$...13.888,00 
(treze mil, oitocentos e oitenta e oito); 
 
F) Multa do artigo 477 da CLT..........................................................................$...5.555,20 
(cinco mil, quinhentos e cinquenta e cinco reais e vinte centavos); 
 
G) Multa do artigo 467 da CLT no que couber. 
 
Dá se a causa o valor de $ 26.598,76 (vinte e seis mil, quinhentos e noventa e oito reais e setenta 
e seis centavos). 
 
Nestes Termos, 
Pede-se deferimento. 
 
 
Santos, 13 de fevereiro de 2023 
 
Advogado 
OAB...

Continue navegando