Buscar

Aula 4 - Psiquismo e Consciência

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 27 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

A CONSCIÊNCIA E A
ATENÇÃO SELETIVA
Profº: Alexandre Romero.
Do Orgânico ao Abstrato: 
Corpo-Mente-Consciência.
Segundo Damásio (p.256):
Ter percepção do meio ambiente não é, portanto, apenas uma questão de
fazer com que o cérebro receba sinais diretos de um determinado estímulo,
muito menos imagens fotográficas diretas. O organismo altera-se ativamente
de modo a obter a melhor interface possível. O corpo não é passivo. [...]. O
organismo atua constantemente sobre o meio ambiente, de modo a poder
propiciar as interações necessárias à sobrevivência. Mas, para evitar o perigo
e procurar de forma eficiente alimento, sexo e abrigo, é necessário sentir o
meio ambiente (cheirar, saborear, tocar, ouvir, ver) para que se possam
formular respostas adequadas ao que foi sentido. A percepção é tanto atuar
sobre o meio ambiente como dele receber sinais.
Logo, agora temos a noção de Percepção como sendo 
(sintética).
- Sensação é uma análise do material (recebimento-
codificação).
- Percepção é a tomada sintética de Consciência e
organização (codificação e decodificação).
- Decodificação (aprendizagem ou função social) é
necessária e realizada pela mediação cultural.
3
Sensação: Captação dos dados isolados
Percepção: tomada de consciência dos dados
de modo organizado – TODO.
Sensação – Percepção: Interpretação e Conhecimento.
4
Interpretação, Aprendizagem e Conhecimento.
Primeiro contato e
primeiras interpretações.
Informação precária.
Continuidade e ordenação dos
conteúdos.
Começo organização.
Formação do conhecimento -
conceito.
Mediação cultural-social.
A Importância da Mediação.
• O Ato da Percepção passa então a não ser somente uma resposta fisiologia/orgânica, pois há todo
um aparato de mediação da experiência do sujeito em relação as sensações e dados recebidos do
mundo.
• De modo geral, isso quer dizer que não agimos tão somente através da função de estímulo-
resposta (como a maioria dos animais).
• Para o ser humano, podemos afirmar que o ato de percepção (e suas experiências) possui uma
função simbólica.
• A percepção passa então a ter esse caráter de uma experiência “mediada” e não “imediata”.
• A Mediação é são esses símbolos e signos de uma cultura.
• Portanto, dependendo da mediação (cultura), passamos a ter uma intepretação diferente das
coisas.
5
Você resolveu ir embora da aula hoje andando.
Rapidamente, após sair um pouco atrasado, você
nota a presença de alguém caminhando na
escuridão que está te seguindo. Você aperta o
passo, mas o seu perseguidor também. Não há
mais ninguém na rua; seu celular está sem bateria.
Podemos dizer que o seu cérebro detectou a
ameaça, a saber, a pessoa que o segue, e deu início
a diversas cadeias complicadas de respostas
bioquímicas e neurais.
Vamos pensar em exemplos dessa 
interação/Mediação: 
– Corpo/Mente/Psíquico/Consciência.
6
Você vai dar-se conta que corre perigo, de que está
alarmado e que talvez deva estugar o passo, de que já
está caminhando mais rápido e que – espera-se –
consiga ficar fora de perigo.
O “Você” desse episódio é feito de um só
bloco/conjunto e ativo pela mediação cultural:
é uma construção mental muito real, que designamos
por Eu e que se baseia nas atividades em curso em
todo o seu organismo (corpo) e no cérebro.
O PERIGO CONTINUA...
7
Vamos pensar em exemplos dessa interação: 
– Corpo/Mente/Psíquico/Consciência. Vamos fazer uma análise do episódio:
- Quais estímulos estavam atuando?
- Qual a sensação detectada nessa
interação com o ambiente?
- Crie uma situação social que
influencia na percepção
(interpretação) do episódio.
- Qual a mediação que está sendo
exercida?
- Então, o que atuou de fato nesse
caso?
Em conclusão, as representações que nosso cérebro cria para
descrever uma situação e os movimentos formulados como
respostas a essa situação dependem de interações mútuas
cérebro-corpo. O cérebro cria representações do corpo à
medida que esse vai mudando sob influências de tipo químico e
neural.
Algumas dessas representações permanecem não conscientes,
enquanto outras se tornam conscientes.
(Damásio, p.259)
8
Devemos separar corpo e mente? O corpo comanda a mente? Quem veio primeiro?
Somos o nosso cérebro (P. Gage, chega aí)...
Agora... O que é a consciência?
Reflexão Importante:
Terapia 
Medicamentosa
Terapia
Psicológica
O Processo 
Corpo e Mente
A IMPORTÂNCIA DA
DEFINIÇÃO SOBRE O
PSIQUISMO E A CONSCIÊNCIA.
TALVEZ DEVÊSSEMOS FALAR DE CONSCIÊNCIAS?
10
Um problemão que a psicologia precisa lidar.
Introdução
Dentro do campo de estudo da Psicologia, é comum a
utilização do termo “consciência” com muita
frequência. Aliás, podemos dizer que até no senso
comum essa palavra é muito utilizada. Mas, você,
querido aluno, saberia dizer o que é a Consciência?
A CONSCIÊNCIA.
11
A Consciência como “conhecimento” – “ponto de luz”...
Partindo do Básico.
• Fática: o fato de que somos conscientes e
percebemos cheiros, cores, volumes, formas
etc.
Esses são os primeiros dados sensíveis da
consciência.
Segundo Myers, consciência é a nossa
percepção de nós mesmos e do nosso
ambiente.
Segundo Atkinson, consciência seria o
conhecimento atual do indivíduo sobre
estímulos externos e interno associado ao fato
de estar consciente – quando tentamos
controlar nós mesmos e ao nosso ambiente.
Exemplo: 
Quando aprendemos um conceito
ou comportamento complexos (e.g.
dirigir um carro), a consciência
focaliza nossa concentração no
carro e no trânsito.
Essa percepção varia com nosso
foco e direcionamento de atenção.
Com a prática, dirigir torna-se um
ato automático (como andar de
bicicleta) e não exige toda a nossa
atenção. Liberando assim a nossa
“atenção”.
A Csc sintetiza informações de várias
fontes, atuando no presente,
refletindo sobre o nosso passado e
planejando o nosso futuro.
A experiência consciente tem várias
propriedades diferentes. Ela é privada;
envolve vivenciar a experiência usando
muitos sentidos diferentes (tato, paladar,
audição, visão); [...] e se mantém em um
constante estado de fluxo ou mudança
(“fluxo de consciência”).
A Consciência atua para representar,
armazenar e esclarecer as
percepções, para interpretar
situações novas e ambíguas e tomar
decisões melhores.
A consciência é um “kit” de
sobrevivência para as espécies de
ordem superior que possibilita
decisões e reações pensadas e
planejadas.
SER CONSCIENTE É ESTAR 
CIENTE, DESPERTO E ATENTO.
FURNHAM, 2015.
13
Podemos estar cientes de ter uma experiência e cientes
de que já vivenciamos essa experiência antes.
A CONSCIÊNCIA PASSA ENTÃO A SER A TER
PAPEL FUNDAMENTAL NA MEDIAÇÃO E
INTERPRETAÇÃO.
POR ISSO CSC É ATRIBUÍDA COMO CONHECIMENTO.
A Consciência e o Psiquismo.
A Passagem à consciência é o início de uma etapa superior ao
desenvolvimento psíquico. O reflexo consciência,
diferentemente do reflexo psíquico próprio do animal, é o
reflexo da realidade concreta destacada das relações que
existem entre ela e o sujeito, ou seja, um reflexo que distingue
as propriedade objetivas estáveis da realidade. (LEONTIEV, p.75).
- Tá... O que isso significa?
14
A Vida Psíquica.
15
Psiquismo
Humano
CONSCIÊNCIA
O que abarca
o psiquismo?
16
Consciência
Psiquismo
Psiquismo
Psiquismo
Psiquismo
Psiquismo Psiquismo
Psiquismo
Psiquismo
O PSIQUISMO
Representação Mental.
- Sensação.
- Percepção.
- Consciência.
- Atenção.
- Memória.
- Linguagem.
- Pensamento.
- Imaginação.
- Emoção.
- Experiências.
17
Dúvidas até aqui?
18
CONSCIÊNCIA E ATENÇÃO SELETIVA 
A Consciência é a tomada de conhecimento. A forma da Razão/Racionalidade.
A Atenção é o direcionamento, ou a capacidade de focalizar a consciência em
determinados conteúdos (percepções/ideias/sentimentos etc.).
Objetivo da Atenção
Atenção é um Processo Psicológico Básico, que tem
por função:
• Selecionar os conteúdos.
• Organizar e filtrar informações.
• Direcionar o foco.
• Tem sua função de sobrevivência e
Desenvolvimento.
20
Atenção: Espontânea (resposta).
Atenção:Voluntária/Mediada.
ATENÇÃO SELETIVA 21
22
Atenção
Interna
Percepção e foco nos
conteúdos mentais, nos
processos psicológicos, nos
pensamentos, nas sensações
etc.
Atenção
Externa
Atenção projeta para a relação
com o mundo. Direcionado
para os acontecimentos
externos
Subjetividade
Objetividade
Relação 
Constante
Atenção Seletiva
O Efeito de Festa
• Capacidade de prestar atenção
seletivamente a apenas uma voz (mesmo
com vários estímulos sonoros – músicas,
conversas, ruídos etc.), podendo ouvir até
mesmo o seu nome sendo pronunciado
no meio de outra conversa distante.
• Experimento dos fones (dois
estímulos/informações diferentes) e
atenção seletiva.
Níveis de Processamento de 
Informação
Teste simples: se você for destro, pode
mover o pé direito em um círculo suave
no sentido contrário dos ponteiros do
relógio e pode escrever o número 3
repetidamente com a mão direito. Mas,
provavelmente não ao mesmo tempo.
Esse exemplos de tarefas exigem
atenção consciente, que só pode estar
em um lugar de cada vez.
[...] a consciência é a maneira de a
natureza evitar que pensemos e façamos
tudo ao mesmo tempo.
Tipos de Atenção
24
SELETIVA
Capacidade de
focarmos nossa
consciência/atenção
em apenas um
aspecto delimitado.
Manutenção do foco
e seleção de
estímulos.
DISPERSA
Não se concentra em
um único aspecto, é
mais vigilante ou
multitarefa.
Não tem sustentação do
foco.
Involuntária.
Ex. Celular e dirigir.
Ex. Estar com Medo.
SUSTENTADA
Habilidade de manter-
se focado durante
uma atividade
contínua e repetitiva,
quando a mente está
focada em uma
mesma tarefa por um
longo período, sem
distrações.
DIVIDIDA
Capacidade de focar
(direcionar a atenção)
para mais de um
estímulo (ação) ao
mesmo tempo.
Migram a atenção
rapidamente entre um
estímulo e outro.
Fazer uma atividade e
cuidar de uma criança.
Alternada
Capacidade de
alternar o foco da
atenção entre
estímulos ou
diversos focos, ou
mesmo
Multitarefas –
Voluntária.
QUAIS DISCUSSÕES
PODEM SURGIR DESSE
TEMA DA ATENÇÃO?
ATIVIDADE
MUITO OBRIGADO.
Professor Alexandre Romero
	Slide 1: A consciência e a atenção seletiva
	Slide 2: Do Orgânico ao Abstrato: Corpo-Mente-Consciência.
	Slide 3
	Slide 4
	Slide 5: A Importância da Mediação.
	Slide 6: Você resolveu ir embora da aula hoje andando. Rapidamente, após sair um pouco atrasado, você nota a presença de alguém caminhando na escuridão que está te seguindo. Você aperta o passo, mas o seu perseguidor também. Não há mais ninguém na rua; s
	Slide 7
	Slide 8
	Slide 9: Reflexão Importante:
	Slide 10: A Importância da definição sobre o Psiquismo e a consciência.
	Slide 11: Introdução
	Slide 12: Partindo do Básico.
	Slide 13: A experiência consciente tem várias propriedades diferentes. Ela é privada; envolve vivenciar a experiência usando muitos sentidos diferentes (tato, paladar, audição, visão); [...] e se mantém em um constante estado de fluxo ou mudança (“fluxo d
	Slide 14: A Consciência e o Psiquismo.
	Slide 15: A Vida Psíquica.
	Slide 16
	Slide 17: O PSIQUISMO
	Slide 18: Dúvidas até aqui?
	Slide 19: Consciência e atenção seletiva 
	Slide 20: Objetivo da Atenção
	Slide 21
	Slide 22
	Slide 23: Atenção Seletiva
	Slide 24: Tipos de Atenção
	Slide 25: Quais discussões podem surgir desse tema da atenção?
	Slide 26: Atividade
	Slide 27: Muito obrigado.

Continue navegando