Buscar

Ciclo da Marcha

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 16 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 16 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 16 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Ciclo da Marcha
JADER IURY DE SOUZA MERCANTE
FISIOTERAPEUTA
@jadermercantefisioterapia @jadermercantefisio
Definições 
Ciclo da marcha (C.M.) = passada – ocorre entre o
momento em que um pé toca o solo e o momento
em que esse mesmo pé toca o solo novamente.
Comprimento da passada – distância percorrida
durante o ciclo da marcha.
Passo – metade de uma passada.
Comprimento do passo – distância entre o toque do
calcanhar de um pé no solo e o toque do calcanhar
do outro pé no solo.
Velocidade da caminhada/Cadência – número de
passos por minuto. Caminhada lenta em média de
70 passos por min., caminha rápida pode-se alcançar
130 passos.
Fases do Ciclo da Marcha
Fase de Apoio – ocorre quando o pé está em contato com o solo. Começa 
quando o calcanhar de um pé toca o solo e termina quando esse pé sai (eleva-
se) do solo. Constitui cerca de 60% do ciclo da marcha.
Fase de Balanço – Ocorre quando o é não está em contato com o solo. Começa 
assim que o pé sai do solo e termina quando o calcanhar do mesmo pé toca o 
solo novamente. Constitui cerca de 40% do ciclo da marcha.
As Três Atividades durante o C.M.
Aceitação do Peso – inicio da fase de apoio, quando o pé toca o solo e o peso do 
corpo começa a ser transferido para esse membro inferior.
Apoio em um Membro Inferior (MI) – quando o peso do corpo é totalmente 
transferido para o MI de apoio para que o outro membro possa se deslocar para 
frente.
Avanço do MI - ocorre durante
a fase de balanço.
Períodos do C.M.
Apoio Duplo – os dois pés estão em contato com o solo ao mesmo tempo.
Apoio Simples – apenas um pé está em contato com o solo.
Temos dois períodos de apoio simples no C.M. Uma vez quando o pé direito está 
o solo e o MIE movimenta-se para frente; depois, de novo, quando o pé 
esquerdo sustenta o peso e o MID movimenta-se para frente.
Análise da Fase de Apoio
É dividida em 5 fases:
1 – Toque do calcanhar
2 – Apoio completo do pé
3 – Apoio médio
4 – Saída (elevação) do calcanhar
5 – Saída dos dedos
Impulso
Toque do Calcanhar 
- Tornozelo em dorsiflexão;
- Joelho levemente fletido para absorção parcial do choque quando o pé toca no solo;
- Tronco ereto – assim permanece durante todo o ciclo;
- Tronco roda para o lado homolateral, MS contralateral fica a frente;
- MS homolateral está para trás em hiperextensão de ombro;
- Peso do corpo começa a ser transferido para o MI de apoio.
Apoio Completo do Pé
- Dorsiflexão no tornozelo
- aproximadamente 20° de flexão de joelho;
- Coxofemoral se estende - possibilita que o restante do corpo alcance o MI que está de apoio
- Transferência do peso para o MI de apoio continua;
Apoio Médio
- Ponto em que o corpo passa sobre o MI que sustenta o peso.
- Os músculos flexores plantares começas a se contrair, controlando a velocidade de 
movimento da perna sobre o tornozelo;
- Joelho e coxofemoral começam a se estender;
- MMSS quase paralelos ao tronco;
- Tronco sem rotação;
Saída do Calcanhar
- Flexão plantar – inicio da fase de impulso
- Extensão quase total do joelho e hiperextesão da coxofemoral
- Agora MI posiciona-se atrás do corpo. MS balança para frente e com flexão do ombro
Saída dos Dedos
- Dedos dos pés em hiperextensão (articulações metatarsofalangicas);
- Cerca de 10° de flexão plantar e flexão de joelho e da coxofemoral;
*Fim da fase de apoio e início da fase de balanço.
Análise da Fase de Balanço
Esta fase possui três momentos, que são feitos sem sustentação do peso.
Aceleração
- O MI está atrás do corpo e movendo-se;
- Dorsiflexão do tornozelo; flexão do joelho e da coxofemoral – move o MI para frente;
Balanço Médio
- Mm. Dorsiflexores deixam o tornozelo em posição neutra;
- Flexão de joelho e de coxofemoral – possibilitam a saída do pé do solo;
- A continuidade da flexão de coxofemoral move o MI para frente do corpo.
Desaceleração
- Mm. Dorsiflexores ativos para manter o tornozelo pronto para o toque do calcanhar;
- Extensão de joelho e contração excêntrica dos posteriores de coxa para desacelerar MI –
Evita extensão brusca;
- MI alcança o ponto máximo de balanço para frente e a coxofemoral continua fletida;
*Fim do balanço médio e fim da 
desaceleração.
Outros Determinantes da Marcha
Deslocamento Vertical 
- Deslocamento mais ou menos de 5cm;
- Ponto mais alto da fase de apoio médio, e mais baixo no toque do calcanhar no 
solo.
Deslocamento Horizontal
- Deslocamento máximo na fase de apoio simples durante o apoio médio;
- Deslocamento laterolateral é de cerca de 5cm.
Largura da Base da Marcha
- 5 a 10cm
Inclinação lateral da pelve – Sinal de Trendelenburg
- Ocorre quando o MI deixa de sustentar o peso na 
fase de saída dos dedos do solo.
-- Mm. abdutores da coxa do lado contralateral e mm.
eretores da espinha homolaterais mantêm a pelve
praticamente nivelada.

Continue navegando