Buscar

MARATONA-CARREIRAS POLICIAIS-CICLO BASICO-DPP

Prévia do material em texto

@ProfessorLeandroErnesto
@ProfessorLeandroErnesto
@ProfessorLeandroErnesto
@ProfessorLeandroErnesto
DIREITO PROCESSUAL PENAL
EDITAL ESQUEMATIZADO
Código de Processo Penal
1. Do Inquérito Policial: artigos 4º a 23 CPP;
2. Das provas em espécie: artigos 155 a 250 CPP;
3. Da Prisão e da Liberdade Provisória: artigos 282 a 350 CPP.
@ProfessorLeandroErnesto
30%
33%
37%
QUESTÕES DIREITO PROCESSUAL PENAL
Inquérito Policial
Das Provas
Prisão e liberdade provisória
@ProfessorLeandroErnesto
RESTRIÇÃO DE LIBERDADE 
(PRISÕES)
✓ Prisão em flagrante.
✓Prisão preventiva.
✓Lei nº 7.960/1989 (prisão temporária).
✓Alterações da Lei nº 12.403/2011.
Prof. Leandro Ernesto
@ProfessorLeandroErnesto
33%
30%
19%
18%
QUESTÕES DIREITO PROCESSUAL PENAL – DAS PRISÕES
Prisão em flagrante
Prisão preventiva
Prisão temporária
Da liberdade provisória
@ProfessorLeandroErnesto
PRISÕES: Espécies
PRISÃO
(Espécies)
COM PENA
SEM PENA
Prisão Civil
Prisão 
Administrativa
Não 
recepcionada 
pela CF/88
Prisão 
Disciplinar
Prisão Especial
Prisões 
provisórias
TEMPORÁRIA
PREVENTIVA
FLAGRANTE
@ProfessorLeandroErnesto
Professor Leandro Ernesto
QUESTÃO 1 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Com relação aos meios de prova e os procedimentos inerentes a sua
colheita, no âmbito da invest0igação criminal, julgue o próximo item.
A entrada forçada em determinado domicílio é lícita, mesmo sem
mandado judicial e ainda que durante a noite, caso esteja ocorrendo,
dentro da casa, situação de flagrante delito nas modalidades próprio,
impróprio ou ficto.
( ) Certo. ( ) Errado.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 1 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Com relação aos meios de prova e os procedimentos inerentes a sua
colheita, no âmbito da invest0igação criminal, julgue o próximo item.
A entrada forçada em determinado domicílio é lícita, mesmo sem
mandado judicial e ainda que durante a noite, caso esteja ocorrendo,
dentro da casa, situação de flagrante delito nas modalidades próprio,
impróprio ou ficto.
( ) Certo. ( ) Errado.
@ProfessorLeandroErnesto
CÓDIGO DE PROCESSO PENAL
Art. 283 CPP. [...]
§ 2º A PRISÃO poderá ser efetuada EM QUALQUER DIA E A
QUALQUER HORA, respeitadas as restrições relativas à
inviolabilidade do domicílio.
@ProfessorLeandroErnesto
Constituição Federal
CF. Art. 5º. XI - a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo
penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de FLAGRANTE
DELITO ou DESASTRE, ou PARA PRESTAR SOCORRO, ou, DURANTE O DIA, por
determinação judicial;
@ProfessorLeandroErnesto
VIOLAÇÃO DO 
DOMICÍLIO
COM
DETERMINAÇÃO 
JUDICIAL
Somente durante o 
DIA
SEM
DETERMINAÇÃO 
JUDICIAL
Em QUALQUER
DIA e HORÁRIO
1) FLAGRANTE DELITO 
2) DESASTRE 
3) PRESTAR SOCORRO
4) CONSENTIMENTO DO 
MORADOR
Prisão em flagrante
O ingresso regular da polícia no domicílio, sem autorização judicial, em caso
de flagrante delito, para que seja válido, necessita que haja fundadas razões
(justa causa) que sinalizem a ocorrência de crime no interior da residência.
A mera intuição acerca de eventual traficância praticada pelo agente, embora
pudesse autorizar abordagem policial, em via pública, para averiguação, não
configura, por si só, justa causa a autorizar o ingresso em seu domicílio, sem o
seu consentimento e sem determinação judicial.
STJ. 6ª Turma. REsp 1574681-RS, Rel. Min. Rogério Schietti Cruz, julgado em
20/4/2017 (Info 606).
@ProfessorLeandroErnesto
PRISÃO EM FLAGRANTE: Espécies
FLAGRANTE
(Espécies)
PRÓPRIO
(Propriamente dito)
COMETENDO ou ACABOU DE COMETER o crime
IMPRÓPRIO
(Quase Flagrante)
É PERSEGUIDO, logo após, a infração.
PRESUMIDO
(Ficto)
Preso, logo depois da infração, em situação que faça PRESUMIR
ser ele o autor da infração, por ser encontrado com OBJETOS.
Sem perseguição
COMPULSÓRIO
(Obrigatório)
Pela POLÍCIA
(art. 301 CPP)
LD ou ECDL
FACULTATIVO
Qualquer do POVO
(art. 301 CPP)
LD ou ERD
PREPARADO
(Provocado)
CRIA UMA CILADA. ILEGAL
FORJADO A autoridade policial CRIA UMA SITUAÇÃO DE FLAGRÂNCIA 
no sentido de incriminar uma pessoa.
ILEGAL
DIFERIDO
(Postergado ou retardado)
AÇÃO CONTROLADA.
ESPERADO CAMPANA.
@ProfessorLeandroErnesto
Professor Leandro Ernesto
QUESTÃO 2 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Em decorrência de um homicídio doloso praticado com o uso de arma de fogo, policiais
rodoviários federais foram comunicados de que o autor do delito se evadira por
rodovia federal em um veículo cuja placa e características foram informadas. O veículo
foi abordado por policiais rodoviários federais em um ponto de bloqueio montado
cerca de 200 km do local do delito e que os policiais acreditavam estar na rota de fuga
do homicida. Dada voz de prisão ao condutor do veículo, foi apreendida arma de fogo
que estava em sua posse e que, supostamente, tinha sido utilizada no crime.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
Durante o procedimento de lavratura do auto de prisão em flagrante pela autoridade
policial competente, o policial rodoviário responsável pela prisão e condução do preso
deverá ser ouvido logo após a oitiva das testemunhas e o interrogatório do preso.
( ) Certo ( ) Errado.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 2 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Em decorrência de um homicídio doloso praticado com o uso de arma de fogo, policiais
rodoviários federais foram comunicados de que o autor do delito se evadira por
rodovia federal em um veículo cuja placa e características foram informadas. O veículo
foi abordado por policiais rodoviários federais em um ponto de bloqueio montado
cerca de 200 km do local do delito e que os policiais acreditavam estar na rota de fuga
do homicida. Dada voz de prisão ao condutor do veículo, foi apreendida arma de fogo
que estava em sua posse e que, supostamente, tinha sido utilizada no crime.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
Durante o procedimento de lavratura do auto de prisão em flagrante pela autoridade
policial competente, o policial rodoviário responsável pela prisão e condução do preso
deverá ser ouvido logo após a oitiva das testemunhas e o interrogatório do preso.
( ) Certo ( ) Errado.
@ProfessorLeandroErnesto
Auto de prisão em Flagrante
Art. 304. CPP. Apresentado o preso à autoridade
competente, ouvirá esta o condutor e colherá, desde logo,
sua assinatura, entregando a este cópia do termo e recibo
de entrega do preso. Em seguida, procederá à oitiva das
testemunhas que o acompanharem e ao interrogatório do
acusado sobre a imputação que lhe é feita, colhendo, após
cada oitiva suas respectivas assinaturas, lavrando, a
autoridade, afinal, o auto.
@ProfessorLeandroErnesto
Auto de prisão em Flagrante: oitivas
APF
(oitivas)
1) CONDUTOR
2) TESTEMUNHAS
3) VÍTIMA
2) ACUSADO
@ProfessorLeandroErnesto
PRISÃO EM FLAGRANTE: PROCEDIMENTO
PRISÃO EM 
FLAGRANTE
(procedimento)
1º) APRESENTAÇÃO
DO PRESO
2º) OITIVAS
1) Condutor
2) Testemunhas
3) Vítima
4) Acusado
3º) LAVRATURA DO 
APF
4º) COMUNICAÇÃO 
DA PRISÃO
IMEDIATAMENTE
JUIZ
MP
FAMÍLIA 
DO PRESO
Ou pessoa por 
ele indicada
5º) ENCAMINHAR EM 24H
APF
JUIZ
DEFENSORIA 
PÚBICA
Cópia integral
(caso não informe 
advogado)
NOTA DE CULPA PRESO
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 3 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Em decorrência de um homicídio doloso praticado com o uso de arma de fogo, policiais
rodoviários federais foram comunicados de que o autor do delito se evadira por
rodovia federal em um veículo cuja placa e características foram informadas. O veículo
foi abordado por policiais rodoviários federais em um ponto de bloqueio montado
cerca de 200 km do local do delito e que os policiais acreditavam estar na rota de fuga
do homicida. Dada voz de prisão ao condutor do veículo, foi apreendida arma de fogo
que estava em sua posse e que, supostamente, tinha sido utilizada no crime.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
Quanto ao sujeito ativo da prisão,o flagrante narrado é classificado como obrigatório,
hipótese em que a ação de prender e as eventuais consequências físicas dela advindas
em razão do uso da força se encontram abrigadas pela excludente de ilicitude
denominada exercício regular de direito.
( ) Certo ( ) Errado.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 3 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Em decorrência de um homicídio doloso praticado com o uso de arma de fogo, policiais
rodoviários federais foram comunicados de que o autor do delito se evadira por
rodovia federal em um veículo cuja placa e características foram informadas. O veículo
foi abordado por policiais rodoviários federais em um ponto de bloqueio montado
cerca de 200 km do local do delito e que os policiais acreditavam estar na rota de fuga
do homicida. Dada voz de prisão ao condutor do veículo, foi apreendida arma de fogo
que estava em sua posse e que, supostamente, tinha sido utilizada no crime.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
Quanto ao sujeito ativo da prisão, o flagrante narrado é classificado como obrigatório,
hipótese em que a ação de prender e as eventuais consequências físicas dela advindas
em razão do uso da força se encontram abrigadas pela excludente de ilicitude
denominada exercício regular de direito.
( ) Certo ( ) Errado.
@ProfessorLeandroErnesto
PRISÃO EM FLAGRANTE: Espécies
FLAGRANTE
(Espécies)
PRÓPRIO
(Propriamente dito)
COMETENDO ou ACABOU DE COMETER o crime
IMPRÓPRIO
(Quase Flagrante)
É PERSEGUIDO, logo após, a infração.
PRESUMIDO
(Ficto)
Preso, logo depois da infração, em situação que faça PRESUMIR
ser ele o autor da infração, por ser encontrado com OBJETOS.
Sem perseguição
COMPULSÓRIO
(Obrigatório)
Pela POLÍCIA
(art. 301 CPP)
LD ou ECDL
FACULTATIVO
Qualquer do POVO
(art. 301 CPP)
LD ou ERD
PREPARADO
(Provocado)
CRIA UMA CILADA. ILEGAL
FORJADO A autoridade policial CRIA UMA SITUAÇÃO DE FLAGRÂNCIA 
no sentido de incriminar uma pessoa.
ILEGAL
DIFERIDO
(Postergado ou retardado)
AÇÃO CONTROLADA.
ESPERADO CAMPANA.
@ProfessorLeandroErnesto
Professor Leandro Ernesto
CRIME
Conceito analítico – teoria finalista
FATO TÍPICO (exclui o crime) ILÍCITO (exclui o crime) CULPÁVEL (isenta de pena)
✓ É o fato humano que se enquadra
perfeitamente ao elementos descritos
no tipo penal.
Elementos do fato típico
1) C onduta
2) Re sultado
3) N exo causal
4) Ti picidade
Excludentes supralegais tipicidade
1) Princ. da Insignificância;
2) Princ. da Adequação Social.
Excludentes da conduta
1) S onambulismo/hipnose
2) E rro de tipo inevitável ou escusável
3) M ovimentos reflexos
4) C oação física irresistível
5) C aso fortuito/força maior
✓ Contrario a todo o direito
✓ Teoria da indiciariedade
✓ Ratio cognoscendi
Excludentes de ilicitude (legais) - art. 23 CP
1) L egítima defesa
2) E stado de necessidade
3) E strito cumprimento dever legal
4) E xercício regular do direito
Excludente de ilicitude (supralegal)
1) Consentimento do ofendido
Ex:
✓ Juízo de reprovabilidade
✓ Juízo de censurabilidade
✓ Capacidade de receber a pena
Elementos da culpabilidade
1) I mputabilidade
2) P otencial consciência da ilicitude
3) E xigibilidade de conduta diversa
Excludentes de culpabilidade
1.1) M enoridade
1.2) D oença mental
1.3) E mbriaguez completa
2.1) E rro de proibição inevitável ou 
escusável
3.1) C oação moral irresistível
3.2) O bediência hierárquica
@ProfessorLeandroErnesto
MACETE – Árvore do crime
O CRENTI SEM CC brigou com o Bruce LEEE
no IPE Menor DE ECO 
@ProfessorLeandroErnesto
Excludentes de ilicitude
Art. 23 CP - Não há crime quando o agente pratica o fato:
I - em estado de necessidade; 
II - em legítima defesa;
III - em estrito cumprimento de dever legal ou no exercício regular de 
direito
@ProfessorLeandroErnesto
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 4 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Em decorrência de um homicídio doloso praticado com o uso de arma de fogo, policiais
rodoviários federais foram comunicados de que o autor do delito se evadira por
rodovia federal em um veículo cuja placa e características foram informadas. O veículo
foi abordado por policiais rodoviários federais em um ponto de bloqueio montado
cerca de 200 km do local do delito e que os policiais acreditavam estar na rota de fuga
do homicida. Dada voz de prisão ao condutor do veículo, foi apreendida arma de fogo
que estava em sua posse e que, supostamente, tinha sido utilizada no crime.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
De acordo com a classificação doutrinária dominante, a situação configura hipótese de
flagrante presumido ou ficto.
( ) Certo ( ) Errado.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 4 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Em decorrência de um homicídio doloso praticado com o uso de arma de fogo, policiais
rodoviários federais foram comunicados de que o autor do delito se evadira por
rodovia federal em um veículo cuja placa e características foram informadas. O veículo
foi abordado por policiais rodoviários federais em um ponto de bloqueio montado
cerca de 200 km do local do delito e que os policiais acreditavam estar na rota de fuga
do homicida. Dada voz de prisão ao condutor do veículo, foi apreendida arma de fogo
que estava em sua posse e que, supostamente, tinha sido utilizada no crime.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
De acordo com a classificação doutrinária dominante, a situação configura hipótese de
flagrante presumido ou ficto.
( ) Certo . ( ) Errado
@ProfessorLeandroErnesto
PRISÃO EM FLAGRANTE: Espécies
FLAGRANTE
(Espécies)
PRÓPRIO
(Propriamente dito)
COMETENDO ou ACABOU DE COMETER o crime
IMPRÓPRIO
(Quase Flagrante)
É PERSEGUIDO, logo após, a infração.
PRESUMIDO
(Ficto)
Preso, logo depois da infração, em situação que faça PRESUMIR
ser ele o autor da infração, por ser encontrado com OBJETOS.
Sem perseguição
COMPULSÓRIO
(Obrigatório)
Pela POLÍCIA
(art. 301 CPP)
LD ou ECDL
FACULTATIVO
Qualquer do POVO
(art. 301 CPP)
LD ou ERD
PREPARADO
(Provocado)
CRIA UMA CILADA. ILEGAL
FORJADO A autoridade policial CRIA UMA SITUAÇÃO DE FLAGRÂNCIA 
no sentido de incriminar uma pessoa.
ILEGAL
DIFERIDO
(Postergado ou retardado)
AÇÃO CONTROLADA.
ESPERADO CAMPANA.
@ProfessorLeandroErnesto
Professor Leandro Ernesto
QUESTÃO 5 (CESPE/2019/PRF/Policial Rodoviário Federal)
Em decorrência de um homicídio doloso praticado com o uso de arma de fogo, policiais
rodoviários federais foram comunicados de que o autor do delito se evadira por
rodovia federal em um veículo cuja placa e características foram informadas. O veículo
foi abordado por policiais rodoviários federais em um ponto de bloqueio montado
cerca de 200 km do local do delito e que os policiais acreditavam estar na rota de fuga
do homicida. Dada voz de prisão ao condutor do veículo, foi apreendida arma de fogo
que estava em sua posse e que, supostamente, tinha sido utilizada no crime.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
Considerando essa situação hipotética, julgue o seguinte item.
De acordo com a classificação doutrinária dominante, a situação configura hipótese de
flagrante presumido ou ficto.
( ) Certo . ( ) Errado
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 6 (FUNCAB/2013/PC-ES/Perito Criminal)
Após a realização da prisão em flagrante, o auto da prisão em
flagrante deverá ser encaminhado ao juiz competente em até:
a) 6 (seis) horas.
b) 12 (doze) horas.
c) 24 (vinte e quatro) horas..
d) 3 (três) dias.
e) 5 (cinco) dias.
@ProfessorLeandroErnesto
PRISÃO EM FLAGRANTE: PROCEDIMENTO
PRISÃO EM 
FLAGRANTE
(procedimento)
1º) APRESENTAÇÃO
DO PRESO
2º) OITIVAS
1) Condutor
2) Testemunhas
3) Vítima
4) Acusado
3º) LAVRATURA DO 
APF
4º) COMUNICAÇÃO 
DA PRISÃO
IMEDIATAMENTE
JUIZ
MP
FAMÍLIA 
DO PRESO
Ou pessoa por 
ele indicada
5º) ENCAMINHAR EM 24H
APF
JUIZ
DEFENSORIA 
PÚBICACópia integral
(caso não informe 
advogado)
NOTA DE CULPA PRESO
@ProfessorLeandroErnesto
Código de Processo Penal
Art. 306. [...]
§ 1º EM ATÉ 24 (VINTE E QUATRO) HORAS após a realização da prisão,
será encaminhado ao juiz competente o auto de prisão em
flagrante e, caso o autuado não informe o nome de seu advogado,
cópia integral para a Defensoria Pública.
@ProfessorLeandroErnesto
Auto de Prisão em Flagrante
Até 24H
(após a prisão)
ENCAMINHAR
APF
(original)
JUIZ 
COMPETENTE
Caso o autuado 
NÃO INFORME O 
NOME DO seu 
ADVOGADO
APF
(cópia integral)
DEFENSORIA 
PÚBLICA
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 6 (FUNCAB/2013/PC-ES/Perito Criminal)
Após a realização da prisão em flagrante, o auto da prisão em
flagrante deverá ser encaminhado ao juiz competente em até:
a) 6 (seis) horas.
b) 12 (doze) horas.
c) 24 (vinte e quatro) horas..
d) 3 (três) dias.
e) 5 (cinco) dias.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 7 (FCC/2018/Prefeitura de Caruaru-PE/Procurador do Município)
Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar quando o
agente for
a) gestante somente a partir do 7° mês de gravidez.
b) maior de 75 anos.
c) mulher com filho de 11 (onze) anos de idade..
d) debilitado por motivo de doença.
e) imprescindível aos cuidados especiais de criança com deficiência
mental ou visual.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 7 (FCC/2018/Prefeitura de Caruaru-PE/Procurador do Município)
Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar quando o
agente for
a) gestante somente a partir do 7° mês de gravidez.
@ProfessorLeandroErnesto
Código de Processo Penal
Art. 318. Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar
quando o agente for:
I - maior de 80 (oitenta) anos;
II - extremamente debilitado por motivo de doença grave;
III - imprescindível aos cuidados especiais de pessoa menor de 6 (seis)
anos de idade ou com deficiência;
IV - gestante;
V - mulher com filho de até 12 (doze) anos de idade incompletos;
VI - homem, caso seja o ÚNICO responsável pelos cuidados do filho de
até 12 (doze) anos de idade incompletos.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 7 (FCC/2018/Prefeitura de Caruaru-PE/Procurador do Município)
Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar quando o
agente for
b) maior de 75 anos.
@ProfessorLeandroErnesto
Código de Processo Penal
Art. 318. Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar
quando o agente for:
I - maior de 80 (oitenta) anos;
II - extremamente debilitado por motivo de doença grave;
III - imprescindível aos cuidados especiais de pessoa menor de 6 (seis)
anos de idade ou com deficiência;
IV - gestante;
V - mulher com filho de até 12 (doze) anos de idade incompletos;
VI - homem, caso seja o ÚNICO responsável pelos cuidados do filho de
até 12 (doze) anos de idade incompletos.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 7 (FCC/2018/Prefeitura de Caruaru-PE/Procurador do Município)
Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar quando o
agente for
c) mulher com filho de 11 (onze) anos de idade..
@ProfessorLeandroErnesto
Código de Processo Penal
Art. 318. Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar
quando o agente for:
I - maior de 80 (oitenta) anos;
II - extremamente debilitado por motivo de doença grave;
III - imprescindível aos cuidados especiais de pessoa menor de 6 (seis)
anos de idade ou com deficiência;
IV - gestante;
V - mulher com filho de até 12 (doze) anos de idade incompletos;
VI - homem, caso seja o ÚNICO responsável pelos cuidados do filho de
até 12 (doze) anos de idade incompletos.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 7 (FCC/2018/Prefeitura de Caruaru-PE/Procurador do Município)
Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar quando o
agente for
d) debilitado por motivo de doença.
@ProfessorLeandroErnesto
Código de Processo Penal
Art. 318. Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar
quando o agente for:
I - maior de 80 (oitenta) anos;
II - extremamente debilitado por motivo de doença grave;
III - imprescindível aos cuidados especiais de pessoa menor de 6 (seis)
anos de idade ou com deficiência;
IV - gestante;
V - mulher com filho de até 12 (doze) anos de idade incompletos;
VI - homem, caso seja o ÚNICO responsável pelos cuidados do filho de
até 12 (doze) anos de idade incompletos.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 7 (FCC/2018/Prefeitura de Caruaru-PE/Procurador do Município)
Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar quando o
agente for
e) imprescindível aos cuidados especiais de criança com deficiência
mental ou visual.
@ProfessorLeandroErnesto
Código de Processo Penal
Art. 318. Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar
quando o agente for:
I - maior de 80 (oitenta) anos;
II - extremamente debilitado por motivo de doença grave;
III - imprescindível aos cuidados especiais de pessoa menor de 6 (seis)
anos de idade ou com deficiência;
IV - gestante;
V - mulher com filho de até 12 (doze) anos de idade incompletos;
VI - homem, caso seja o ÚNICO responsável pelos cuidados do filho de
até 12 (doze) anos de idade incompletos.
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 7 (FCC/2018/Prefeitura de Caruaru-PE/Procurador do Município)
Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar quando o
agente for
a) gestante somente a partir do 7° mês de gravidez.
b) maior de 75 anos.
c) mulher com filho de 11 (onze) anos de idade.
d) debilitado por motivo de doença.
e) imprescindível aos cuidados especiais de criança com deficiência
mental ou visual.
@ProfessorLeandroErnesto
Novidade legislativa.
Lei 13.769 de 19 de dezembro de 2018 incluiu os Artigos 318-A e 318-B no CPP, cuja redação é a
seguinte:
Art. 318-A. A PRISÃO PREVENTIVA imposta à mulher gestante ou que for mãe ou responsável por
crianças ou pessoas com deficiência será SUBSTITUÍDA POR PRISÃO DOMICILIAR, desde que:
I - NÃO tenha cometido crime com VIOLÊNCIA ou GRAVE AMEAÇA a pessoa;
II - NÃO tenha cometido o crime CONTRA SEU FILHO ou DEPENDENTE.
Art. 318-B. A substituição de que tratam os arts. 318 e 318-A poderá ser efetuada sem prejuízo da
aplicação concomitante das medidas alternativas previstas no art. 319 deste Código
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 8 (CESPE/2018/MPU/Analista do MPU-Direito)
Em cada um dos itens a seguir é apresentada uma situação hipotética
seguida de uma assertiva a ser julgada em consonância com a
doutrina majoritária e com o entendimento dos tribunais superiores
acerca de provas no processo penal, prisão e liberdade provisória e
habeas corpus.
Um indivíduo penalmente imputável apresentou-se espontaneamente
a autoridade policial depois de ter cometido um crime. Nessa
situação, a apresentação espontânea não impede a decretação da
prisão preventiva nos casos em que a lei a autoriza.
( ) Certo. ( ) Errado
@ProfessorLeandroErnesto
QUESTÃO 8 (CESPE/2018/MPU/Analista do MPU-Direito)
Em cada um dos itens a seguir é apresentada uma situação hipotética
seguida de uma assertiva a ser julgada em consonância com a
doutrina majoritária e com o entendimento dos tribunais superiores
acerca de provas no processo penal, prisão e liberdade provisória e
habeas corpus.
Um indivíduo penalmente imputável apresentou-se espontaneamente
a autoridade policial depois de ter cometido um crime. Nessa
situação, a apresentação espontânea não impede a decretação da
prisão preventiva nos casos em que a lei a autoriza.
( ) Certo. ( ) Errado
@ProfessorLeandroErnesto
@ProfessorLeandroErnesto
“O segredo do sucesso 
é a constância no objetivo”
OBRIGADO!
PROFESSOR LEANDRO ERNESTO
ProfessorLeandroErnesto
ProfessorLeandroErnesto
ProfessorLeandroErnesto
ProfLeandroE
@ProfessorLeandroErnesto
@ProfessorLeandroErnesto
@ProfessorLeandroErnesto