A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
72 pág.
Desenvolvimento_Neuropsicomotor

Pré-visualização | Página 1 de 4

• É o campo de investigação que estuda o comportamento 
neurológico, psicológico e motor (habilidades, padrões, 
generalizações neuropsicomotoras) em populações normais 
ou não em diferentes faixas etárias. 
 
• Engloba um conjunto de transformações humanas ao longo 
da vida bem como, as influências de fatores genéticos e 
ambientais. São estudados os mecanismos adaptativos aos 
níveis, morfológico, maturacional e motor. 
 
 
Maturação 
Experiência 
Interação 
Social 
Equilibração 
Princípios Básicos: 
1) Sequência Invariável; 
2) O desenvolvimento é padronizado e contínuo; 
3) Fatores genéticos e o ambiente vão regular o curso do 
desenvolvimento; 
4) A aprendizagem é o resultado da união dos vários aspectos: 
motores, afetivos, cognitivos e sociais; 
5) Toda experiência afeta o desenvolvimento posterior. 
 
 
 
 
Movimentos Culturalmente Determinados 
 
Movimentos Básicos Fundamentais 
 
Movimentos Rudimentares 
 
Movimentos Reflexos 
 
 
A partir de 12 anos 
02 a 12 anos 
01 e 02 anos 
Até 4 m 
• Flexão Fisiológica em supino e prono 
• Não mantém a cabeça na linha média 
• Ausência do controle da flexão do pescoço 
• Desenvolvimento da extensão contra gravidade em prono 
 
 
• Supino: 
• Postura em flexão, cabeça fora da 
linha média, não possui flexão de 
cabeça contra a gravidade 
• Prono: 
• Levanta a cabeça e roda 
• Puxado para sentar: 
• Cotovelos em flexão, cabeça cai 
• Braços em flexão 
• Cabeça pende para trás 
• De pé: 
• Se mantém erguida por alguns 
segundos 
• Depois cai, fletindo os joelhos 
• Posição dorsal: 
• Predomínio da flexão, porém já mostra 
sinais de extensão 
• Braços formam um ângulo junto ao corpo e 
às vezes são levantados 
 
• Posição ventral: 
• Predomínio do tônus flexor 
• Cabeça levanta-se por curtos intervalos, 
ainda oscilando cabeça não se mantém na 
linha média durante a extensão 
• Puxado para sentar: 
• Cabeça começa a acompanhar 
• Vertical – cabeça cai e oscila 
• Tronco ainda instável 
 
• De pé: 
• Ergue-se por alguns segundos mais 
estável 
• Flete os joelhos suavemente 
• Posição dorsal: 
• Caracterizado pelo começo da simetria e maior 
ganho de extensão 
• Vira-se para os lados 
• Mãos trazidas à linha média / Brinca com as 
mãos 
• Posição Ventral: 
• Ganho de simetria 
• Cabeça ergue até 45º 
• Extensão da cabeça é acompanhada pela 
extensão do tronco superior (puppy baixo) 
 
• Sentado: 
• Já colabora p/ a mudança postural 
• Controle da cabeça ainda instável (não cai) 
• Pernas já vão para frente – joelhos fletidos 
• Maior estabilidade de tronco 
• De pé: 
• Se apóia por curto tempo, porém mais 
estável 
• Pernas mostram contração 
• Melhor controle de cabeça 
 
• Posição dorsal: 
• Posição simétrica 
• Capaz de virar para os dois lados 
• Traz mãos à linha média 
• Brinca com as mãos 
 
• Posição ventral: 
• Cabeça é erguida a quase 90º 
• Extensão do tronco e quadril já progrediu 
• Movimentos de rastejamento 
• Boa capacidade de extensão 
 
• Puxada para sentar: 
• Colabora com bom controle da cabeça 
• Cabeça mantém-se na linha média ao tronco 
 
• De pé: 
• Estende as pernas 
• Controle de cabeça estável 
• Inclinação p/ o lado: cabeça coloca-se no 
espaço 
 
 
• Posição dorsal: 
• Vira de um lado p/ outro 
• Pés agarrados e levados à boca 
• Cabeça é erguida 
• Objetos são levados à boca 
• Posição ventral: 
• Posição simétrica 
• Cabeça ergue-se bem até 90º 
• Deslocamento de peso para libertar 
um braço e estendê-lo para diante 
 
• Puxado para sentado: 
• Boa colaboração (bom controle de 
cabeça) 
• Gira p/ D e E 
 
• De pé: 
• Estende as pernas contra a base 
• Maior flexibilidade no joelho 
• Começa a balançar 
• Posição dorsal: 
• Estende os braços p/ diante e 
arqueia a cabeça 
• Pode fazer uma ponte 
• Tronco na linha média 
• Movimentos coordenados 
• Posição Ventral: 
• Cabeça eleva-se muito bem 
• Tronco estendido 
• Deslocamento do peso p/ um braço 
a fim de pegar um objeto 
• Sentar-se: 
• Controle moderado de tronco 
• Reação de proteção para a frente 
• Difícil da posição sentada, fazê-la 
voltar ao DD 
• Levantar p/ pôr-se em pé: 
• Boa simetria da postura ao ser 
puxada p/ cima 
• Ainda não se mantém em pé 
independentemente 
• Joelhos não estão firmemente 
estendidos 
• Posição dorsal: 
• Já não fica nesta posição 
• Pode estender os dois braços, erguendo a cabeça 
• Se alguém a pega: ela se ergue quase sozinha 
 
• Posição ventral: 
• Cabeça é bem levantada 
• Vira ao redor do seu eixo 
• Estende um braço a fim de pegar um objeto 
 
 
 
• Sentar-se: 
• Tornou-se estável 
• Bom equilíbrio p/ frente 
• Inclinada p/ o lado: braços e mãos estendem-se, 
sem que haja uma rotação muito boa 
 
• Rolar, rastejar, engatinhar: 
• Posição quadrúpede ainda instável – Arrasta 
• Pode ser vista muita extensão 
• Pernas embaixo do abdômen 
 
 
• Posição dorsal: 
• Não permanece nesta posição 
 
• Posição ventral: 
• Passa para posição de engatinhar 
• Vira-se em círculo em torno do próprio eixo 
• Passa de DV p/ sentado, virando-se de 
lado 
 
 
• Sentar: 
• Reação de proteção p/ frente e para os lados 
• Dorso reto 
• Vira-se em torno do seu próprio eixo 
• Todos os movimentos já se mostram coordenados 
 
• Engatinhar: 
• Coloca-se na posição 
• Engatinha, com rotação ainda deficiente 
• Adora se mover nesta posição 
 
 
• Posição dorsal e ventral: 
• Quase não assume estas posturas 
• Vira para a lateral e senta-se 
 
• Sentar-se: 
• Reage ao desequilíbrio com contramovimentos do corpo 
• Apoia-se para frente e para os lados 
 
• Engatinhar : 
• Pode locomover-se com rapidez 
 
 
 
 
• Levantar-se p/ ficar em pé: 
• Levanta-se segurando em objetos 
• Fica em pé c/ bastante estabilidade 
• Dá os primeiros passos com apoio 
• Prefere o engatinhar: rapidez de locomoção 
 
 
 
• Posição dorsal e ventral: 
• Só utiliza para dormir 
• Sentar-se: 
• Realiza sozinha, com equilíbrio 
• Apoia-se para frente, lados e trás 
• Engatinhar : 
• Pode locomover-se com rapidez e precisão 
• Levantar-se p/ ficar em pé : 
• Ergue-se segurando em objetos ou até mesmo sozinha 
• Segurada: fica em pé com bastante estabilidade 
• Anda ao longo de objetos 
 
 
• Levantar-se para ficar em pé 
• Pode ficar em pé sem que a segurem 
• Às vezes passa pela posição de urso 
 
• Ficar em pé e andar 
• Fica em pé livremente 
• Às vezes, dá alguns passos inseguros 
 
 
 
 
• Marcha: 
• Pode caminhar livremente, porém com equilíbrio 
ainda deficitário 
• Seguram um objeto na mão (ou nas 2 mãos) 
• Estendem os braços p/ agarrar alguma coisa 
• Às vezes, ainda caminham com pernas abertas e em 
RI 
 
 
 
 
• Boa motilidade das articulações 
• Caminhar: pode segurar um objeto em cada mão 
• Pode ficar na posição de cócoras e erguer do chão 
um objeto 
• Pode caminhar para trás e jogar futebol 
• Em pé, atira uma bola com firmeza 
• Consegue subir escada com ajuda 
• Quando caminha, consegue frear bem 
 
 
 
• Motricidade fina: 
• Agarra objetos e transporta-os 
• Imita trabalhos domésticos 
• Come sozinha c/ a colher, mas ainda a segura em pronação 
• Despe peças de roupas 
• Rabisca 
• Põe brinquedos na caixa e torna a tirá-los 
• Atira objetos