A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Pessoa física e pessoa jurídica

Pré-visualização | Página 1 de 1

A pessoa física
A pessoa física, também chamada de pessoa natural, é o ser humano, considerado como sujeito de direito e de obrigações ou deveres jurídicos. Portanto, o que caracteriza inicialmente a pessoa física é o fato de essa ser um ser humano, diferentemente, dos outros possíveis sujeitos da relação: a pessoa jurídica e os “entes despersonalizados”
Características da pessoa física:
As características que envolvem a pessoa física são:
Personalidade natural: é uma qualidade individual, que se compõe do complexo psíquico e físico da pessoa natural, variando de individuo para individuo, sendo pessoal e individualizado. Tanto quanto forem os seres humanos sobre a terra, serão suas personalidades naturais.
Personalidade jurídica: é a aptidão que todos têm para adquirir direitos e para contrair obrigações. Essa é uma qualidade igual para todos os seres humanos, não é variável como a personalidade natural. Todas as pessoas físicas têm personalidade jurídica, ou seja, aptidão para adquirir direito e contrair obrigação.
Capacidade jurídica: é a medida jurídica das atribuições da personalidade jurídica. “ É a medida limitadora ou delineadora da possibilidade de adquirir direitos e de contrair obrigações”. Essa característica, da mesma forma que a personalidade natural, varia de indivíduo para indivíduo, diante de aspectos da sua formação física ( como idade e desenvolvimento mental) e da matéria jurídica em questão. 
A pessoa jurídica
Para Rizzatto, “pessoa jurídica é a entidade ou instituição que, por força das normas jurídicas criadas, tem personalidade e capacidade jurídicas para adquirir direitos e contrair obrigações”.
Nota-se, portanto, com esse conceito acima referido, que a pessoas jurídica guarda similitudes com a pessoa física no que tange a sua aptidão de adquirir direitos e de contrair obrigações. Assim, a pessoa jurídica possui tanto a característica da personalidade, quanto a da capacidade jurídica, faltando-lhe apenas a personalidade natural, uma vez ser essa uma entidade ou uma instituição, não tendo assim, compleições físicas ou psíquicas. Espécies de pessoas jurídicas:
Pessoa jurídica de direito público: é aquela que nasce diretamente da lei que a cria. Lei no sentido restrito da palavra, ou seja, aquela que passa pelo processo legislativo formal, dentro do poder legislativo ( Ex: a Caixa econômica Federal ).
Pessoa jurídica de direito privado: é aquela que nasce de um instrumento formal e escrito que a cria, ou seja, criada por documento que, embora seja considerado lei, este não se enquadra no seu sentido técnico, podendo ser um contrato ou um estatuto, por exemplo.
A partir de sua criação, constituição, a pessoa jurídica adquire personalidade jurídica, passando a ter, portanto, aptidão para adquirir direitos e para contrair obrigações.