A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Características Gerais dos Fungos - RESUMO

Pré-visualização | Página 1 de 1

Características Gerais dos Fungos 
Resumo – Alberto Galdino LoL 
Os fungos são seres EUCARIÓTICOS, ou seja, possuem uma membrana nuclear que envolve os 
cromossomos e o nucléolo. São eucarióticos com um só núcleo (como as leveduras), ou 
multinucleados, como os fungos filamentosos ou bolores e os cogumelos (fungos 
macroscópicos). Classificam-se como seres HETEROTRÓFICOS, pois retiram matéria prima e 
energia para sua existência de matéria orgânica. 
São ‘ubíquos’, encontram-se em vegetais, em animais, no homem, em detritos e em 
abundância no solo. 
 
Caracteristicas 
-Eucarióticos 
-Aclorofilados/Heterotróficos 
-Glicogênio 
-Esporos de natureza assexual e sexual 
-Parede celular de quitina (alguns com celulose) 
-Membrana plasmática: fosfolipídeos e ergosterol 
-Diversidade morfológica: unicelulares/ pluricelulares 
-Hábitos e hábitat variados 
 
Características que permitem sua diferenciação das plantas: 
-não sintetizam clorofila nem qualquer pigmento fotossintético 
-não armazenam amido como substância de reserva 
-não tem celulose na parede celular (exceto alguns fungos aquáticos). 
 
ps: Quitina (componente da parede celular), Esgosterol (alvo de muitas drogas antifúngicas). 
 
Algumas espécies de fungos são conhecidos como DEMÁCIOS, devido ao fato de produzirem 
um pigmento acastanhado (a melanina), conferindo a elas resistência aos raios UV e a enzimas 
líticas produzidas por outros microorganismos. 
 
Os fungos se desenvolvem em meios especiais de cultivo, formando colônias de dois tipos: 
LEVEDURIFORMES (unicelular) e FILAMENTOSAS ‘hífas’(pluricelular) e DIMÓRFICOS. 
 
FUNGOS UNICELULARES - Leveduras 
 
 
 As colônias leveduriformes, em geral, são 
pastosas ou cremosas e caracterizam o grupo das 
LEVEDURAS. São ‘unicelulares’, em que a própria 
célula cumpre as funções vegetativas e 
reprodutivas. 
 As estruturas mais comuns são os 
BLASTOCONÍDIOS, também denominados 
‘gêmulas’, possuindo forma em geral arredondada 
ou ovalada. 
 Dividem-se por brotamento fissão ou 
simples e ainda por divisão binária. Por 
brotamento da célula-mãe, formam-se os ‘brotos 
ou as células-fihas’ que podem desprender-se da 
célula-mãe, ou permanecer ligados à mesma, em 
cadeia, formando a pseudo-hifa cujo conjunto é o 
pseudo-micélio. 
 
Características Gerais dos Fungos 
Resumo – Alberto Galdino LoL 
FUNGOS PLURICELULARES - Filamentosos 
Os fungos pluricelulares apresentam estrutura formada por uma malha filamentosa chamada 
de HIFAS, ou agrupadas (conjunto) formando um pseudo-tecido denominado MICÉLIO, 
caracterizado conforme sua distinção citoplasmática em: 
 Hifas Septadas – cujas células são individualizadas, cada uma contendo o seu núcleo; 
 Hifas Cenocíticas – com aparência anastomosada (concisa), formada por um 
citoplasma estendido e polinucleado. 
O micélio que se desenvolve no interior do substrato, funcionando também como elemento de 
sustentação e de absorção dos nutrientes, é chamado MICÉLIO VEGETATIVO. 
O micélio que se projeta na superfície e cresce acima do meio de cultivo é o MICÉLIO AÉREO. 
 
As colônias filamentosas que identificam os bolores podem ser algodonosas, aveludadas, 
pulverulentas, com os mais variados tipos de pigmentação. 
 
 
 
 
 
 Cenocítico → ← Septado 
 
 
 
 
 
 Cenocítico Septado 
 
 
FUNGOS DIMÓRFICOS 
O grupo dimórfico pode apresentar-se na forma/fase filamentosa (é a identidade do fungo, é a 
fase infectante) ou leveduriforme (é a fase de parasitarismo), dependendo para isso da 
TEMPERATURA a que é exposto; na temperatura ambiente (25-28 °C) se apresenta como 
Filamentoso e na temperatura de 37-39 °C se mostra como Levedura. 
 
 Fase Fase 
 Filamentosa Leveduriforme 
 
 
→ Paracoccidioides brasiliensis 
 
 
 
→ Histoplasma capsulatum 
Características Gerais dos Fungos 
Resumo – Alberto Galdino LoL 
Fase Filamentosa (TA) 
 Conídios 
 
 Termoconversão 
Fase Leveduriforme (35-37 °C) 
→ → 
 
 
 
 
MODOS DE REPRODUÇÃO 
 Reprodução Assexuada – Mitose 
 
-Produção de conídios -Brotamento ou gemulação – 
 Blastoconídios (centrífugo) 
 
-Produção de Clamidosporos 
 (reprodução ou resistência) 
 
 
 
 
 
 
 -Fissão de Células Somáticas–células-filhas 
-Produção de esporangisporos 
 
 
 -Fragmentação do micélio 
 artroconídios 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Características Gerais dos Fungos 
Resumo – Alberto Galdino LoL 
 Reprodução Sexuada – Meiose 
Produção de Esporos: 
-Zigosporos -Basídio + basidiosporos -Ascos + ascosporos 
 
 
 
 
 
ocorre entre dois esporos móveis ou não, em que três processos se sucedem: 
 1)Plasmogamia (mistura do material citoplasmático): fusão dos protoplasmas, 
resultante da anastomose de duas células. 
 2) Cariogamia: fusão de dois núcleos haplóides (N) e compatíveis, formando um núcleo 
diplóide (2N). 
 3) Meiose: onde o núcleo diplóide (2N) sofre uma divisão reducional para formar dois 
núcleos haplóides (N), seguindo-se a mitose, embora em alguns casos esta preceda a 
meiose. O núcleo haplóide forma então uma parede que o protege, recebendo o nome 
de esporo. 
 
 
São reconhecidas 4 divisões 
 
Chytridiomycota – aquáticos (+ ancestrais) Zygomycota – hifas cenocíticas – zigosporos 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ascomycota – hifas septadas – ascosporos em ascos 
 
Basidiomycota – cogumelos – hifas septadas – 
basidiosporos sobre basídios 
 
 
 
 
 
Características Gerais dos Fungos 
Resumo – Alberto Galdino LoL 
Importância dos Fungos 
 
Benefícios: 
 DECOMPOSITORES EM ECOSSISTEMAS 
 COMESTÍVEIS 
 SIMBIONTES 
 BIORREMEDIADORES 
 IMPORTANTES PARA A BIOTECNOLOGIA (enzimas e metabólitos) 
 IMPORTANTES DAS INDÚSTRIAS (bebidas, alimentos e medicamentos) 
 
Malefícios: 
 VENENOSOS 
 ALUCINÓGENOS 
 FITOPATÓGENOS 
 PATÓGENOS HUMANOS E DE ANIMAIS