PLANO DE COMISSIONAMENTO
27 pág.

PLANO DE COMISSIONAMENTO


DisciplinaGerenciamento de Projetos13.812 materiais115.591 seguidores
Pré-visualização6 páginas
\ufffd EMBED Word.Picture.6 \ufffd\ufffd\ufffd\ufffdPLANO\ufffdNO\ufffdMD-3A02.01-9100-970-EYT-001\ufffdREV.\ufffdA\ufffd\ufffd\ufffdOBRA:\ufffdUNIDADE DE TRATAMENTO DE GAS MONTEIRO LOBATO - UTGCA\ufffdFOLHA\ufffd\ufffd PAGE \ufffd2\ufffd de \ufffd NUMPAGES \* MERGEFORMAT \ufffd27\ufffd\ufffd\ufffd\ufffdTÍTULO:\ufffdplano de comissionamento\ufffd\ufffd0\ufffdEmissão inicial\ufffd\ufffd
	
	PLANO
	N°:
	MD-3A02.01-9100-970-EYT-001
	
	CLIENTE:
	E&P / UO-BS
	FOLHA:
	1 de 27
	
	PROGRAMA:
	INFRAESTRUTURA DE PRODUÇÃO, DE TRANSFERÊNCIA E TRATAMENTO DE GÁS (PDEG)
	-
	
	ÁREA:
	UNIDADE DE TRATAMENTO DE GAS MONTEIRO LOBATO - UTGCA
	-
	ENGENHARIA IEEPT/IEMX
	TÍTULO:
	plano de comissionamento
	CORPORATIVA
	
	
	
	IEMX
	SCHAHIN ENGENHARIA S.A.
	CONTRATO N°:
	 RESPONSÁVEL TÉCNICO PELO DOCUMENTO
	RUBRICA:
	CÓDIGO CONTRATADA
	
	0801.0067.667.11.2
	CLOVIS BARBOSA DE OLIVEIRA
CREA Nº 78101055-D-RJ 
	
	PL-738-CMS-001
	ÍNDICE DE REVISÕES
	REV.
	DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS
	0
	Emissão Original
	A
	Revisados os capítulos 2, 3.2.1, 3.3, 3.4, 3.10, 3.14 e 5.1; Revisado conforme ADP-IC-ADEQUTGCA-EYT-00005.
	B
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	REV. 0
	REV. A
	REV.B
	REV. C
	REV. D
	REV. E
	REV. F
	REV. G
	REV. H
	DATA
	27/01/2012
	05/04/2012
	
	
	
	
	
	
	
	PROJETO
	EYT
	EYT
	
	
	
	
	
	
	
	EXECUÇÃO
	LBEZERRA
	LBEZERRA
	
	
	
	
	
	
	
	VERIFICAÇÃO
	COLIVEIRA
	COLIVEIRA
	
	
	
	
	
	
	
	APROVAÇÃO
	COLIVEIRA
	COLIVEIRA
	
	
	
	
	
	
	
	AS INFORMAÇÕES DESTE DOCUMENTO SÃO PROPRIEDADE DA PETROBRAS, SENDO PROIBIDA A UTILIZAÇÃO FORA DA SUA FINALIDADE.
	FORMULÁRIO PERTENCENTE À NORMA PETROBRAS N-0381 REV.K ANEXO A \u2013 FIGURA A-1.
Sumário
31.	Objeto	\ufffd
32.	Documentos de Referência	\ufffd
33.	Definições	\ufffd
33.1.	ACEITAÇÃO MECÂNICA	\ufffd
43.2.	Comissionamento	\ufffd
53.3.	Diagrama de Malha Elétrica	\ufffd
53.4.	Diagrama de Malha de Instrumentação	\ufffd
53.5.	Diagrama de Malha de Tubulação	\ufffd
53.6.	Folha de Verificação de Item (FVI)	\ufffd
63.7.	Folha de Verificação de Malhas (FVM)	\ufffd
63.8.	Inspeção Mecânica	\ufffd
63.9.	Inspeção de Recebimento	\ufffd
63.10.	Item Comissionável	\ufffd
63.11.	Manual de Operação da Planta de Processo	\ufffd
73.12.	Operação Assistida/ Aceitação de Sistemas	\ufffd
73.13.	Pendências (punch-list)	\ufffd
73.14.	Plano de Comissionamento	\ufffd
83.15.	Pré-operação	\ufffd
83.16.	Preservação	\ufffd
83.17.	Recebimento de Materiais	\ufffd
83.18.	Rede de Precedência	\ufffd
93.19.	Sistema de Gerenciamento do Comissionamento	\ufffd
93.20.	Sistemas operacionais	\ufffd
93.21.	Subsistema	\ufffd
93.22.	Termo de Recebimento da Unidade	\ufffd
103.23.	Termo de Transferência e Aceitação de Sistemas/Subsistemas (TTAS)	\ufffd
103.24.	TTAS\u20131 (Termo de Transferência e Aceitação de Sistema/Subsistema Parcial)	\ufffd
103.25.	TTAS-2 (Termo de Transferência e Aceitação Final de Sistema)	\ufffd
103.26.	Testes a Frio	\ufffd
103.27.	Testes a Quente	\ufffd
103.28.	Teste de Aceitação de Performance - TAP	\ufffd
113.29.	Testes de Equipamentos	\ufffd
113.30.	Testes de Tubulação (test pack)	\ufffd
114.	responsabilidades	\ufffd
145.	Descrição	\ufffd
145.1.	Gerenciamento e Controle	\ufffd
175.2.	Correlação com Outros Setores	\ufffd
195.3.	Atividades do Comissionamento	\ufffd
276.	REGISTROS	\ufffd
\ufffd
Objeto
GENERALIDADES
Fornecer a descrição do processo de comissionamento e definir quem, quando e como as atividades de comissionamento relativas à adequação da Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato (UTGCA) em Caraguatatuba, deverão ser executadas. 
APLICAÇÃO
Este plano aplica-se às obras de Adequação da Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato \u2013 UTGCA.
Documentos de Referência
Contrato 0801.0067.667.11.2 - Anexo VII - REQUISITOS PARA ATIVIDADES DE COMISSIONAMENTO
DE-3A02.01-9300-976-EYT-001 - Rede de Precedência;
LI-3A02.01-9300-976-EYT-001 - Lista de Sistemas e Subsistemas;
MD-3A02.01-9100-970-EYT-002 - Plano de Preservação;
PR-3A02.01-9100-970-EYT-048 - Procedimento para Registro das FVI's no Banco de Dados;
Definições
ACEITAÇÃO MECÂNICA
É um conjunto de verificações que são feitas pelo time de comissionamento e testemunhadas pela Petrobras, após a completação mecânica e pré-comissionamento de um sistema/subsistema, com o intuito de liberá-lo para a partida.
Aceitação Mecânica consiste em:
Emissão de relatório de montagem e preservação de todos os equipamentos e instrumentos, válvulas e componentes dos sistemas/subsistemas;
Verificação de montagem, pintura, e identificação de todas as tubulações;
Verificação de bases, fechamentos de cabos, conexões e identificações de elétrica, telecomunicações e cabos de instrumentação;
Verificação de instalação e identificação de leitos de tubings hidráulicos;
Verificação de aferição de itens elétricos, eletrônicos, eletromecânicos e pneumáticos com seu respectivo certificado;
Verificação de malhas de tubulação, elétrica e instrumentação com a emissão do seu respectivo certificado;
Verificação e limpeza de tubulações de acordo com procedimentos específicos;
Verificação de casos de não conformidade em todos os estágios e solução destes, prevenindo assim a partida do sistema/subsistema;
Verificação do serviço e liberação de equipamentos sujeitos a NR-13;
Verificação da disponibilidade de consumíveis e sobressalentes requeridos para partida;
Verificação dos sobressalentes para operação normal;
Verificação, se aplicável, do status das facilidades necessárias;
Verificação se os suprimentos para o equipamento estão de acordo com as recomendações do fabricante;
Outras verificações não descritas acima;
Emissão do termo de aceitação mecânica de acordo com o documento padrão.
Comissionamento
Conjunto de atividades como testes hidrostáticos, calibração de instrumentos, flushing, limpeza de tubulação, testes de malha de instrumentação e elétrica, e outros itens que serão executados em todos os equipamentos e sistemas, com o propósito de deixá-los aptos para o comissionamento e partida.
Conjunto de atividades e procedimentos para inspecionar, verificar e testar cada item comissionável do empreendimento, desde os pontuais como equipamentos e instrumentos até os de maior complexidade tais como subsistemas e sistemas.
As atividades de comissionamento são aplicáveis a todas as fases do empreendimento, desde a engenharia e o planejamento, suprimento e o diligenciamento, a construção e montagem, até a entrega da unidade ao cliente final, passando por uma fase de operação assistida.
Tem como objetivo central assegurar a transferência da unidade ordenadamente, de forma que todos os sistemas tenham sido instalados, preservados, testados e mantidos de acordo com os requisitos de projeto e demais documentação técnica pertinente, garantindo sua operabilidade em termos de desempenho, confiabilidade e rastreabilidade de informações.
Diagrama de Malha Elétrica
Diagrama elaborado pela engenharia, baseado nos diagramas funcionais dos painéis elétricos, que representam as conexões dos cabos entre os painéis e suas respectivas cargas que incluem também os certificados de testes de cabos. De acordo com a construção, malhas parciais ou totais poderão ser criadas.
Diagrama de Malha de Instrumentação
Diagrama elaborado pela engenharia, que contém o conjunto de sinais de entrada e saída, físico ou virtual dos instrumentos da ECOS, que incluem também os certificados de testes de cabos. De acordo com a construção, malhas parciais ou totais poderão ser criadas. 
Diagrama de Malha de Tubulação
Desenho baseado nos P&ID\u2019s e isométricos representando a divisão dos vários sistemas e subsistemas, com os dados para o teste. Os diagramas são formados pelas linhas que serão testadas na mesma faixa de pressão. De acordo com a construção, malhas parciais ou totais poderão ser criadas. 
Folha de Verificação de Item (FVI)
É um documento que tem a finalidade de controlar e identificar as características de cada item a ser comissionado. Este documento conterá os principais dados (fabricante, modelo, numero de série, etc.),