A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
exercicio com gabarito farmacologia

Pré-visualização | Página 1 de 2

1 Qual a definição de farmacocinética e farmacodinâmica? 
R: Farmacocinética: 
É o caminho que a droga faz no organismo. Note que não é o estudo do seu mecanismo de ação mais sim as 
etapas que a droga sofre desde a administração até a excreção, que são: absorção, destribuição, biotransformação 
e excreção. Uma vez que a droga encontra-se no organismo, essas etapas ocorrem de forma simultânea sendo 
essa divisão apenas de caráter didático. 
Farmacodinâmica: 
É a área da farmacologia que estuda o efeito de uma determinada droga (ou fármaco, ou medicamento) em seu 
tecido-alvo, ou simplesmente estuda como uma droga age no tecido-alvo. Entende-se tecido-alvo como o orgão ou 
sítio onde uma determinada droga tem efeito. 
2– Um fármaco foi administrado por via oral consequentemente sofrerá 
absorção e efeito de primeira passagem. Contudo uma fração livre intacta 
dessa dose irá alcançar a corrente sanguínea sistêmica. Essa sentença se 
 refere a: 
A) Biotransformação 
B) Eliminação 
C) Mecanismo de ação 
D) Biodisponibilidade 
3)Administra-se um fármaco que é um ácido fraco com valor de pKa = 3, por 
via oral. Esse fármaco será fácil ou dificilmente absorvido ao nível do estômago 
(pH =1)? 
 
4 – Cite duas vantagens e desvantagens da via oral? 
 Desvantagens Irritação gástrica, Interação com alimentos 
Vantagens É um meio barato, Auto-ingestão Indolor, Possibilidade de reversão da administração 
 
5 – Dois fármacos foram comparados e apresentam tanto a mesma 
biodisponibilidade, quanto a mesma velocidade e extensão de absorção. A 
agência reguladora ANVISA garante que quando duas especialidades 
farmacêuticas possuem todas essas características podem ser substituídas 
uma pela outra, como regula a lei dos medicamentos genéricos. Isto é, esses 
medicamentos são considerados: 
 
A) Iguais 
B) Semelhantes 
C) Bioequivalentes 
D) Biocompatíveis 
E) Referência 
 
6 – As moléculas dos fármacos precisam ser pequenas para serem absorvidas 
e atravessarem as membranas celulares, que constituem uma barreira 
fisiológica para estes ativos. Essas moléculas podem cruzar essas membranas 
por quais mecanismos fisiológicos? 
 R :Os fármacos atravessam as membranas por processos passivos ou por mecanismos envolvendo a participação 
ativa de componentes da membrana. 
7 – Um paciente está sobre o uso de duas substâncias concomitantes, 
 Fármaco A e Fármaco B. Sabe-se que o fármaco A é metabolizado pela 
enzima CYP2C9, e o fármaco B é um indutor enzimático, estimula a produção 
da enzima CYP2C9. Com base nessa informação, o que pode-se esperar com 
relação aos efeitos desse fármaco A após administração do fármaco B. 
R: A administração concomitante de 2 ou mais fármacos pode alterar a depuração de um deles. 
 
8 – Qual a principal via de eliminação dos fármacos? 
 R: Os medicamentos também podem ser eliminados através do suor e leite materno em menores quantidades, 
sendo que a principal via de excreção de fármacos é a via renal. 
9 – Assinale a alternativa correta: A ligação do fármaco ao receptor ativa uma 
proteína G que por sua vez é responsável por eventos bioquímicos 
intracelulares que culminam com a mudança funcional da célula, esses 
receptores são chamados de receptores: 
 
A) Ionotrópicos 
 B) Antagonistas 
C) Metabotrópicos 
D) Agonistas 
10 – Para que um fármaco possa induzir suas ações dentro do corpo, esse 
fármaco deve se ligar a estruturas biológicas, isto é, a estruturas celulares. A 
essas estruturas é dado o nome geral de receptores farmacológicos ou alvo 
para ação dos fármacos. Quais estruturas podem ser alvos da ação dos 
Fármacos? 
R: receptore, canais iônicos e moléculas transportadoras. 
11 – Explique a influência do pH do meio na absorção dos fármacos. 
 Quando a droga se encontra no pH semelhante ao pKa, ela está 50% na forma iônica e 50% na forma 
molecular. Quanto mais ácido for o pH onde a droga ácida se encontra, a forma molecular aumenta cada 
vez mais. A regra geral é a seguinte: As drogas ácidas são favorecidas, em relação a sua absorção, no pH 
ácido e sua eliminação é favorecida num pH básico. Ocorre o inverso para as drogas básicas, onde sua 
absorção é favorecida em pH básico e sua eliminação em pH ácido. 
12 – Cite 2 fatores interferentes na administração por via oral e explique cada 
um. 
 R:“A ingestão oral é o método mais comumente utilizado para administrar os fármacos. Também é o mais 
seguro, conveniente e econômico. Suas desvantagens são a absorção limitada de alguns fármacos em 
função de suas características (por exemplo, hidrossolubilidade); vômitos causados pela irritação da 
mucosa gastrointestinal; destruição de alguns fármacos pelas enzimas digestivas ou pelo pH gástrico 
baixo; irregularidade na absorção ou propulsão na presença de alimentos ou outros fármacos; e 
necessidade de contar com a colaboração do paciente. Além disso, os fármacos presentes no trato GI 
podem ser metabolizados por enzimas da flora ou mucosa intestinal ou do fígado, antes que possam 
alcançar a circulação sistêmica” (BRUNTON, 2007) 
13 – A forma farmacêutica influencia na biodisponibilidade da droga por via 
oral? Explique. 
R: sim a forma do farmaco influencia na biodisponibilidade por via oral , pois o caminho que ira percorrer sera mais 
longo ate chegar na corrente sanguinea. após absorção através do trato gastrointestinal, elas são 
imediatamente metabolizadas no fígado antes de atingir a circulação sistêmica, diminuindo assim efeitos 
adversos, 
14 - Leia a frase: “Quanto maior a lipossolubilidade do fármaco maior será a 
velocidade de absorção do mesmo”. Você concorda com essa frase? 
Justifique. 
Sim, A lipossolubilidade refere-se a capacidade de uma substância de se solubilizar em uma 
fase oleosa, ou a capacidade de se solubilizar em lipídeos, com isso espera-se que quanto 
maior for essa lipossolubilidade, mais facilmente o fármaco atravessa a membrana. 
 
15 – Justifique o uso de metoclopramida (fármaco que aumenta a motilidade 
gastrintestinal) juntamente com o paracetamol (analgésico) por via oral em 
crises de enxaqueca. 
R: ele é usado como adjuvante com o paracetamol para melhor eficacia 
Como adjuvante 
no tratamento da enxaqueca, tanto p ela ação sobre receptores de serotonina quanto no 
controle dos distúrbios gastrintestinais que geralmente ocorrem na crise e que pode m le var a 
má absorção dos medicamentos utilizados no tratamento. 
16 – Explique o efeito de primeira passagem ou metabolismo pré-sistêmico 
Efeito de primeira passagem é a metabolização pelo fígado e pela microbiota intestinal, antes 
que o fármaco chegue a circulação sistêmica. As vias de administração que estão sujeitas a 
esse efeito são: Via Oral e Via Retal. 
17 – O que é biodisponibilidade de um fármaco? 
BIODISPONIBILIDADE - Medida da quantidade de medicamento, contida em uma fórmula farmacêutica, 
que chega à circulação sistêmica e da velocidade 
na qual ocorre esse processo. A biodisponibilidade se expressa em relação à administração intravenosa 
do princípio ativo (biodisponibilidade absoluta) ou a administração, por via oral, de um produto de 
referência (biodisponibilidade relativa ou comparativa). 
A biodisponibilidade de um medicamento não deve ser 
confundida com a fração biodisponível, 
a menos que se refira à biodisponibilidade absoluta 
 
18 – Paciente R. R. S., 83 anos, sexo masculino, iniciou o tratamento com 
tobultamida (hipoglicemiante oral com alta taxa de ligação a proteínas 
plasmáticas) devido ao aumento de sua glicemia. Ao avaliar os exames 
bioquímicos do paciente, observou-se que os exames estavam normais, 
inclusive a função renal e hepática, com exceção de uma

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.