ARTIGO[1]
5 pág.

ARTIGO[1]


DisciplinaAlterações Orgânicas e Fisiológicas do Exercício Físico12 materiais144 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Freqüência cardíaca, pressão arterial, duplo- produto e exercícios resistidos
Cláudia Elizandra Lemke
Fábio Ávila da Silva
Juliani Pezzini
Simoni Carnelutti
Resumo:
O interesse pela pratica de atividades físicas vem aumentando nos últimos tempos, ela tem sido usada como argumentos para a promoção de uma melhor qualidade de vida e saúde. Os exercícios resistidos são fundamentais para a promoção de condicionamento cardiorrespiratório e neuromuscular, que interferem diretamente na saúde do individuo, porém para que esses exercícios possam ser executados pelos indivíduos com exatidão fatores como Duplo-Produto, freqüência cardíaca, pressão arterial são fundamentais.Portanto, nesse artigo segue um completo anexo de estudos sobre os exercícios resistidos e suas funções, seus elementos condicionantes e atributos que o fazem propiciar uma melhor qualidade de vida para as pessoas.
1-Introdução:
O interesse pela pratica de atividades físicas vem aumentando nos últimos tempos, elas tem sido usadas como argumentos para a promoção de uma melhor qualidade de vida e saúde. É de conhecimento geral, que os exercícios resistidos , que são, aqueles que utilizam movimentos contra alguma forma de resistência, são os que trazem benefícios no desenvolvimento do condicionamento cardiorrespiratório e neuromuscular.
Para a promoção desses benefícios o sistema cardiovascular precisa seguir alguns critérios de segurança em sua prescrição, os estudos mostrados no artigo mostram que o Duplo-Produto (DP) é um bom indicador de trabalho do miocárdio, em exercícios tanto aeróbicos e anaeróbicos.[1: : ESTUDO DA FC, PA E DP EM EXERCÍCIOS DE CORRIDA E NATAÇÃO.]
Segundo Simão apud Miranda a força muscular é um importante componente da forma relacionada á saúde e o incremento dessa é fundamental para facilitar as atividades diárias e os exercícios resistidos.Porém para a prescrição de treinamentos de força, são necessários que sejam controlados alguns fatores fisiológicos, tais como: freqüência cardíaca (FC), pressão arterial (PA) e o duplo-produto (DP) que fornece dados como o consumo de oxigênio pelo miocárdio.[2: SIMÃO (2004) ESTUDO DA FC, PA E DP EM DIFERENTES NÚMEROS DE SÉRIES DURANTE EXERCÍCIOS RESITIDOS.]
Portanto, nesse artigo segue um completo anexo de estudos sobre os exercícios resistidos, seus fatores condicionantes como FC, PA e DP, funções e atributos desses exercícios resistidos e a contribuição desses para a melhoria do bem e qualidade de vida.
2- Análise FC, PA, DP em diferentes posições corporais em exercícios resistidos:
	Num estudo realizado procurou-se analisar e comparar as respostas hemodinâmicas de adução horizontal de ombros com extensão de cotovelos no supino reto em posturas sentado e deitado, utilizava-se 10 repetições com 65% de 1 RPM.Onde a amostra constava com 14 indivíduos (10 mulheres e 4 homens), com aproximadamente 23 anos e peso corporal de 61 kg aproximado.Os indivíduos realizavam os testes sempre no mesmo horário, onde o procedimento foi realizado em três dias alternados.[3: ANÁLISE DA FC, PA, DP EM DIFERENTES POSIÇÕES CORPORAIS NOS EXERCÍCIOS RESITIDOS.]
	Em relação aos pré-exercícios no SRS foi encontrado FC:81bpm, PAS 116 mmHg, DP: 9931, nos pré exercícios SRD FC:86bpm, PAS: 113 mmHg, DP:9125. Os resultados para pós- exercício em SRS FC: 99bpm, PAS: 128mmHg, DP: 12554 e em SRD FC: 96bpm, PAS: 127mmHg, DP: 12151;
	 O que foi possível verificar no estudo foi que os exercícios SRS e SRD não apresentam diferenças significativas em nenhum dos parâmetros fisiológicos apresentados. 
3- Estudo FC, PA, DP em exercícios de corrida e natação:
	O estudo fez uma análise comparativa do comportamento de fatores como PA, FC e DP nas modalidades de natação ( nado crawl) e na corrida( intensidade média de 70%FCmáx.), os exercícios foram realizados com oito sujeitos praticantes recreativos de natação, entre 16 e 19 anos. Foi realizado primeiramente a corrida e depois de 48 hrs o exercício de natação sobre a mesma intensidade.[4: ESTUDO DA FC, PA E DP EM EXERCÍCIOS DE CORRIDA E NATAÇÃO.]
	A FC cardíaca encontrada na natação foi de 151 e para a corrida 154, o DP encontrado foi de 22213.97 e 22291.18 para corrida e natação respectivamente, levando-se em conta a PAS se mostrou mais elevado na natação.
	Com esses resultados o estudo constatou que não existe diferença cardiovascular entre o exercício de natação e corrida do ponto de vista do DP, porém, os outros fatores fisiológicos precisam ser investigados mais a fundo. O DP apresenta um meio seguro que pode ser utilizado para a prescrição e monitoramento dos exercícios do ponto de visto miocárdico, relacionando as atividades físicas e o sistema cardiovascular.
4- Respostas de FC, PA e DP em exercício contra-resistência: uma revisão de literatura:
	Os exercícios contra- resistência são exercícios indicados para a melhoria da qualidade de vida em vários indivíduos, porém o conhecimento das respostas cardiovasculares durante os exercícios pode aumentar a segurança em sua prescrição. 
	No artigo estudado e nas revisões feitas por esse observou-se que as respostas agudas na mudança da FC associam-se diretamente ao número de repetições exigidas, onde o treinamento contribui para a redução dessa em repouso. O fator de PA depende diretamente mais da intensidade do que a do exercício, o DP varia dependendo do tempo de exposição do esforço.[5: RESPOSTAS DE FC, PA, DP AO EXERCÍCIO CONTRA- RESISTÊNCIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA.]
5- Estudo da freqüência cardíaca, pressão arterial e duplo produto em diferentes números de séries durante exercícios resistidos:
 Esta pesquisa observou a FC, PAS e DP em exercícios resistidos em função da variação do numero de séries (NS). Foi usado o exercício de extensão simultânea de joelhos, realizado em 10 RM. Fizeram parte da amostra 10 indivíduos do sexo masculino com aproximadamente 24 anos com experiência mínima de 6 meses de ER. No período da manha foi feito o teste de 10 RM, e a tarde realizaram-se as 3 séries de 10 RM, respeitando intervalo de 2 minutos entre as séries.
 Dessa forma o estudo mostrou que parecem ser mais significativas para a FC quando são mais que 2 séries, e para DP quando mais que 1 série. Concluiu-se então que o nível de exigência cardíaco associado ao ER em MII, não depende apenas da carga de trabalho, mas também das demais variáveis que definem o volume do treinamento, como o NS.
6- Discussão e Conclusão:
 Nesta revisão da literatura podemos constatar a importância dos parâmetros utilizados para verificar as mudanças fisiológicas que ocorrem durante os exercícios resistidos. O American College of Sports Medicine recomenda exercícios resistidos para indivíduos portadores de comprometimento cardiocirculatórios, já que uma menor FC durante a atividade, comparada ao exercícios aeróbio de intensidade moderada e alta, provocaria elevações menos importante do DP. Podemos então analisar os seguintes estudos:
 No primeiro estudo pode-se verificar que em relação as duas posições estudadas, não houve alterações significativas nos fatores fisiológicos.
 No segundo estudo observou-se que não existe diferença cardiovascular entre o exercício de natação e corrida do ponto de vista do DP. Porém, os outros fatores fisiológicos precisam ser investigados mais a fundo.
 O terceiro estudo nos mostra que as respostas agudas na mudança da FC associam-se diretamente ao número de repetições exigidas, onde o treinamento contribui para a redução desta em repouso. O fator de PA depende diretamente mais da intensidade do que a do exercício, o DP varia dependendo do tempo de exposição do esforço.
 O quarto estudo mostrou que parecem ser mais significativas para a FC quando são mais que 2 séries, e para DP quando mais que 1 série. Concluiu-se então que o nível de exigência cardíaco associado ao ER em MII, não depende apenas da carga de trabalho, mas também das demais variáveis que definem o volume do treinamento, como o NS.
 Podemos então concluir que