A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
FARMACOLOGIA DOS CORTICOIDES

Pré-visualização | Página 1 de 3

CORTICÓIDES
Nós produzimos corticóide
Os produtos da secreção do córtex adrenal humano são hormônios esteróides chamados “corticoesteróides”, e incluem:
Cortisol (análogo estrutural da hidrocortisona): tem ação glicocorticóide
Androgênios 
Aldosterona: aumenta a retenção de sódio. Estimulada por angiotensina 2. Interfere no mecanismo mineralocorticoide.
O córtex da adrenal produz testosterona.
Cortisol interfere fortemente no metabolismo do ponto de vista hormonal.
	Efeitos Fisiológicos dos Corticosteróides
	Tipo de Hormônio 
	Tipo do Efeito
	Descrição do Efeito 
	Cortisol (Hidrocortisona)
	Glicocorticóide
	Aumento nos níveis plasmáticos de glicose, proteínas e ácidos graxos
	Aldosterona
	Mineralocorticóide
	Retenção de sódio e líquidos e eliminação de potássio (organismo faz isso para compensar)*
	Androgênios
	Virilizante
	Desenvolvimento e manutenção das características sexuais masculinas 
Poupadores de potássio.*
Leva a hiperglicemia – vai aumentar os níveis glicêmicos: ele cataboliza o conteúdo proteico.
Além das funções fisiológicas, tem ação antiinflamatória, ação antialérgica e imunossupressora. Ou seja, nos utilizamos os glicocorticoides farmacologicamente por conta dessas 3 ações. 
Fisiologicamente uso o anti-inflamatório e antiinflamatóriopara minimizar os danos. 
Imunossupressora: para evitar doenças autoimunes. 
Hormônios esteroidais derivados do colesterol. 
Corticóide = ciclo circadiano = atividades. É bom. Mas é ruim pra diabético!!! ele pode descompensar porque mexe com o metabolista de carboidratos. 
Usado em cirurgias também. 
hipertrigliriceridemia
*******COMO OCORRE A REGULAÇÃO 
Controle neuronal do cortisol:
Hipotálamo (glândula superior) libera CRH (hormônio liberador de corticotrofina) estimula a hipófise a liberar o ACTH (hormônio adrenocorticotrófico – tem tropismo pelo córtex adrenal). 
O ACTH estimula o córtex adrenal a produzir cortisol.
O cortisol aumentado vai fazer um feedback negativo tanto sobre a hipófise quanto no hipotálamo na liberação do CRH. 
Isso regula o nível de corticoide que nós temos fisiologicamente.
Quando faz uso do corticóide endovenoso ou via oral eleva o cortisol e faz uma inibição na síntese endógena (para de produzir endogenamente) dos corticóides. Enquanto estiver tomando vai manter constante - o eixo esta inibido e vai exercer todas as ações fisiológicas e farmacológicas (mexe com carboidrato, proteína, lipídeos, ação antiinflamatória, ação antialérgica e ação imunossupressora) – tem efeitos desejados e muitos efeitos indesejados. Depois de um tempo para de tomar, começa a ser metabolizado e vai desinibir o córtex adrenal. Quando desinibe começa a produzir muito. Por isso essa droga deve ser feita com ***ESQUEMA DE RETIRADA / DESMAME. Maior dose = maior o tempo de desmame.
Não pode suprimir de uma vez, pois se fizer isso vai ter um aumento da produção endógena de cortisol e vai ter a manutenção dos efeitos indesejados. A atrofia do córtex é reversível. 
RITMO CIRCADIANO se secreção de cortisol ao longo do dia em indivíduos normais:
Cortisol é um hormônio que fisiologicamente é produzido e o pico máximo de secreção esta por volta de oito horas da manha. Por quê? Somos mamíferos diurnos e depois das 18 horas tende a cair/diminuir e as ações sobre o metabolismo de carboidratos, lipídeos e proteínas estaria relacionada com a ativação da atividade do mamífero diurno. 
*se for pedir cortisol em rato tem que ser depois das 18:00
Secreção nas primeiras horas da manhã = estimula energeticamente o metabolismo. 
1 - MINERALOCORTICÓIDES:
Praticamente não tem atividade glicocorticóide. 
A aldosterona não se mete com cortisol (não tem atividade dele – antiinflamatória, antialérgica, imunossupressora, tem apenas a retenção de sódio), mas o cortisol se mete no trabalho da aldosterona (tem a ação do mineralocorticóide).
O glicocorticoide tem atividade mineralocorticoide, enquanto o mineralocorticoide não tem atividade glicocorticoide. = retenção de líquido é um exemplo dessa ação. 
2 – GLICOCORTICÓIDES = CORTICOSTEROIDES
Principal efeito indesejado do cortisol: EDEMA (retenção de líquido): ocorre pois ele retém liquido devido à atividade mineralocorticóide.
Apresentam graus variados de atividade mineralocorticóde.
Hidrocortisona
Prednisolona (80%<)
Betametasona (isenta de atividade de mineralocorticoide)
FARMACOCINÉTICA
Bem absorvidos por via oral
Transportado por globulina fixadora do cortisol (CBG) ou transcortina É fisiologicamente produzido então tem um próprio sistema transportador
Apenas 5% é transportado pela albumina. Por quê? Se ele é insolúvel, ele tem que se ligar a alguém
6% do cortisol circulante apresenta-se sob a forma livre. Vantagem de ser ligado = não vai ser excretado tão rápido, mas o início da ação é maior. 
Metabolizados nas células dos tecidos-alvo ou inflamados (destruídos), principalmente no fígado e em um curto período de tempo (dentro de 1 ou 2 horas)
Para os derivados sintéticos:
	Variáveis 
	Prednisona 
	Betametasona 
	Pico Plasmático 
	60 - 180 minutos 
	10 - 30 minutos (EV) 
	½ Vida Eliminação 
	9 horas 
	5 horas 
	Ligação Proteica 
	70% 
	64% 
MECANISMO DE AÇÃO FARMACOLÓGICO DOS CORTICÓIDES
Dentro da célula/ do tecido alvo: 
Passa a membrana biológica (passa com facilidade, pois é derivado do colesterol e tem natureza lipofílica) transporte no citoplasma se liga a receptores existentes dentro do núcleo da célula (são receptores intranucleares) transcreve genes levando a uma alteração na síntese proteica. 
O mecanismo de ação é nuclear. 
C= 
costicoesteroide
.
R = receptor Altera a Síntese protéica no músculo diminui (atrofia muscular) e no fígado aumenta. Aumenta síntese de triglicérides = ganha adipócito. 
CORTICÓIDE E RESPOSTA INFLAMATÓRIA
Estabiliza a membrana do lisossomo (impede que o lisossomo se rompa liberando suas enzimas – bloqueia a autólise da célula inflamada)
Inibição da formação das cininas = citocinas = como a bradicinina. 
Bloqueio da via do ácido aracdônico. 
****** 2 AÇÕES: 
 Age bloqueando a cox 2 genomicamente – bloqueia o gene que codifica a síntese da cox 2; 
2 aumenta a síntese da lipocortina 1 – que inibe a fosfolipase a2
Inibem a proliferação de fibroblastos que diminuem a produção do colágeno. Se tomar corticóide a pele fica flácida – pergaminácea. Depende se é bom ou ruim = importante em artrite reumatóide. Interfere em processos de cicatrização = bom pra usar em quelóide. 
Diminui interfeton gama, CSF (fator estimulador de colônias = substância leucogênica = estimula produção de granulócitos e mastócitos leucócitos células brancas) GM (que estimula a medula vermelha a produzir leucócitos), interleucina (IL1 IL2, IL3, IL6) e TNFalfa tem ação imunossupressora. 
Ele interfere na cox 1? 
Não, porque não ocorre 100% do bloqueio de fosfolipase a2.
A fosfolipase a2 que não está bloqueada produz um pouquinho de ácido aracdônico e ele sobra para a cox 1 (se transformando em PgE1 e PgE2) pois a cox 2 está bloqueada. 
Como tem o duplo bloqueio do outro lado, vai para a Cox 1.
O corticoide não age diretamente na síntese da PgE1 e PgE2, ou seja, não traz ação direta sobre o muco protetor gástrico e nem sobre o fluxo sanguíneo renal. (porém aumenta a secreção de gastrina que estimula a secreção do suco gástrico) = NÃO TIRA A PROTEÇÃO MAS AUMENTA A SECREÇÃO = NÃO PREJUDICA TANTO QUANTO TIRAR A PROTEÇÃO, ENTÃO é ok. PROVAAAA
MECANISMO INFLAMATÓRIO E INFLAMATÓRIO ALÉRGICO:
 
AÇÕES SOBRE OS SISTEMAS ORGÂNICOS 
1 – SISTEMA ENDÓCRIO-METABÓLICO:
Efeito hiperglicemiante, devido à redução da utilização da glicose pelas células, levando a intolerância à glicose (resistência periférica a insulina) e à estimulação da gliconeogênese (fígado). 
Impede a entrada da glicose na célula e ainda estimula a gliconeogenase (a síntese de glicose pelo fígado)
Redução do conteúdo proteico celular (exceto a nível

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.