A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
ATIVIDADE COMPLEMENTAR FILME ESCRITORES DA LIBERDADE

Pré-visualização | Página 1 de 1

O filme conta a história de Erin Geuwell, uma professora cheia de sonhos e ideais, que foi contratada pela Instituição de Ensino para lecionar Língua Inglesa e Literatura. Em seu primeiro dia de aula, ela depara-se com um cenário violento e caótico, tendo a missão de dar aulas para uma turma de alunos considerados problemáticos. Mesmo não contando com o apoio da diretora e das demais professoras, elabora projetos que valorizam a fala dos alunos com o objetivo de elevar a autoestima, e fazê-los perceber o mundo de outra maneira.
A partir daí, a professora começa a trabalhar questões como: discriminação, preconceito e tolerância, fornecendo ao alunos elementos reais de comunicação que permitam que eles se libertem de seus medos e inseguranças. Erin enfrentou todas as dificuldades sem desistir, acreditando que podia mudar aquela realidade, e com isso participou de forma ativa do mundo dos alunos, criando vínculo, conquistando a confiança de cada um, e logo a turma passa a ter grande progresso.
Inicialmente, a professora enfrenta problemas com a turma de alunos, na tentativa de reverter aquela realidade, busca novas alternativas, elaborando aulas dinâmicas utilizando música, jogos, a fala dos alunos e a literatura, tendo como objetivo elevar a autoestima e fazê-los perceber o mundo de uma maneira diferente. Através de vários projetos, os alunos melhoraram no processo de ensino aprendizagem,
O filme destaca que um dos caminhos para que a escola avance é criar maiores discussões e diálogos com os jovens, sempre com o objetivo de desenvolver e resgatar os valores, a diversidade e a tolerância, condições fundamentais para viver em sociedade. 
No filme, o professor é tratado como mediador do conhecimento, apesar dos desafios enfrentados por eles, que permitiu a construção de saberes possiblitando a autonomia dos alunos, tornando-os capazes de transformações para mudar sua realidade, 
Outro tema abordado é a violência que ocorre dentro do ambiente escolar, marcado por ataques verbais e físicos, que torna o processo de aprendizagem cada vez mais deficiente. Estas questões podem deixar o educador sem expectavivas e motivação, porém, a professora elaborou estratégias, enfrentou as dificuldades e venceu cada obstáculo.
O filme expressa questões para todo profissional que deseja educar, não apenas na questão de aprendizagem, e sim na questão moral, contribuindo no desenvolvimento do caráter dos alunos. Ser professor é enfrentar diversas dificuldades para alcançar seu objetivo, com muita paciência para mostrar ao alunos o poder do coletivo, e assim perceberem que entre eles, há mais coisas em comum do que poderiam imaginar.
Além de ser um filme extremamente envolvente, ele nos leva a uma reflexão sobre desigualdades nas classes sociais, racismo, intolerância ao que é diferente, exclusão social, entre outros, o filme nos faz pensar sobre a escola como fator de proteção.