Respostas
9 pág.

Respostas


DisciplinaBiologia Celular22.328 materiais744.931 seguidores
Pré-visualização2 páginas
RESPOSTAS - EXERCÍCIOS PROVA FINAL
1- Célula é a menor unidade viva e fundamental, suas propriedades é ter um programa 
genético (informação codificada em genes), apresentar um metabolismo, adquirir e utilizar 
energia, e também atividades mecânicas e responder a estímulos (hormônios).
2- Aparelho/Complexo de Golgi: processador químico e direcionador das vesículas proteicas.
 Retículo Endoplasmático: local da síntese de componentes celulares.
 Lisossomo: digestão de constituintes celulares ou partículas englobadas por fagocitose ou 
pinocitose.
 Cloroplasto: realização da fotossíntese, energia solar convertida em energia química, 
exclusividade de célula vegetal.
 Mitocôndria: produção de energia química para a respiração celular.
3-
4- Os orgânicos são carboidratos, lipídeos, proteínas e ácidos nucleicos. E os inorgânicos: 
água e sais minerais.
5- Porque a molécula tem dois dipolos elétricos sendo o hidrogênio de polo positivo e 
oxigênio de polo negativo. 
6- hidrofílicas e hidrofóbicas.
7- São macromoléculas que quando hidrolisadas, originam compostos na forma de aldeído 
(C=O na extremidade da molécula) ou de cetona (C=O no meio da molécula) e são 
constituídas pelos açúcares simples, os monossacarídeos. Apresentam a principal função de 
fornecer ATP e de ser estoque de energia química, além de ter funções estruturais e de 
reconhecimento celular.
8- Glicose- hexose (6 carbonos) e aldose.
Frutose- hexose (6 carbonos) e cetose.
Galactose- hexose (6 carbonos) e aldose.
9- Reação de ciclização, formando um Glicofurano, com a hidroxila na posição alfa. Esse 
processo acontece em monossacarídeos.
10-Abaixo está representado a união de dois monossacarídeos, unidos por uma ligação 
glicosídica, ocorrendo a liberação de água (desidratação), formando um dissacarídeo.
11-a-Fosfolipídios e esfingolipídios.
 b-Ceras
 c-Esteróides
 d-Triacilglicerol ou triglicerídios.
12-O óleo é constituído de ácidos graxos insaturados, portanto, é liquido 
em temperatura ambiente, já a gordura é constituída de ácidos graxos saturados, sendo sólida 
em temperatura ambiente.
13-a- Fosfolipídio (A) e Esteroide (B).
 b- Anfipáticos, pois possuem tanto grandes cadeias de ácidos graxos (hidrocarbonetos) 
que conferem a porção apolar, quanto grupos OH (hidroxila) que conferem a porção polar.
14- Triacilglicerol ou triglicerídio.
15-Radical Fosfato, Pentose(açúcar), Base nitrogenada (Adenina, Timina,Citosina, Guanina).
16-As duas cadeias de nucleotídeos do DNA são unidas uma à outra por ligações chamadas 
de pontes de hidrogênio, que se formam entre as bases nitrogenadas de cada fita. O 
pareamento de bases ocorre de maneira precisa: uma base púrica se liga a uma pirimídica \u2013 
adenina (A) de uma cadeia pareia com a timina (T) da outra e guanina (G) pareia com 
citosina (C).
17-D
18-RNA -> fita simples, ribose, bases nitrogenadas: C,G,A,U, ácido ribonucleico.
 DNA-> dupla fita (em hélice), desoxirribose, bases nitrogenadas: C,G,A,T, ácido 
desoxirribonucleico.
19-Proteínas são macromoléculas compostas por uma ou mais cadeias polipeptídicas, onde 
cada cadeia é composta por uma sequência específica de aminoácidos.
20-
 
21-A- Nível primário. Sequencia linear de aminoácidos unidos por ligações peptídicas. Os 
resíduos de aminoácidos são unidos por ligações covalentes.
B- Nível secundário. Os resíduos de aminoácidos apresentam arranjos particularmente 
estáveis dando origem a padrões estruturais de hélice. Existem dois tipos de estruturas 
secundárias, folha \u3b2 ou \u3b1- hélice, ambas estabilizadas por ligações de hidrogênio.
C- Nível terciário. Apresenta um arranjo tridimensional e suas estruturas estão muito bem 
enoveladas e compactadas. A estrutura é estabilizada por ligações de hidrogênio, van der 
walls, ligações iônicas, pontes dissulfeto e interações hidrofóbicas.
D- Nível quaternário. Arranjo espacial de duas ou mais cadeias polipeptídicas. Estabilizadas 
por interações hidrofóbicas, wan der walls, ligações de hidrogênio e ligações iônicas.
22-Proteínas responsáveis pelo enovelamento de outras proteínas, a fim de evitar possíveis 
erros.
23- 
24- Celulose- Polímero linear de subunidades de glicose que confere resistência à planta.
 Hemicelulose- Composto por vários monômeros que vão unir as microfibrilas de celulose.
 Pectina- Polissacarídeos complexos que permitem a difusão de algumas moléculas pela 
parede primária por apresentar afinidade com a água (caráter hidrofílico).
 Lignina: Substância presente somente na parede secundária que confere 
impermeabilidade e resistência química, biológica e mecânica por apresentar caráter 
hidrofóbico.
25- Acumular nutrientes, estocar íons e fazer digestão.
26. Amarela; Eritroplastos; Cloroplastos.
27. Microfilamentos de actina; Microtúbulos; Filamentos intermediários; Cílios e Flagelos; 
Microfilamentos de actina; Microfilamentos de actina; Filamentos intermediários; 
Microtúbulos; Microfilamentos de actina; Microfilamentos de actina; Microtúbulos; 
Filamentos intermediários.
28- Proteínas globulares actina G e proteínas filamentosas helicoidais actina F. São mais 
abundantes na periferia da célula (córtex celular).
29- Dineínas e cinesinas. As dineínas levam vesículas para o pólo negativo e as cinesinas 
para o polo positivo. Elas também aumentam a velocidade da polimerização e atuam na 
estabilização dos microtúbulos.
30- Cada centríolo é formado por 27 microtúbulos divididos em 3 feixes de 3 microtúbulos 
paralelos. E cada flagelo ou cílio é formado por 20 microtúbulos, sendo 9 pares periféricos e 
um par central.
 
31- O glicocálice é responsável pelo revestimento, e possível reconhecimento celular. Ele 
recobre externamente à membrana plasmática.
32- O processo de plasmólise é a perda de água e retração do volume celular por meio da 
osmose. Isso acontece quando as células vegetais são colocadas em meio hipertônico, ou seja, 
quando o meio externo é mais concentrado que o meio interno, o citoplasma da célula. 
33- Difusão passiva (ou simples) é um transporte passivo não mediado pela passagem de um 
soluto (como o sódio e o potássio) de um local de maior concentração (meio hipertônico) 
para um local de menor concentração (meio hipotônico), até as concentrações se igualarem e 
os meios ficarem isotônicos. Ocorre sem a intervenção ativa dos constituintes da membrana 
plasmática. E a Difusão facilitada é um transporte passivo mediado, pois é um processo de 
passagem de soluto (ex: Glicose), a favor do gradiente de concentração, de um lado para o 
outro da membrana plasmática, com intervenção ativa dos constituintes da membrana 
plasmática da célula.
34- primário; secundário; ATP; luz; acoplado.
35- As mitocôndrias e os cloroplastos são organelas supostamente derivadas de bactérias 
primitivas que foram englobadas por células eucarióticas estabelecendo assim, uma relação 
de Endossimbiose, (interação biológica mutualmente benéfica) onde a célula oferta proteção 
e nutrientes e o microrganismo favorece maior rendimento e aproveitamento energético 
através do processo de respiração celular. As evidências dessa teoria são:existência de 
material genético próprio- característico de organismos ancestrais pelo DNA circular, 
presença de RNA ribossômico estruturalmente diferenciado com menor teor proteico e menor 
tamanho dos ribossomos em relação aos da célula hospedeira, a existência de duas 
membranas - sendo a interna do microrganismo englobado e a externa do organismo da 
célula hospedeira, e também a divisão celular independente dessas organelas, característica 
de microrganismos.
36- Glicólise: ocorre no citoplasma celular
 Ciclo d Ácido Cítrico (ou de Krebs): ocorre na matriz mitocondrial