A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
81 pág.
Logística - Textos II

Pré-visualização | Página 42 de 43

é	
   importante	
   para	
   a	
   estratégia:	
   Quando	
   a	
   gerência	
   reconhece	
   que	
   a	
   logística	
  
afeta	
  uma	
  parte	
  significativa	
  dos	
  custos	
  da	
  empresa	
  e	
  que	
  o	
  resultado	
  das	
  decisões	
  tomadas	
  
sobre	
  a	
  cadeia	
  de	
  suprimentos	
   leva	
  a	
  diferentes	
  níveis	
  de	
  serviços	
  ao	
  cliente,	
  ela	
  está	
  em	
  
condições	
  de	
  usá-­‐la	
  de	
  maneira	
  eficaz	
  para	
  penetrar	
  em	
  novos	
  mercados,	
  para	
  ampliar	
  a	
  sua	
  
participação	
  no	
  mercado	
  e	
  elevar	
  os	
  lucros.	
  
As	
   empresas	
   também	
   vêm	
   aplicando	
   o	
   conceito	
   de	
   resposta	
   rápida	
   às	
   suas	
   operações	
  
internas,	
   de	
   forma	
   a	
   atender	
   às	
   exigências	
   de	
   serviço	
   de	
   seus	
   próprios	
   esforços	
   de	
  
marketing.	
  
	
  
Empresa	
   de	
   serviços:	
   mesmo	
   essas	
   empresas,	
   que	
   distribuem	
   um	
   produto	
   intangível,	
  
envolvem-­‐se	
   em	
   muitas	
   decisões	
   e	
   atividades	
   de	
   distribuição	
   física.	
   A	
   chave	
   para	
   o	
  
gerenciamento	
   pode	
   estar	
   na	
   transformação	
   de	
   um	
   serviço	
   intangível	
   em	
   um	
   produto	
  
tangível.	
   Porém,	
   os	
   problemas	
   permanecerão	
   carecendo	
   de	
   uma	
   cuidadosa	
   identificação	
  
dos	
   custos	
   associados	
   com	
   a	
   distribuição	
   de	
   um	
   produto	
   intangível.	
   O	
   gerenciamento	
   da	
  
logística	
   em	
   setores	
   de	
   serviços	
   representa	
   uma	
   nova	
   direção	
   para	
   o	
   desenvolvimento	
  
futuro	
  das	
  práticas	
  logísticas.	
  
	
  
Meio	
  Ambiente:	
  em	
  muitos	
  casos,	
  o	
  planejamento	
  da	
  logística,	
  em	
  termos	
  de	
  ambiente,	
  não	
  
é	
   diferente	
   daquele	
   em	
   setores	
   de	
   produção	
   ou	
   serviço.	
   No	
   entanto,	
   em	
   alguns	
   casos,	
  
surgem	
   complicações	
   adicionais,	
   tais	
   como	
   regulamentações	
   governamentais,	
   que	
   faz	
   a	
  
logística	
  para	
  produto	
  ser	
  mais	
  onerosa	
  pela	
  extensão	
  dos	
  canais	
  de	
  distribuição.	
  
	
  
Logística	
  na	
  Empresa:	
  A	
  preocupação	
  do	
  marketing	
  é	
  colocar	
  seus	
  produtos	
  ou	
  serviços	
  em	
  
canais	
  de	
  distribuição	
  convenientes	
  de	
  forma	
  a	
  facilitar	
  o	
  processo	
  de	
  troca.	
  Por	
  outro	
  lado,	
  
o	
  conceito	
  de	
  gestão	
  de	
  produção/operações	
  frequentemente	
  inclui	
  atividades	
  logísticas.	
  
A	
   diferença	
   nos	
   objetivos	
   operacionais	
   (maximizar	
   receitas	
   versus	
  minimizar	
   custos)	
   para	
  
essas	
   duas	
   áreas	
   de	
   gestão	
   pode	
   levar	
   à	
   fragmentação	
   do	
   interesse	
   nas,	
   e	
   da	
  
responsabilidade	
   pelas,	
   atividades	
   logísticas,	
   bem	
   como	
   à	
   falta	
   de	
   coordenação	
   entre	
  
atividades	
  logística	
  como	
  um	
  todo.	
  Isso,	
  por	
  sua	
  vez,	
  pode	
  levar	
  a	
  baixos	
  níveis	
  de	
  serviços	
  
ao	
  cliente	
  e	
  a	
  custos	
  logísticos	
  totais	
  mais	
  altos	
  do	
  que	
  necessários.	
  
O	
   marketing	
   e	
   a	
   produção/operações,	
   quando	
   amplamente	
   concebidos	
   e	
   coordenados,	
  
podem	
  realizar	
  um	
  trabalho	
  eficaz	
  de	
  gerenciamento	
  das	
  atividades	
  logísticas	
  sem	
  criar	
  uma	
  
entidade	
   organizacional	
   adicional.	
   Entretanto,	
   uma	
   área	
   funcional	
   separada	
   pode	
   ser	
   a	
  
maneira	
  mais	
  eficaz	
  de	
  alcançar	
  a	
  coordenação	
  deseja.	
  
	
  
Objetivos	
   da	
   Logística	
   Empresarial:	
   dentro	
  dos	
   objetivos	
  mais	
   abrangentes	
   da	
   empresa,	
   o	
  
profissional	
  de	
  logística	
  empresarial	
  busca	
  desenvolver	
  um	
  conjunto	
  de	
  atividades	
  logísticas	
  
que	
  resultará	
  no	
  maior	
  retorno	
  possível	
  sobre	
  o	
  investimento	
  ao	
  longo	
  do	
  tempo.	
  Há	
  duas	
  
dimensões:	
   o	
   impacto	
   do	
   projeto	
   do	
   sistema	
   logístico	
   na	
   contribuição	
   para	
   a	
   receita	
   e	
   o	
  
custo	
  do	
  sistema	
  logístico	
  proposto.	
  
Os	
  custos	
  logísticos	
  são	
  divididos	
  em	
  duas	
  formas:	
  custos	
  operacionais,	
  aqueles	
  recorrentes	
  
periodicamente	
  ou	
  aqueles	
  que	
  variam	
  diretamente	
   com	
  a	
  variação	
  do	
  nível	
  de	
  atividade	
  
(Ex.:	
  salários,	
  estocagem);	
  e	
  os	
  custos	
  de	
  capital,	
  as	
  despesas	
  que	
  ocorrem	
  uma	
  vez,	
  que	
  não	
  
mudam	
   com	
   as	
   variações	
   normais	
   nos	
   níveis	
   de	
   atividades	
   (Ex.:	
   investimento	
   em	
   frota	
  
própria).	
  
Objetivo	
   financeiro	
   da	
   logística:	
  maximizar	
   ao	
   longo	
   do	
   tempo	
   a	
   relação	
   da	
   receita	
   anual	
  
(devido	
  ao	
  nível	
  de	
  serviços	
  prestados	
  ao	
  cliente)	
  menos	
  os	
  custos	
  operacionais	
  do	
  sistema	
  
logístico	
  sobre	
  o	
  investimento	
  anualizado	
  no	
  sistema	
  logístico.	
  
	
  
Estudo	
   da	
   Logística:	
   o	
   trabalho	
   da	
   gestão	
   pode	
   ser	
  
observado	
   ao	
   realizar	
   as	
   tarefas	
   de	
   planejamento,	
  
organização	
  e	
  controle	
  para	
  atingir	
  os	
  objetivos	
  da	
  empresa.	
  
O	
   planejamento	
   refere-­‐se	
   à	
   decisão	
   dos	
   objetivos	
   da	
  
empresa,	
   a	
   organização	
   refere-­‐se	
   à	
   coleta	
   e	
   ao	
  
posicionamento	
  dos	
  recursos	
  da	
  empresa	
  para	
  realizar	
  seus	
  
objetivos	
   e	
   o	
   controle	
   refere-­‐se	
   à	
   mensuração	
   do	
  
desempenho	
   da	
   empresa	
   e	
   a	
   tomada	
   de	
   ações	
   corretivas	
  
quando	
  o	
  desempenho	
  não	
  estiver	
  alinhado	
  aos	
  objetivos.	
  
	
  
	
  
	
  
Cap.	
  Estratégia	
  Logística	
  e	
  Planejamento	
  	
  O	
   plano	
   corporativo	
   é	
   dividido	
   em	
   subplanos	
   para	
   as	
   áreas	
   funcionais,	
   tais	
   como	
  marketing,	
   produção	
   e	
   logística.	
   Esses	
   subplanos	
   exigem	
   que	
   muitas	
   decisões	
  específicas	
  sejam	
  tomadas,	
  Em	
  relação	
  a	
  logística,	
  essas	
  decisões	
  incluem,	
  entre	
  outras,	
  localização	
  de	
  armazéns,	
  estabelecimento	
  de	
  políticas	
  de	
  estoque,	
  projeto	
  do	
  sistema	
  de	
  entrada	
  de	
  pedido	
  e	
  seleção	
  dos	
  modais	
  de	
  transporte.	
  Muitas	
  delas	
  podem	
  ser	
  apoiadas	
  pela	
   aplicação	
   de	
   vários	
   conceitos	
   logísticos	
   e	
   por	
   técnicas	
   de	
   tomada	
   de	
   decisão	
  disponíveis	
  aos	
  profissionais	
  de	
  logística.	
  	
  Estratégia	
  corporativa:	
  a	
  criação	
  de	
  estratégia	
  corporativa	
  começa	
  com	
  uma	
  expressão	
  clara	
   dos	
   objetivos	
   da	
   empresa.	
   Se	
   a	
   empresa	
   busca	
   lucro,	
   sobrevivência,	
   aspectos	
  sociais,	
   retorno	
  sobre	
   investimento,	
  participação	
  no	
  mercado	
  etc,	
   isso