A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
27 pág.
Mapeamento de dobras

Pré-visualização | Página 1 de 1

Mapeamento de dobras
Mapeamento de dobras
1. Mapeamento: Variação de escala
Mapeamento de dobras
1. Variação de escala no mapeamento
Micro-escala
Microscópio 
óptico
Mapeamento de dobras
2. Critério de Mapeamento: Repetição e variação no mergulho de camadas
Mapeamento de dobras
Mapeamento de dobras
2. Critério de Mapeamento: Repetição e variação no mergulho de camadas, 
zona periclinal.
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
Classificação das dobras
Simetria
Geometria 
da charneira
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
Classificação das dobras
Ângulo interlimbo
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
Classificação das dobras
Relação caimento charneira X mergulho plano axial
30
60
3060 10
Mergulho do
plano axial
Caimento 
Da linha de 
Charneira
8090
0
10
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
Classificação das dobras
Isógonas
Associadas a falhas
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
Classificação das dobras
Padrões diversos
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
Classificação das dobras
Dobra em bainha - Sheath fold
Dobra de arrasto (drag fold)
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
i) Determinação dos parâmetros geométricos das dobras: 
Charneira, plano axial 
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
i) Determinação dos parâmetros geométricos das dobras: 
Charneira, plano axial 
Foliação plano axial: Foliação paralela ao plano axial das dobras. 
Nem sempre é formada!!!
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
iii) Desenvolvimento de Foliação/Superfície plano axial
O mergulho do plano axial é contrário à vergência geral do movimento
Mapeamento de dobras
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
iv) Determinação da relação entre foliação plano axial e
superficie dobrada 
Ângulo de 90º entre a foliação plano axial e a superfície dobrada = zona de charneira
Ângulo < 90º entre a foliação plano axial e a superfície dobrada = Flanco
Mapeamento de dobras
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
v) Determinação da relação entre foliação plano axial e superficie dobrada 
Auxílio na Definição da estratigrafia e de 
fechamentos sinformais/antiformais em sequências sedimentares
Caso 1 - Dobras desenvolvidas sobre S0 com Flancos mergulhando para 
quadrantes opostos
S0
S0S1 S1
Mergulho de S1 > Mergulho de So –Estratigrafia normal em ambos os casos 
A seta indica
o topo
estratigráfico
Topo
Base
Topo
Base
Mapeamento de dobras
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
v) Determinação da relação entre foliação plano axial e superficie dobrada 
Auxílio na Definição da estratigrafia e de 
fechamentos sinformais/antiformais em sequências sedimentares
Caso 2 - Dobras desenvolvidas sobre S0 com Flancos mergulhando para o 
mesmo quadrante
Mergulho de S1 > Mergulho de So –Flanco com estratigrafia normal. 
Mergulho de S1 < Mergulho de So –Flanco com estratigrafia invertida
Topo
Base
Topo
Flanco com
Estratigrafia
normal 
Flanco com
Estratigrafia
Invertida 
S0
S1
Mapeamento de dobras
3. Elementos importantes 
para o mapeamento: 
v) Determinação da 
relação entre foliação 
plano axial e
superfície dobrada –
O critério estratigráfico só
pode ser usado para os 
casos A, B e C. Para o caso 
D, em que há
redobramento, esse critério 
para determinar topo e base 
não funciona.
Mapeamento de dobras
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
v) Determinação da relação entre foliação plano axial e superficie dobrada 
Auxílio na Definição da estratigrafia e de 
fechamentos sinformais/antiformais em sequências sedimentares
Caso 3 - Dobras desenvolvidas sobre Sn com Flancos mergulhando para o 
mesmo quadrante
Mergulho de Sn+1 > Mergulho de Sn –Flanco normal. 
Mergulho de Sn+1 < Mergulho de Sn –Flanco revirado 
Flanco com
Estratigrafia
normal 
Flanco com
Estratigrafia
Invertida 
Nesse caso, não 
pode-se falar de estratigrafia
Sn
Sn+1
Mapeamento de dobras
3. Elementos importantes para o mapeamento: 
v) Levantamento de dobras parasíticas auxiliando na definição de 
Fechamentos antiformais e sinformais
Mapeamento de dobras
Critério para identificação de anticlinais e sinclinais com charneira
inclinada em seqüências sedimentares:
Relação entre a zona periclinal ou fechamento 
ou nariz da dobra e o seu eixo
Mapeamento de dobras
Deformação coaxial X não coaxial em dobras
(Sentido no “sentido” da compressão)
D1
D2
D3
D4D5
D6
D7
D1, D2, D3
D4, D5
D6, D7
Mapeamento de dobrasEm afloramento →Atividades: 
i) classificar o estilo e assimetrias (S, Z, M) (em plano de perfil, segundo 
o caimento da charneira). 
ii) medir e registrar linhas de charneiras, superfícies axiais. 
Quando não temos a charneira exposta, alguns macetes podem ser 
usados para definí-la
- atitude dos limbos e plotar na rede estereográfica. A intersecção 
dos planos é a charneira calculada (calcular β)
- atitude da interseção entre superfície mais antiga e mais jovens (b). 
- SOMENTE para o caso de dobras geradas por deslizamento flexural, 
pode-se ESTIMAR a posição da charneira através da linha de estiramento 
que marca o deslizamento flexural. 
iii) Determinar a atitude da clivagem ou foliação plano axial, quando 
presente. 
iv) Determinar a vergência da dobras- sentido contrário ao mergulho do 
plano axial .
Mapeamento de dobrasEm escala regional
→ Definir a dobra através da descrição de diversos afloramentos, de 
modo que a dobra possa ser delineada por forma da linha do 
acamamento (ou foliação) e distribuição das unidades litológicas. 
→ Determinação da região de charneira (mesmo para afloramento): Na 
charneira, ângulo entre camada e clivagem = 90º . No limbo, ângulo 
agudo. 
→ Elaborar mapa com relação entre as foliações (dobrada e plano axial). 
→ Medir dados suficientes para análise estatística: determinação (i) do 
eixo (intersão entre superfícies dobradas no diagrama de Smith), (ii) do 
plano de perfil, (iii) da cilindricidade, (iv) ângulo interlimbo, (v) 
assimetrias/simetrias a partir da distribuição dos planos no diagrama 
estereográfico. 
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras
	Mapeamento de dobras