A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
Planejamento Cirúrgico de  TODOS OS DENTES

Pré-visualização | Página 1 de 3

Planejamento Cirúrgico PARA PRÉ-MOLARES INFERIORES (34, 35, 44,45).
- ANTISSEPSIA INTRA-BUCAL:
Bochecho com clorexidina 0,12% por 1 min.
- ANTISSEPSIA EXTRA-BUCAL:
Clorexidina 2% ou PVPI 10%.
- ANESTÉSIA TÓPICA:
Benzotop.
- ANESTÉSICO LOCAL E CÁLCULO.
Lidocaína 2% e com vasoconstritor.
- ANESTESIA.
Bloqueio do nervo alveolar inferior, lingual e mentoniano.
 Bloqueio do NAI e lingual: Agulha longo calibre 25; Preparar tecido com antisséptico e anestésico tópico; Colocar o dedo no trígono onde evidência o ponto de punção: depressão entre a linha obliqua externa e a rafe pterigomandibular em uma altura superior-inferior a 1cm acima do plano oclusal; Apoio na região de pré-molares do lado oposto; Introduzir a agulha até que atinja tecido ósseo injetando o anestésico lentamente e recuar 1mm e depositar 1,6ml; Recuar mais 1 a 3mm e depositar o restante para anestesia o nervo lingual (0,2ml). Deve ter duração de 60s no mínimo.
 Bloqueio do nervo mentoniano: Agulha penetra em ângulo de 45° em relação ao corpo da mandíbula; Penetra na região de sulco, compatível a raiz mesial do 1° molar inferior; A agulha penetra de cima para baixo e de trás para frente; Depositar 0,6ml em 20s.
- DIÉRESE:
Incisão intra-sucular(papilar) ao redor do dente.
Sindesmotomia: descolamento do tecido gengival ao redor do dente, com sindesmótomos ou descoladores de Molt ou freer. 
Luxação do dente com extratores com movimentos de alavanca e cunha.
Luxação do dente com fórceps nº, com movimentos de lateralidade, rotação, intrusão e tração para retirada do elemento em si.
- TOALETE DA CAVIDADE:
Inspeção e curetagem do alvéolo somente se necessário com cureta de Lucas e regularização de espículas ósseas com lima para osso ou pinça goiva; Remoção do tecido mole em excesso.
- HEMOSTASIA:
Irrigação com soro fisiológico 0,9% estéril. 
Controle do sangramento com gaze ou pinças hemostáticas na extremidade do vaso.
- SUTURA:
 Sutura com fio de seda 3-0/4-0 em forma de X.
RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS 1. Dormir com a cabeceira elevada 30o (colocar travesseiros sob a cabeça); 2. Alimentação líquida ou pastosa gelada ou fria por, no mínimo 48 horas; 3. Realizar compressas com gelo próximo ao local da cirurgia (lado externo), principalmente nas primeiras 24 horas; 4. Evitar esforço físico; 5. Evitar se expor ao sol; 6. Evitar tossir, cuspir, espirrar e tomar líquidos com canudo; 7. Evitar a utilização de cigarros e bebidas alcoólicas; 8. Realizar higiene bucal normalmente, evitando as áreas da cirurgia; 9. Iniciar o uso do enxaguante bucal somente após as primeiras 24 horas do procedimento cirúrgico; 10.Tomar as medicações conforme a prescrição medicamentosa; 11.Em caso de dor, sangramento exagerado, dificuldade de abrir a boca, febre alta ou inchaço por mais de três dias, entrar imediatamente em contato. 12.Orientações adicionais: ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ 13. Retorno dia: ________/_______/_______
- PRESCRIÇÃO MEDICAMENTOSA:
PARACETAMOL 750 mg _________ 08 Comprimidos
- Tomar 01 comprimido de 06/06h durante 24h. Em caso de dor ou febre prolongar por mais 24h,
Nimesulide 100 mg ______ 06 comprimidos
- Tomar 01comprimido de 12/12h durante 03 dias.
AMOXICILINA 500 mg ____ 21 cápsulas
- Tomar 01 cápsula de 08/08h durante 05 dias.
Digluconato de Clorexidina 0,12% ------------------------------------------ 01 frasco Reter 15 mL da solução 1 minuto, 2 vezes ao dia, durante 07 dias. Observação: Iniciar somente após 24 horas do procedimento cirúrgico, e não bochechar.
Planejamento Cirúrgico PARA PRÉ-MOLARES SUPERIORES (14, 15, 24,25).
- ANTISSEPSIA INTRA-BUCAL:
Bochecho com clorexidina 0,12% por 1 min.
- ANTISSEPSIA EXTRA-BUCAL:
Clorexidina 2% ou PVPI 10%.
- ANESTÉSIA TÓPICA:
Benzotop.
- ANESTÉSICO LOCAL E CÁLCULO.
Lidocaína 2% e com vasoconstritor.
- ANESTESIA.
Bloqueio do nervo alveolar superior médio e bloqueio do nervo palatino maior.
 Bloqueio do nervo alveolar superior médio: Agulha curta (calibre 25); Afastar o lábio para tensionar o tecido; bisel voltado para o osso; Introduzir a agulha na altura do 2° pré-molar; Aspirar e injeta lentamente e depositar 0,6ml da solução anestésica por 30 a 45s.
 Bloqueio do nervo palatino maior: agulha curta (calibre 25); Tecido mole ligeiramente anterior ao forame palatino maior de 1 a 2mm; Bisel voltado para osso; Decúbito dorsal e pescoço distendido; Depositar 0,4ml por no mínimo 30s. 90°
- DIÉRESE:
Incisão intra-sucular(papilar) ao redor do dente e no rebordo alveolar.
Sindesmotomia: descolamento do tecido gengival ao redor do dente, com sindesmótomos ou descoladores de Molt ou freer. 
Luxação do dente com extratores com movimentos de alavanca.
Luxação do dente com fórceps nº150 se a coroa estiver integra ou fórceps nº para coroa destruída com movimentos de lateralidade e tração para remoção do dente em si.
 - TOALETE DA CAVIDADE:
Inspeção e curetagem do alvéolo somente se necessário com cureta de Lucas e regularização de espículas ósseas com lima para osso ou pinça goiva; Remoção do tecido mole em excesso.
- HEMOSTASIA:
Irrigação com soro fisiológico 0,9% estéril. 
Controle do sangramento com gaze ou pinças hemostáticas na extremidade do vaso.
- SUTURA:
 Sutura com fio de seda 3-0/4-0 em forma de X.
Sutura do rebordo alveolar em ponto contínuo simples ou ponto festonado.
RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS 1. Dormir com a cabeceira elevada 30o (colocar travesseiros sob a cabeça); 2. Alimentação líquida ou pastosa gelada ou fria por, no mínimo 48 horas; 3. Realizar compressas com gelo próximo ao local da cirurgia (lado externo), principalmente nas primeiras 24 horas; 4. Evitar esforço físico; 5. Evitar se expor ao sol; 6. Evitar tossir, cuspir, espirrar e tomar líquidos com canudo; 7. Evitar a utilização de cigarros e bebidas alcoólicas; 8. Realizar higiene bucal normalmente, evitando as áreas da cirurgia; 9. Iniciar o uso do enxaguante bucal somente após as primeiras 24 horas do procedimento cirúrgico; 10.Tomar as medicações conforme a prescrição medicamentosa; 11.Em caso de dor, sangramento exagerado, dificuldade de abrir a boca, febre alta ou inchaço por mais de três dias, entrar imediatamente em contato. 12.Orientações adicionais: ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ 13. Retorno dia: ________/_______/_______
- PRESCRIÇÃO MEDICAMENTOSA:
Digluconato de Clorexidina 0,12% ------------------------------------------ 01 frasco Reter 15 mL da solução 1 minuto, 2 vezes ao dia, durante 07 dias. Observação: Iniciar somente após 24 horas do procedimento cirúrgico, e não bochechar.
PARACETAMOL 750 mg _________ 08 Comprimidos
- Tomar 01 comprimido de 06/06h durante 24h. Em caso de dor ou febre prolongar por mais 24h,
Nimesulide 100 mg ______ 06 comprimidos
- Tomar 01comprimido de 12/12h durante 03 dias.
AMOXICILINA 500 mg ____ 21 cápsulas
- Tomar 01 cápsula de 08/08h durante 05 dias.
Planejamento Cirúrgico PARA MOLARES SUPERIORES (16,26,17,27).
- ANTISSEPSIA INTRA-BUCAL:
Bochecho com clorexidina 0,12% por 1 min.
- ANTISSEPSIA EXTRA-BUCAL:
Clorexidina 2% ou PVPI 10%.
- ANESTÉSIA TÓPICA:
Benzotop.
- ANESTÉSICO LOCAL E CÁLCULO.
Lidocaína 2% e com vasoconstritor.
- ANESTESIA.
Bloqueio do nervo alveolar superior posterior e médio e nervo palatino maior.
Bloqueio do nervo alveolar superior posterior: Preparar tecido com antisséptico e anestésico tópico; agulha curta ou longa (calibre 25 ou 27); Localizar o processo zigomático da maxila; Prega mucobucal do 2° molar; Orientar o bisel para o osso; Afastar o lábio para tensionar o tecido; Introduzir a agulha na altura do 2° molar, 20mm, 0,9ml do tubete de 30 a 60s, 45°.
 Bloqueio do nervo alveolar superior médio: Agulha curta (calibre 25); Afastar o lábio para tensionar o tecido; bisel voltado para o osso; Introduzir a agulha na altura do 2° pré-molar; Aspirar e injeta lentamente e depositar