Buscar

Aula 9

Esta é uma pré-visualização de arquivo. Entre para ver o arquivo original

No romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, o narrador coloca tudo e todos no plano do riso. Como podemos definir esse riso?
	
	
	
	
	
	      Trata-se de um riso festivo, pois está direcionado, apenas, ao povo das ruas do Rio de Janeiro do século XIX.
 
	
	
	    Trata-se de um riso corrosivo, porque relativiza o papel do narrador.
	
	
	          Trata-se de um riso corrosivo, porque desconstrói a imagem do narrador Brás Cubas.
	
	 
	Trata-se de um riso corrosivo, pois promove a demolição dos valores da sociedade carioca do século XIX.
	
	
	   Trata-se de um riso festivo, que proporciona a alegria do leitor.
	 Gabarito Comentado
	
	
		2.
		"Memórias póstumas de Brás Cubas", além de ser a obra inaugural do Realismo no Brasil, é uma narrativa surpreendente a partir da sua própria estrutura. Leia as afirmações que seguem e assinale a alternativa verdadeira.
I - Machado de Assis, tanto na seção "Ao leitor" quanto na célebre "Dedicatória": "Ao verme que primeiro roeu as frias carnes do meu cadáver dedico como saudosa lembrança estas memórias póstumas", inovou ao expandir a ficção para espaços que, convencionalmente, não são ficcionais.
II - o conjunto dos acontecimentos narrados é tramado em ordem cronológica por um narrador que não participa dos fatos narrados. Está ali só para contá-los: "Virgília fez aquilo um brinco; designou as alfaias mais idôneas, e dispô-las com a intuição estética da mulher elegante [...]" (Capítulo LXX/ Dona Plácida)
III - a técnica dos capítulos curtos, ao todo 160, imprime um ritmo dinâmico e descontínuo à narrativa, além de pontuar as constantes digressões do narrador. Já os títulos, que cada capítulo recebe, revelam frequentemente o humor e a ironia do narrador, presentes, por exemplo, em: Capítulo XXXV/ No caminho de damasco, Capítulo XLII/ Que escapou a Aristóteles e Capítulo LV/ O velho diálogo de Adão e Eva.
	
	
	
	
	 
	Todas estão corretas.
	
	
	Apenas I está correta.
	
	
	Apenas I e II estão corretas.
	
	 
	Apenas I e III estão corretas.
	
	
	Apenas II e III estão corretas.
	
	
	
		3.
		Leia o texto a seguir:
Acocorada junto às pedras que serviam de trempe, a saia de ramagens entalada entre as coxas, sinha Vitória soprava o fogo. Uma nuvem de cinza voou dos tições e cobriu-lhe a cara, a fumaça inundou-lhe os olhos, o rosário de contas brancas e azuis desprendeu-se do cabeção e bateu na panela. Sinha Vitória limpou as lágrimas com as costas das mãos, encarquilhou as pálpebras, meteu o rosário no seio e continuou a soprar com vontade, 
http://www.mensagenscomamor.com/seriados-filmes-e-novelas/frases_de_vidas_secas.htm
Que traço do romance predomina no texto apresentado?
	
	
	
	
	
	   A personagem revela suas emoções e sua fé por carregar um rosário.
 
	
	 
	A personagem revela sua condição social.
	
	 
	A personagem, mergulhada em sua individualidade, expõe sua fragilidade através das lágrimas.
	
	
	 A personagem revela sua individualidade por estar sozinha junto às pedras.
	
	
	  A personagem demonstra perseverança ao continuar a soprar.
   
	 Gabarito Comentado
	
	
		4.
		Eram cinco horas da manhã e o cortiço acordava, abrindo, não os olhos, mas a sua infinidade de portas e janelas alinhadas. Um acordar alegre e farto de quem dormiu de uma assentada sete horas de chumbo.
https://literaturaemcontagotas.wordpress.com/tag/trechos-de-o-cortico/
 
O texto apresentado é um fragmento do romance O Cortiço, de Aloisio Azevedo. De acordo com o que foi estudado nas aulas, o que significa a imagem do cortiço no processo de construção dos gêneros literários?
 
	
	
	
	
	 
	A imagem do cortiço revela que o romance abre espaço na literatura para a representação de diversos segmentos sociais.
 
	
	
	 O cortiço revela, na literatura, a miscigenação
	
	
	 O cortiço expõe a dura condição de vida do trabalhador.
	
	
	O cortiço representa, no romance, a defesa do autor por um único segmento social.
	
	
	O cortiço representa as classes minoritárias.
	 Gabarito Comentado
	
	
		5.
		A leitura de qualquer romance requer que seja dada uma atenção especial ao discurso do narrador. Sendo assim, por que podemos afirmar que Brás Cubas, narrador do romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, ocupa uma posição privilegiada?
 
	
	
	
	
	
	Porque, enquanto defunto-autor, não tem a dimensão de todos os fatos.
	
	
	Porque, enquanto autor-defunto, tudo sabe e tudo vê.
	
	 
	 Porque ele, enquanto defunto-autor, pode falar sobre a sociedade de seu tempo sem ter preocupação com a opinião pública.
	
	
	  Porque, ao narrar do além-túmulo, não visualiza com nitidez as questões sociais de seu tempo.
  
	
	 
	Porque, enquanto autor-defunto, pode falar sobre aspectos que marcam a elite carioca de seu tempo.
	 Gabarito Comentado
	
	
		6.
		Leia o texto:
A obra em si mesma é tudo: se te agradar, fino leitor, pago-me da tarefa; se te não agradar, pago-te com um piparote, e adeus.
http://www.biblio.com.br/defaultz.asp?link=http://www.biblio.com.br/conteudo/MachadodeAssis/brascubas.htm
A partir da leitura do fragmento apresentado, que conclusão podemos tirar da relação autor  texto - leitor?
	
	
	
	
	 
	  O autor, através da voz do narrador, relativiza a importância do leitor.
 
	
	
	O autor, através da voz do narrador, é gentil com o leitor.
  
	
	
	O autor, através da voz do narrador, quer ganhar o leitor.
	
	
	 O autor e o leitor estão acima da obra publicada.
	
	
	O autor, através da voz do narrador, revela parceria com o leitor.
  
	 Gabarito Comentado
	 Gabarito Comentado
	
	
		7.
		Mas eu ainda espero angariar as simpatias da opinião, e o primeiro remédio é fugir a um prólogo explícito e longo. (...)A obra em si mesma é tudo: se te agradar, fino leitor, pago-me da tarefa; se te não agradar, pago-te com um piparote, e adeus.
Brás Cubas
 
Leia o fragmento do prólogo do romance Memórias Póstumas de Brás Cubas e observe que o defunto-autor deseja ganhar a simpatia do público, mas, ao mesmo tempo, paga o fino leitor com um piparote. Através dessas afirmações opostas, podemos dizer que o narrador criado por Machado de Assis é volúvel?
	
	
	
	
	 
	    Não. Brás Cubas, enquanto narrador, sabe o que quer: ele ri de tudo e de todos. Inclusive, do leitor.
	
	
	    
   Sim. Trata-se de um narrador que engana o leitor.
	
	
	    Sim. Trata-se de um narrador que muda de opinião.
	
	 
	   Não. Trata-se de um narrador que deixa claro o objetivo de conquistar o leitor.
	
	
	    Não. Trata-se de um narrador que deseja ser pago por realizar uma boa tarefa.
	 Gabarito Comentado
	
	
		8.
		 (...)
O meu fim evidente era atar as duas pontas da vida, e restaurar na velhice a adolescência. Pois, senhor, não consegui recompor o que foi nem o que fui. Em tudo, se o rosto é igual, a fisionomia é diferente. Se só me faltassem os outros, vá um homem consola-se mais ou menos das pessoas que perde; mais falto eu mesmo, e esta lacuna é tudo. O que aqui está é, mal comparando, semelhante à pintura que se põe na barba e nos cabelos, e que apenas conserva o hábito externo, como se diz nas autópsias; o interno não agüenta tinta. 
(...)
http://fragmentosliterariospauloavila.blogspot.com.br/2011/11/fragmentos-da-obra-prima-de-machado-de.html
O texto apresentado é um fragmento do romance Dom. Casmurro, de Machado de Assis. Sabemos que, para fazer a leitura de um romance, devemos estar atentos ao papel assumido pelo narrador. Sendo assim, como podemos analisar o fragmento destacado?
	
	
	
	
	 
	  Trata-se de uma narrativa de memória. O narrador tenta, na velhice, recuperar fatos da juventude, mas
isto é impossível porque o tempo desgasta fatos vividos e transforma o homem.
	
	 
	    Trata-se de uma narrativa de memória. Na condição de Dom. Casmurro, o narrador-personagem consegue compreender, com mais facilidade, quem ele foi na juventude.
	
	
	    Trata-se de uma narrativa de memória. O narrador-personagem relembra, com facilidade, os fatos da juventude.
	
	
	   Como narrador-personagem, reconstrói, interiormente na idade madura, o homem que existiu na adolescência.
	
	
	    Como se trata de um narrador-personagem, ele sabe todos os fatos. Dessa forma, recupera com facilidade os fatos da juventude.

Teste o Premium para desbloquear

Aproveite todos os benefícios por 3 dias sem pagar! 😉
Já tem cadastro?