A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
81 pág.
ED THAU III 5º SEMESTRE UNIP TODOS OS MÓDULOS

Pré-visualização | Página 5 de 14

pelo
autor.
Exercício 1:
Sevcenko (2001) pontua as circunstâncias que permeiam a ascensão da criação individualizada a partir do século
XV:
I – Brunelleschi foi o primeiro a romper ruidosamente com as corporações de ofício.
II – Livre das guildas, preservando sua autonomia ante os mecenas, confirmados na sua individualidade, os artistas
se esforçam para conseguir melhor posição social.
III – Filarete passa a exigir que todos os artistas assinem seus quadros, que assim se tornam expressão da
individualidade de seu criador, mas também um valor de marcado.
IV – Os pintores pela primeira vez ousam pintar-se a sim mesmos, privilégio antes só reservado aos santos, aos
nobres e aos grandes da burguesia.
V – Como mercadoria, a obra de arte assume uma nova condição, a personalização e paradoxalmente a
despersonalização. Para que se produza tão rápido é preciso que se racionalize o processo de produção, assim
aprendizes e artistas numa nova forma de divisão de trabalho participam da composição de uma mesma obra de
que o artista pouco mais faz do que o esboço geral e a assinatura final. 
A - Todas as afirmativas são verdadeiras. 
B - Todas as afirmativas são falsas. 
C - Apenas a afirmativas III, IV e V são verdadeiras. 
D - A afirmativa II é falsa. 
E - Apenas a afirmativa V é verdadeira. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
Exercício 2:
Argan (1999, p.55) vale-se de Mumford para afirmar que as cidades européias
foram em larga escala transformadas no Renascimento, porém poucas podem ser
chamadas de “renascentistas”. Contudo, existiram exceções. Qual cidade abaixo foi
planejada e construída nesse período, além de expressar em seu projeto e em sua
forma o espírito dos tratadistas do Renascimento?
A - Palmanova 
B - Canberra 
C - Washington 
D - Roma 
E - Siena 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
Exercício 3:
Sobre a nascente ciência urbanística do Renovatio é possível afirmar que:
A - Apesar de uma produção, intelectual e projetual, profícua poucas foram as
cidades efetivamente construídas no período Renascentistas. 
B - Cidade ideal é sempre a invenção de um senhor absoluto, de um soberano:
funda-se na vontade de poder, e a vontade de poder se traduz fatalmente em
potencial de guerra. 
C - O mito da cidade ideal, nascido do pensamento humanista conduziu às utopias
políticas do governo perfeito, que alimentaram uma literatura abundante no século
XVIII. 
D - Por outro lado, levou à cidade militar, fortaleza, quartel, da qual surgiram
exemplos numerosos no século XVII, sobretudo na Alemanha. 
E - Todas as afirmativas são verdadeiras. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(E)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
B - Esta é a correta. 
C - Esta é a correta. 
E - Esta é a correta. 
Exercício 4:
 O ambiente que deu origem ao Maneirismo foi marcado por profundas mudanças
na economia, na política, na cultura e na religião. Assinale a alternativa que não
descreve o contexto deste ambiente:
A - A invasão da Itália pela França, Alemanha e Espanha [fim do século XV e o
início do século XVI] levou a uma radical alteração no equilíbrio de forças do
continente, culminando no Saque de Roma de 1527, que assinala o fim do
Renascimento como um movimento unificado e o início "oficial" do Maneirismo
italiano: fuga de artistas e intelectuais para outras paragens; 
B - A principal fonte de inspiração é o espírito religioso reinante na Europa naquele
momento. Não só a Igreja, mas toda a Europa estava dividida após a Reforma de
Lutero. Reinam a desolação e a incerteza. Os grandes impérios começam a se
formar, e o homem já não é a principal e única medida do universo; 
C - A transformação econômicaque deu seus primeiros passos ao redor dos séculos
11 e 12 (na região do Flandres, ao redor do rio Reno e do rio Sena) tendo como
conseqüência a ressurreição da vida urbana: competição entre as cidades para ver
quem construía catedral cuja torre seria a mais alta possível; 
D - Os elementos classicistas, já sendo cultivados em vários pontos da Europa, se
expandem de forma decisiva e consistente para além dos Alpes, mas vão encontrar
arraigadas tradições góticas ainda em pleno vigor. Da fusão dessas correntes resulta
uma diversidade de sínteses ecléticas, a que se atribuiu o nome genérico de
Maneirismo internacional; 
E - Na economia, a abertura de novas rotas comerciais em vista das grandes
navegações deixou a Itália fora do centro do comércio internacional, deslocando o
eixo econômico para as nações do oeste europeu. Portugal e Espanha se erguiam
como as novas potências navais, acompanhados pela França, Inglaterra e Países
Baixos. O ouro e outras riquezas das colônias americanas, africanas e asiáticas
afluíam para eles em uma quantidade inaudita, e sustentavam a sua ascensão
política. Com a industrialização em larga escala, as atividades primárias declinam
em prestígio, as classes mais baixas perdem toda a segurança e, como esse
contexto é instável, ocorrem bancarrotas nacionais na França (1557) e Espanha
(1557 e 1575), com conseqüências sérias para grandes massas da população. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
B - Esta é a correta. 
E - Esta é a correta. 
C - Esta é a correta. 
Exercício 5:
“A arquitetura medieval desenvolveu-se a partir da tentativa de cobrir uma ampla
sala com um telhado a prova de fogo, construído com pedra. [...] Essa longa história
divide-se em dois estilos: românico e gótico. É verdade que o estilo românico,
normando da Inglaterra, usou o arco de volta perfeita e as paredes grossas e
pesadas, enquanto o gótico, com seu arco em ogiva, conseguiu alcançar flexibilidade
e leveza” (JORDAN, 1979)
 
a) Salisbury
b) Catedral de Espira.
Observe as imagens acima e assinale a alternativa correta:
 
A - A Catedral de Espira (b) pertence ao estilo gótico, devido ao seu arco em ogiva; 
B - A Catedral de Salisbury (a) é um exemplo clássico do estilo românico dentro da
arquitetura medieval; 
C - Ambas pertencem ao estilo gótico da arquitetura medieval, devido ao uso de
paredes grossas e pesadas; 
D - A Catedral de Espira é um exemplo do estilo românico da arquitetura medieval,
enquanto a Catedral de Salisbury é um um exemplo do estilo gótico: tal diferença
pode ser percebida no ´peso´ da primeira versus a 'leveza' da segunda; 
E - A principal característica da Catedral de Espira é uso do arco em ogiva, enquanto
a Catedral de Salisbury mostra-se 'leve' pelo uso do arco de volta perfeita. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(D)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
B - Esta é a correta. 
C - Esta é a correta. 
D - Esta é a correta. 
Exercício 6:
À exceção de uma, as alternativas abaixo apresentam de modo correto
características do Renascimento. Assinale-a.
A - O retorno aos valores do mundo clássico, na literatura, nas artes, nas ciências e
na filosofia. 
B - A valorização da experimentação como um dos caminhos para a investigação
dos fenômenos da natureza. 
C - A possibilidade de uma estreita relação entre os diferentes campos do
conhecimento. 
D - O fato de ter ocorrido com exclusividade nas cidades italianas. 
E - O uso da linguagem matemática e da experimentação nos estudos dos
fenômenos da natureza. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(D)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
B - Esta é a correta. 
C - Esta é a correta. 
D - Esta é a correta. 
Brunelleschi: Representação e Perspectiva 
A perspectiva e uma nova visão de mundo. 
A Guilda como organização produtiva depois de Brunelleschi. 
 
Buscar ler os tópicos acima na base bibliográfica abaixo:
ARGAN, Giulio Carlo. Clássico anticlássico. São Paulo: Cia das Letras, 1999 
MUMFORD, Lewis. A cidade na história. São Paulo: Martins Fontes, 2006.