A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
81 pág.
ED THAU III 5º SEMESTRE UNIP TODOS OS MÓDULOS

Pré-visualização | Página 7 de 14

e o Plano de Sisto V: 
Domenico Fontana e Bernini.
Bramante: espírito de superação dos clássicos (e não cópia) se concretiza de uma
forma mais íntegra. Aplica o conhecimento antigo de uma forma nova, inédita, mas
acima de tudo, clássica.
Base bibliográfica: 
ARGAN, Giulio Carlo. Clássico anticlássico. São Paulo: Cia das Letras, 1999 
BENEVOLO, Leonardo. História da cidade. São Paulo: Perspectiva, 1993.
 
Realizar leitura projetual e análise da cúpula da Catedral de Santa Maria del Fiore,
em Florença, projetada por Brunelleschi.
Realizar leitura projetual e análise da obra O Tempietto ("pequeno templo"), de
Bramante, igreja de planta central paradigmática do Renascimento.
 
Exercício 1:
Analise o texto de Giulio Carlo Argan, Brunelleschi em Clássico Anticlássico: 
É igualmente claro que a vocação arquitetônica de Brunelleschi revelou-se justamente
por ocasião do projeto da cúpula; e não há dúvida de que, na solução da questão da
cúpula, o espírito novo se impõe sobre a tradição. Essa questão se concretiza numa
longa controvérsia entre Brunelleschi e Ghiberti, uma controvérsia que não se limita à
escolha dos procedimentos construtivos, mas tampouco investe diretamente no
problema artístico. O que Filippo afirma e defende, pela primeira vez, é o
“profissionalismo” do arquiteto contra o “magistério” genérico do artífice, a prioridade
da invenção técnica em relação à perícia do ofício. Ghiberti apoia-se na experiência
tradicional dos mestres de obras, na antiga solidariedade e colaboração do canteiro;
Brunelleschi acha que deve fazer tudo sozinho, e que não pode utilizar operários
senão para a execução material. São duas posturas que implicam duas avaliações
opostas das condições concretas do sistema produtivo (ARGAN, 1999,
p.94). Assinale a alternativa correta:
A - O texto trata da amizade e do trabalho cooperativo que Lorenzo Ghiberti e Filippo
Brunelleschi desenvolveram na cidade de Florença. 
B - Discute o concurso para confecção das portas do batistério realizado em 1401, que
entre vários escultores contou com a participação de Brunelleschi e Ghiberti. 
C - Trata-se do declínio do espírito de comunidade artesã medieval lastreado nas
corporações de ofício e coincide com o surgimento do arquiteto profissional. 
D - O texto trata da divergência profissional e artística entre Lorenzo Ghiberti e Filippo
Brunelleschi sem maiores desdobramentos para a organização moderna da atuação
profissional do arquiteto. 
E - Mostra o embate entre tradição e renovação, especialmente aplicado às relações
de trabalho. Ghiberti defende a renovação e a modernização do empreendimento
construtivo. Brunelleschi é um tradicionalista que defende a organização corporativa
das guildas medievais. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(C)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
B - Esta é a correta. 
C - Esta é a correta. 
Exercício 2:
Abaixo, segue imagem da Vila Rotonda de Palladio. Analise as imagens e assinale a
alternativa que faz a associação correta.
 
I. A planta da Vila Rotonda é simétrica. 
II. Palladio é um arquiteto maneirista e tal fato, pode ser observado nas imagens, pois
o mesmo usa elementos da arquitetura clássica, dispostos com certa liberdade. 
III. A planta centrada foi amplamente utilizada no renascimento e no gótico, pois
acreditavam que o círculo representava o divino.
 
A - As três afirmações estão corretas 
B - Apenas a afirmação III está correta. 
C - Apenas a afirmação II está correta. 
D - As afirmações I e II estão corretas. 
E - As afirmações II e III estão corretas. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(D)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
B - Esta é a correta. 
C - Esta é a correta. 
D - Esta é a correta. 
Exercício 3:
A história da cultura renascentista nos ilustra com clareza todo o processo de construção cultural do homem
moderno e da sociedade contemporânea. Nele se manifestam, já muito dinâmicos e predominantes, os germes
do individualismo, do racionalismo e da ambição ilimitada, típicos de comportamentos mais imperativos e
representativos do nosso tempo (SEVCENKO, Nicolau. O Renascimento. São Paulo: Atual, 1987).
Sobre a cultura renascentista, a que se refere Nicolau Sevcenko, assinale V
(Verdadeiro) para as afirmações verdadeiras e F (Falso) paras as afirmações falsas. 
( ) O Renascimento marcou a transição da mentalidade medieval para a mentalidade
moderna, ao traduzir novas concepções que tinham como referência o humanismo,
enquanto base intelectual que procurava definir e afirmar o novo papel do homem no
universo. 
( ) Em meio à desorganização administrativa, econômica e social, principais
características da cultura renascentista, praticamente apenas a Igreja Católica
conseguiu manter-se como instituição, conquistando assim grandes poderes e
ampliando sua influência sobre a sociedade. 
( ) Ao formular princípios como o humanismo, o racionalismo e o individualismo, o
movimento renascentista estabeleceu as bases intelectuais do mundo moderno. 
( ) A cultura renascentista consagrou a vitória da razão abstrata, instância suprema
de toda a cultura moderna, pautada no rigor das matemáticas que passaram a reger
os sistemas de controle do tempo, do espaço, do trabalho e do domínio da natureza. 
( ) Em meio a esse processo, transformações socioeconômicas culminaram na
substituição de pequenas oficinas de artesãos por fábricas, assim como as
ferramentas simples foram trocadas pelas novas máquinas que então haviam surgido.
Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.
A - V, F, V, V, F 
B - V, V, F, V, V 
C - F, F, V, V, F 
D - F, V, F V, V 
E - V, V, F, F, V 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
Exercício 4:
Acerca do Renascimento:
I - As características do homem no Renascimento são: racionalismo, individualismo,
naturalismo e antropocentrismo, em oposição aos valores medievais baseados no
teocentrismo. 
II - O Renascimento não foi um processo homogêneo. Seu desenvolvimento foi muito
desigual e as manifestações mais expressivas se deram nos campos das artes e das
ciências, sendo que no campo artístico, a literatura e as artes plásticas ocupavam
lugar de destaque. 
 III - A arte renascentista tomou-se predominantemente religiosa, retratando a vida
de santos, de clérigos e o cotidiano cristão da época. 
IV - A Itália foi o centro do Renascimento porque era o centro do pré-capitalísmo e do
desenvolvimento comercial e urbano, que gerava os excedentes de capital mercantil
para o investimento em obras de arte. 
V - A ascensão do clero foi fundamental para que se desenvolvesse nos Estados
italianos um poderoso mecenato, plenamente identificado com as concepções terrenas
dominantes entre os eclesiásticos.
É correto apenas o afirmado em:
A - a) I, II, III. 
B - b) I, II, IV. 
C - c) I, II, V. 
D - d) I, III, V. 
E - e) II, IV, V. 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(B)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
B - Esta é a correta. 
Exercício 5:
Argan (1999, p.55) utiliza Mumford para afirmar que as cidades europeias foram em
larga escala transformadas no Renascimento, porém poucas podem ser chamadas de
“renascentistas”. Contudo, existiram exceções. Qual cidade abaixo foi planejada e
construída no período renascentista e portanto, expressa em seu projeto e em sua
forma o espírito dos tratadistas do Renascimento?
A - Palmanova 
B - Canberra 
C - Washington 
D - Roma 
E - Siena 
O aluno respondeu e acertou. Alternativa(A)
Comentários:
A - Esta é a correta. 
Módulo 5: Da Renascença ao Barroco, Maneirismo, Arquitetura e a esfera
sensível.
 
Século XVI
Neste momento, as características individuais dos arquitetos já começam a sobrepor-
se às da canonização clássica, o que irá levar ao chamado Maneirismo ("maneira",
indicando o estilo pessoal de determinado

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.