Química Geral Experimental I e II final
71 pág.

Química Geral Experimental I e II final


DisciplinaQuímica Geral Experimental II49 materiais318 seguidores
Pré-visualização12 páginas
1 
 
 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO 
JEQUITINHONHA E MUCURI 
DIRETORIA DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA 
 
 
 
 
 
 
 
Licenciatura em Química 
 
 
 
 
 
 
 
 
Química Geral Experimental 
 
 
 
 
 
 
 
Prof. Dr. Everton Luiz de Paula 
Prof. Dr. Fernando Armini Ruela 
 
 
 
 
 
 
 
Diamantina - MG 
Edição: Fevereiro / 2018 
 
 
 
2 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3 
 
 
 
 
AUTORIZAMOS A REPRODUÇÃO E DIVULGAÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE TRABALHO, 
POR QUALQUER MEIO CONVENCIONAL OU ELETRÔNICO, PARA FINS DE ESTUDO E 
PESQUISA, DESDE QUE CITADA A FONTE. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FICHA CATALOGRÁFICA ELABORADA PELOS AUTORES. 
 
 
 
de Paula, Everton Luiz; Ruela, Fernando Armini. 
 Química Geral Experimental / Everton Luiz de Paula e 
Fernando Armini Ruela - Diamantina, 2018. 
 i, 71 f. : il. 
 
 Apostila - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e 
Mucuri, Diretoria de Educação Aberta e a Distância, 2018 
 
 
 1. Química Geral 2. Experimentos de química. 3. Curso de 
graduação 4. Roteiros de aula prática. I. Título. II. Diamantina \u2013 
Diretoria de Educação Aberta e a Distância. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
\u201cJamais considere seus estudos como uma obrigação, mas como uma 
oportunidade invejável para aprender a conhecer a influência libertadora 
da beleza do reino do espírito, para seu próprio prazer pessoal e para 
proveito da comunidade à qual seu futuro trabalho pertencer\u201d 
 
Albert Einstein 
 
 
 
5 
 
 
 
ÍNDICE 
1. OBJETIVO DA DISCIPLINA .........................................................................................6 
2. CADERNO DE LABORATÓRIO ...................................................................................6 
3. RELATÓRIOS .................................................................................................................7 
4. CONFECÇÃO DE GRÁFICOS ..................................................................................... 13 
5. NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO ................................................... 19 
6. NORMAS E PROCEDIMENTOS NO LABORATÓRIO ............................................ 22 
7. EXPERIMENTOS .......................................................................................................... 23 
EXPERIMENTO 01: SEGURANÇA E MATERIAIS DE LABORATÓRIO............................................23 
EXPERIMENTO 02: MEDIDAS E TRATAMENTO DE DADOS ..............................................28 
EXPERIMENTO 03: MEDIDAS DE VOLUMES ...........................................................................32 
EXPERIMENTO 04: MEDIDA DE DENSIDADE ..........................................................................37 
EXPERIMENTO 05: TESTE DA CHAMA ...................................................................................41 
EXPERIMENTO 06: EVIDÊNCIAS DE REAÇÕES QUÍMICAS .......................................................43 
EXPERIMENTO 07: ESTEQUIOMETRIA \u2013 LEI DE PROUST .........................................................45 
EXPERIMENTO 08: PREPARO DE SOLUÇÕES .........................................................................48 
EXPERIMENTO 09: PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES ...............................................................51 
EXPERIMENTO 10: REAÇÕES ÁCIDO-BASE ...........................................................................54 
EXPERIMENTO 11: CINÉTICA QUÍMICA..................................................................................57 
EXPERIMENTO 12: EQUILÍBRIO QUÍMICO ..............................................................................60 
EXPERIMENTO 13: DETERMINAÇÃO DAS CONSTANTES DE EQUILÍBRIO QUÍMICO ......................63 
EXPERIMENTO 14: MEDIDAS DE PH.....................................................................................66 
 
6 
 
 
1. Objetivo da Disciplina 
 
As disciplinas Química Geral experimental (I e II) formam um conjunto de 
disciplinas básicas do curso de licenciatura em Química. Nesta disciplina o 
aluno deverá aprender as técnicas básicas de preparação, purificação e 
caracterização de diversas substâncias, aprender a manipular substâncias 
tóxicas e inflamáveis e a montar as aparelhagens necessárias para diversas 
finalidades das outras áreas em química, como orgânica, bioquímica, 
Inorgânica, físico-química e analítica. Além desses aspectos, a disciplina 
oferece condições para o aluno aprimorar e ampliar seus conhecimentos 
básicos de química, através da interação com as disciplinas teóricas de 
Química Geral (I e II) oferecidas paralelamente. 
 
2. Caderno de Laboratório 
 
Visando um melhor aproveitamento da disciplina, cada aluno deverá ter um 
Caderno de Laboratório exclusivo para a disciplina, onde deverão constar todas 
as informações necessárias para a execução e compreensão do experimento a 
ser realizado. Antes do dia do experimento, a sequência de atividades a serem 
desenvolvidas deverá ser elaborada e registrada pelo aluno no Caderno de 
Laboratório contendo: 
1. título do experimento e data; 
2. esquema do procedimento (diagrama de blocos) e da aparelhagem, se 
houver; 
3. propriedades físicas dos principais reagentes (p.e., p.f.,d, toxicidade, etc.); 
4. equações das reações químicas; 
5. cálculos envolvidos no experimento (concentração, estequiometria, etc); 
7. observações e comentários; 
8. bibliografia consultada. 
 
O caderno é uma exigência do curso. Os alunos que não apresentarem o 
caderno organizado em qualquer uma das experiências perderão 1,0 (um) 
ponto na nota de relatório! 
 
7 
 
 
 
3. Relatórios 
 
Um relatório é o relato detalhado de um experimento científico, geralmente 
realizado em laboratório. Aprender a elaborar um relatório significa, antes de 
tudo, aprender a organizar dados, informações e resultados obtidos e transmiti-
los de maneira correta, segundo os critérios científicos aceitos no mundo todo. 
Assim, o relatório faz parte do experimento. 
Um relatório tem como objetivo principal, informar com exatidão e clareza como 
um experimento foi realizado. Quem quiser repetir o experimento, deve ser 
capaze de fazê-lo seguindo a descrição do seu relatório. 
Devido à importância de se saber escrever bem dados científicos, o que 
também é de extrema importância para professores, após a realização de 
alguns experimentos deste curso, cada equipe de alunos elaborará um 
Relatório Científico. Nesse relatório deverão constar obrigatoriamente, e na 
sequência indicada abaixo, os seguintes itens: 
 
1. Uma página de capa; 
2. Resumo; 
3. Introdução; 
4. Objetivos; 
5. Parte Experimental; 
6. Resultados e discussão; 
7. Bibliografia. 
 
A seguir são apresentados alguns esclarecimentos para a preparação de cada 
item. 
 
a) CAPA: folha de apresentação com o nome da universidade, unidade, 
departamento, curso, disciplina, semestre e ano, título do experimento em 
destaque, nome dos integrantes da equipe que estão fazendo o relatório, nome 
dos professores responsáveis pela disciplina, data de entrega. 
 
 
 
 
 
 
Universidade Federal dos Vales do 
Jequtinhonha e Mucuri 
Diretoria de Educação Aberta e a Distância 
 
 
 
Nomes completos dos Alunos 
Nomes completos dos Alunos 
 
 
 
Título do Experimento 
 
8 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
b) RESUMO: Texto de, no máximo, dez linhas que apresente