Buscar

Antiinflamatórios Esteróides e Não Esteróides

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 44 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 44 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 44 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

ANTIINFLAMATÓRIOS
Inflamação
“Capacidade do organismo de desencadear uma
resposta inflamatória é fundamental à sobrevivência,
em vista dos patógenos e lesões ambientais, embora
em algumas situações e doenças a resposta
inflamatória possa ser exagerada e persistente, sem
qualquer benefício aparente”
(GOODMAN, 1996)
Inflamação
1. Representa uma reação do tecido vivo vascularizado a
uma agressão local de origem:
Externa
• infecciosos, térmicos, mecânicos, químicos, radiações
Interna
• doenças autoimunes (artrite reumatóide), doenças do
colágeno (lúpus eritematoso sistêmico)
2. objetivo: limitar ou eliminar a disseminação do dano e
reconstruir os tecidos afetados (cicatrização completa)
INFLAMAÇÃO
calor rubor edema dor Perda da função
PROCESSO INFLAMATÓRIO
O QUE DESENCADEIA O PROCESSO INFLAMATÓRIO?
 TRAUMA
 Fisico
 Quimico
 Biológico
 DANO CELULAR
 LIBERAÇÃO DE MEDIADORESQUIMICOS
MANIFESTAÇÃO E
PERCEPÇÃO
1. Componente cognitivo - percepção (localização, 
duração, intensidade da dor)
2. Componente motor - expressão e proteção
3. Componente emocional - mal estar
4. Componente autônomo - aumento da freqüência 
cardíaca, pressão, dilatação da pupila
1. Influência psicogênica- vários circuitos 
cerebrais funcionais
FARMACOLOGIA DA DOR E DA INFLAMAÇÃO
FISIOPATOLOGIA DA RESPOSTA INFLAMATÓRIA 
E DOLOROSA
Estímulo lesivo celular 
(físico, químico, biológico)
Lesão celular e liberação 
de enzimas intracelulares
Liberação e ativação de mediadores 
Endógenos - cininas: histamina, 
Prostaglandinas...
Ativação do sistema 
do complemento
Resolução Cronificação
Sensibilização seletiva por substâncias
algésicas durante a inflamação: 
PGs* entre outras
Reação inflamatória aguda 
alterações morfofisiológicas 
vasculares, infiltrado celular
*PGI2,PGE1, PGE2
INFLAMAÇÃO
Prostaglandinas:
Mediadores produzidos em quase todos os tecidos do
corpo em quantidades muito pequenas. Agem
localmente nos tecidos com metabolização rápida.
Não circulam no sangue em concentrações
significativas.
Regulam o processo inflamatório, a temperatura corporal, a
analgesia, a agregação plaquetária e inúmeros outros
processos. Ativam o sistema imunológico iniciando o processo
de defesa (inflamação).
Ácido Araquidônico
COX-1
Prostaglandinas
Citoproteção GI
Agregação plaquetária
Função renal
COX-2
Prostaglandinas
Inflamação
Dor
Febre
COX-2 
Inibição específica
fisiológico 
estímulos inflamatórios
COX-1
• enzima essencial constitutiva
• encontrada na maioria das células e tecidos
• produção de PGs para manutenção de funçõesfisiológicas
COX-2
•formação induzida no processo inflamatório
•prostaglandinas que mediam inflamação, dor e
febre
1.Induzida (normalmente não está 
presente nas células);
2.Geradas somente em células
especiais do pulmão;
3.Usadas na sinalização da dor e da 
inflamação;
4.Produzem prostaglandinas para a 
resposta inflamatória;
5.Estimulada somente como parte da
resposta imune;
6.Produção é estimulada pelas 
citocinas inflamatórias e pelos fatores
de crescimento
1.Continuamente estimulada no
organismo;
2.Constitutiva –sua concentração
se mantem estável;
3.Gera as prostaglandinas 
usadas na manutenção dos
processos básicos do 
organismo;
4.Prostaglandinas estimulam 
funções tais como, produção de 
muco na parede do estômago, 
regulação do ácido gástrico e 
excreção de água pelos rins.
Cox1 Cox2
AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE AS
ENZIMAS
TRATAMENTO
Qualificar a dor/etiologia
Clínico e/ou cirúrgico
Escala analgésica (OMS)
ANTIINFLAMATÓRIOS
• O grupo dos antiinflamatórios são divididos em 3
subgrupos: os esteróides, os não esteroidais e os
coxibs.
• A diferença entre eles está em seu local de ação.
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO-ESTERÓIDES (AINES)
• Grupo de fármacos que se apresentam quimicamente diferentes,
• Diferem em suas atividades antipirética, analgésica e antiinflamatória,
inibindo as enzimas da via cicloxigenase.
• São excelentes medicamentos para tratar os efeitos indesejáveis
causados pela resposta inflamatória.
• Diminuem o edema, a hiperemia, a febre, a dor e a rigidez;
• São utilizados em variadas formas de inflamações, seja traumáticas o
provocadas por diferentes patologias,
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO 
ESTEROIDAIS (AINES)
 É a classe terapêutica mais consumida no mundo;
 Campeões na automedicação;
Ações Farmacológicas
 Efeito Antiinflamatório;
 Efeito Analgésico;
 Efeito Antipirético.
Farmacologia dos AINES
ANTINFLAMATÓRIA
- Reduz a síntese dos mediadores da inflamação
- Reduz mediadores químicos do sistema da 
calicreína
- Inibe a aderência dos granulócitos
- Estabiliza lisossomas
- Inibe a migração de leucócitos 
polimorfonucleares e macrófagos para os sítios 
onde há inflamação.
ANTIPIRÉTICA
EFEITO ANTIPIRÉTICO:
Reduz a temperatura corporal elevada
Bloqueia a produção de prostaglandinas 
induzida pelos pirogênios 
Bloqueia a resposta no SNC à interleucina-1
Inibição da ação
sensibilizante das PG 
Inibição da síntese do tromboxano.
Inibem a agregação plaquetária e
prolongam o tempo de 
sangramento
ANALGÉSICO
ANTIPLAQUETÁRIO
 Bloqueia a produção de prostaglandinas no
hipotálamo;
 “Reajuste” do termostato.
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
EFEITO ANTIPIRÉTICO (OU ANTITÉRMICO)
Inibe o crescimento bacteriano;
Desnaturação das proteínas;
Convulsões (> 41 graus);
> 43 graus incompatível com a vida.
e COX-1
 Diminuição de PGs, diminui a
sensibilização das terminações nervosas
nociceptivas ao mediadores inflamatórios;
 Alívio da cefaléia se dá pela diminuição da
vasodilatação central mediada pelas PGs.
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
EFEITO ANALGÉSICO
21
 Atua diminuindo ou abolindo:
• Vasodilatação;
• Edema;
• Reduz a síntese de mediadores e a aderência dos
leucócitos;
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO
ESTEROIDAIS
EFEITO ANTIINFLAMATÓRIO
Efeito
Antiinflamatório
1. Salicilatos – Ácido Acetil Salicílico
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
CLASSES
 Inibição da COX-1 (pouco COX-2);
 Analgésico (dose 500 mg);
 Antipirético (dose 500 mg);
 Antiinflamatório (dose 4-5 g diários);
 Na odontologia é empregado com menos freqüência por sua ação
antiagregante plaquetária;
 Analgesia de dores leves a moderadas;
 Cefaléia;
 Contra-indicações: Úlcera, Asma.
2. Derivados da Pirazolona
Dipirona
 Potente efeito antipirético e analgésico;
 Analgésico de escolha na odontologia (junto com o paracetamol e
ibuprofeno)
 Pouco efeito antiinflamatório;
 Inibe a COX (preferencialmente COX-1);
 Banida do EUA e Europa na década de 70 (agranulocitose).
 Contra-indicações: pacientes imuno deprimidos ou que fazem o uso
crônico de corticóide.
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
CLASSES
3. Derivados do p-aminofenol
 Paracetamol (acetaminofeno):
• Inibidor COX (maior ação sobre a COX-1).
• Ação antipirética e analgésica;
• Analgésico de escolha na odontologia (junto com a dipirona e
ibuprofeno)
• Seguro para gestantes e lactantes;
• Menor potencia antiinflamatória;
• Não altera coagulação;
• Hepatotóxico.
• Contra indicação: pacientes com hepatopatias (cirrose e hepatite).
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
CLASSES
Paracetamol Inibe a CYPC2
4. Derivados do ácido fenilacético
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
CLASSES
Sódio x Potássio ?
Diferença está no tempo de absorção (potássico mais rapidamente
absorvido)
Usos:
•Potente anti-inflamatório (mais do que a aspirina)– em casos agudos
dolorosos como artrite gotosa aguda, osteoartrite coxo-femural...
 Nimesulida:
• Atividade analgésica, antipirética e antiinflamatória;
• Ação preferencial em COX-2 (pouca ação na COX-1);
5. Derivados da fenoximetanossulfanilida
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
CLASSES
 Ibuprofeno (único AINE aprovado pela FDA e recomendado pela
ANVISA para uso em crianças);
 Analgésico de escolha na odontologia (junto com a dipirona e
paracetamol)
 Outros da mesma classe: Tiaprofeno, Naproxeno, Cetoprofeno.
 Efeitos farmacológicos:
• Inibição da COX, preferencialmente COX1.
6. Derivados do ácido propiônico
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
CLASSES
7. Oxicans
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
CLASSES
Possui a vantagem de ter a meia-vida mais longa, e,
apenas cerca de 20% dos pacientes apresenta
efeitos adversos, entretanto, aumenta o tempo de
coagulação e pode interferir na eliminação renal de
lítio.
7. Coxibes:
Fármacos COX-2 específicos
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
CLASSES
Estes fármacos têm a ação 
específica sobre a enzima 
cicloxigenase-2 (COX-2) 
sendo também conhecidos 
como coxibes.
Usos:
• Antiinflamatórios
• Analgésicos 
• Antipiréticos
CLASSIFICAÇÃO DOS
AINES
aspirina aspirina (altas doses) meloxicam celecoxib
indometacina
piroxicam
etodolaco
nimesulida
refecoxib
diclofenaco
ibuprofeno 
nabumetona
salicilato
Inibidores
seletivos
da COX-1
Inibidores não 
seletivos da
COX-1
Inibidores
seletivos
da COX-2
Inibidores altamente
seletivos da COX-2
 Relacionados com a inibição da COX gástrica:
• Desconforto gástrico;
• Diarréia;
• Náuseas e vômitos;
• Hemorragia e ulcerações gástricas.
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
EFEITOS ADVERSOS GASTROINTESTINAIS
Na odontologia, a duração do 
tratamento com AINES é 
restrita. Portanto é muito 
difícil que ocorra efeitos 
adversos importantes, tanto 
ao que se refere aos não 
seletivos COX, como os 
seletivos COX-2.
Interação farmacológica: O uso 
concomitante de inibidores da COX com 
a Varfarina pode potencializar o efeito 
do anticoagulante
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
Os esteróides ou hormônios esteroidais
compreendem os hormônios do córtex adrenal 
(glicocorticóides e mineralocorticóides) e os 
hormônios sexuais (andrógenos, progestágenos 
e estrógenos).
Entretanto, somente os glicocorticóides 
apresentam atividade anti- inflamatória
importante, além de suprimir a imunidade.
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
Foram desenvolvidos vários fármacos derivados semi-
sintéticos dos glicocorticóides e indiretamente bloqueiam a
liberação do ácido araquidônico devido ao fato destes
fármacos estimularem a produção da lipocortina que tem a
ação de inibir a enzima fosfolipase A2
Portanto, a inflamação é acentuadamente reduzida com o 
uso de glicocorticóides
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
Sendo assim, os esteróides podem ser divididos
em:
Ação breve –cortisol
Ação intermediária –predinisolona, metilpredinisolona
Ação prolongada -dexametasona
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
Efeitos Farmacológicos dosGlicocorticóides
Efeitos Metabólicos
Efeito no EquilíbrioHidroeletrolítico 
EfeitoAntiinflamatório
Efeito na RespostaImunológica
Efeito Antialérgico (anti-histamínico)
Efeito sobre Elementos Figurados do Sangue 
Efeitos Gastro-intestinais
Efeitos Cardiovasculares
Efeito sobre osistema Músculo-Esquelético 
Efeito sobreEstado de Ânimo
EfeitoAntiinflamatório
-Base fundamental douso clínico destas drogas
- Inibição da vasodilatação, da permeabilidade vascular, de exudato e
da proliferação celular típicos dos processos inflamatórios
Este efeito é inespecífico e independente do agente desencadeante,
seja ele físico, químico ouinfeccioso.
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
Usos
Os glicocorticóides são utilizados na terapia inflamatória 
e imunossupressora em variadas patologias, como:
Doenças auto-imunes, inflamatórias, asma, distúrbios alérgicos, do
colágeno, dermatológicos, gastrintestinais, hematológicas,
oftálmicas, orais, respiratórias.
são também utilizados no tratamento doOs glicocorticóides 
choque, etc.
Outra indicação para o uso de
glicocorticóides consiste em gestante com
possibilidade de parto prematuro e com
maturação inadequada dos pulmões, com o
objetivo de acelerar o processo fisiológico
(neste caso, o agente de eleição é a
betametasona).
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
Uso Clínico dosCorticoesteróides
Dependente do momento, patologia e objetivo do tratamento, 
respeitando alguns pontoschaves, tais como:
- Dose individualizada
- Observação freqüente dopaciente
- Efeito antiinflamatório épaliativo
- Uso restrito em doençasinfecciosas
- Importância em inflamações crônicas
- Uso tópico
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
ANTIINFLAMATÓRIOS
ESTEROIDAIS
• Precauções e Contra-indicações 
Proibidos na presençade:
- úlceras estomacais, osteoporose, micoses,psicoses, 
tuberculose
• Uso com muito cuidadoem:
- diabéticos, hipertensos, IC, epiléticos, IR e na presençade 
enfermidades infecciosas
FIM!
DÚVIDAS?

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes