A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Napoleon Crossing the Alps, Jacques-Louis David

Pré-visualização | Página 1 de 1

Napoleon Crossing the Alps, Jacques-Louis David
A obra Napoleon Crossing the Alps, é a designação para cinco versões pintadas por de Jacques-Louis David. Estas cinco telas pintadas a óleo entre 1811 e 1815 representam Napoleão Bonaparte.
	Nas obras, a figura central é Napoleão, no seu cavalo consideravelmente mais pequeno que este, símbolo do seu esplendor. Também espelho da sua magnificência está a sua postura; a sua mão aponta para o céu, o seu olhar confronta o espectador e o vento faz das roupas e das crinas do cavalo que monta, uma composição heroica. Junto às patas do cavalo encontram-se gravadas na rocha algumas palavras, entre elas “Bonaparte”. Na paisagem que rodeia Napoleão, encontram-se soldados que sobem os Alpes e um céu robusto, que fazem destacar a figura central da obra. 
Nas versões da obra são essencialmente alteradas as cores da capa de Bonaparte e do seu cavalo assim como os fundos que se tornam mais ou menos nítidos. Estas alterações contribuem sempre para evidenciar Napoleão.
A primeira obra foi encomendada a Jacques-Louis David pelo Rei Carlos IV de Espanha como símbolo da união entre França e Espanha. Napoleão pediu a Jacques-Louis que produzisse mais três versões da obra, uma para o Castelo de Saint-Cloud, uma para a biblioteca de Les Invalides e uma terceira para o Palácio da República Cisalpina de Milão. Como grande apoiante da revolução francesa, o pintor realizou uma quinta versão que permaneceu consigo até à sua morte.
No inicio da pesquisa para a realização deste trabalho, deparei-me com enumeras versões da obra vista na aula, o que me surpreendeu. Fascinou-me não só, a exuberância e o poder retratados pelo pintor como a história e versões que provem desta obra.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.