A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
81 pág.
Slides Supervisão e Projeto unificados

Pré-visualização | Página 1 de 4

SUPERVISÃO DE INTERVENÇÃO PROFISSIONAL
Turmas 2014 e 2015
Prof. Silvio Ribeiro
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
 O estágio é pautado na Legislação Educacional e Profissional.
 Lei 11.788/2008 – Lei Nacional do Estágio. 
 Resolução CFESS 533/88 – Supervisão de Estágio em Serviço 
Social.
 Resolução CFESS 273/93 – Código de Ética Profissional.
 Lei 8.662/93 – Regulamentação da Profissão.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
A disciplina 6518-60 Supervisão de Intervenção Profissional tem 
como objetivo geral capacitar o aluno para o exercício 
profissional por meio de sua inserção na realidade do mercado 
de trabalho do Serviço Social.
 Aprimoramento do exercício profissional a partir do 
diagnóstico da realidade organizacional de acordo com as 
demandas dos usuários e dos processos de trabalho do 
assistente social. 
 Elaboração, execução e/ou inserção em projeto de 
intervenção profissional.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
 Prática do exercício profissional em planejamento.
 Capacitar o aluno a reconhecer e identificar os problemas da 
realidade social, local e regional a qual está inserido.
 Desenvolver a capacidade de criatividade, iniciativa, 
comunicação e relações interdisciplinares.
 Proporcionar condições para o aprendizado na elaboração de 
planos, programas, projetos e relatórios.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Supervisão de Estágio
 O aluno deve comparecer ao polo para as aulas de Supervisão 
Acadêmica, que são agendadas pelo supervisor acadêmico.
 As orientações de estágio são de fundamental importância 
para o aprendizado.
 Os registros de frequência são feitos em livro ATA, baseado 
no polo, pelo supervisor acadêmico com ciência do 
responsável local. 
O estágio não pode ser iniciado se no seu polo não tiver um 
supervisor acadêmico contratado pela Universidade.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
 O estágio prático supervisionado compõe a grade curricular 
do curso de graduação em Serviço Social.
 A partir do 4o semestre, a grade curricular apresenta uma 
disciplina específica de estágio que orienta o aluno na prática 
profissional.
 No 7o semestre, o aluno terá que totalizar a carga horária 
exigida de 450h de atividade prática supervisionada, conforme 
segue:
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Para iniciar o estágio é necessário:
 Estar matriculado na disciplina 6518-60 – Supervisão de 
Intervenção Profissional.
 Escolher uma instituição que atue na área social ou afins.
 A instituição deve ter convênio com a UNIP para ser campo de 
estágio oficial.
 A instituição deve ter em seu quadro de pessoal assistente 
social efetivo, contratado ou RPS (Regime Próprio de Serviço).
 O assistente social NÃO pode acumular função + cargo
(Ex.: além de assistente social ser também diretor).
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Ainda para iniciar o estágio é necessário:
 Certificar que existe o convênio.
 Preparar o Termo de Compromisso (documento semestral).
 Preparar o Plano de Atividade (documento semestral).
 Esclarecer dúvidas e orientações com o Setor de Estágio 
Curricular Obrigatório pelo e-mail: estagio.ead@unip.br.
 Encaminhar via polo para o Setor de Estágio Curricular 
Obrigatório para autorização.
 No AVA existe a relação dos colaboradores que atendem os 
estados e seus respectivos polos.
Obs.: o estágio só terá validade com esses documentos 
assinados e devolvidos ao aluno no polo.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Lei Nacional de Estágio
 Lei 11.788, de 25 de setembro de 2008, define o estágio como 
ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no 
ambiente de trabalho, que visa à preparação para a formação 
do educando.
 O estágio pode ser obrigatório ou não obrigatório.
 O estágio pode ser remunerado ou não remunerado.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
 No curso de graduação em Serviço Social, o estágio é 
obrigatório, pois faz parte da grade curricular e pode 
acontecer em duas modalidades: 
1 – não remunerado 
Estágio da grade curricular do curso que acontece em 
instituições que não remuneram o aluno.
 A tramitação dos documentos citados anteriormente, Termos 
de Convênio, de Compromisso e Plano de Atividade, devem 
ser encaminhados ao Setor de Estágio Curricular Obrigatório.
 E-mail do setor: estagio.ead@unip.br.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
2 – remunerado 
Estágio da grade curricular do curso que acontece em 
instituições que remuneram, em que o aluno recebe bolsa de 
agência financiadora. Exemplo: CIEE.
 A tramitação dos documentos citados anteriormente, Termos 
de Convênio, de Compromisso e o Plano de Atividade, devem 
ser encaminhados ao Setor de Estágio Remunerado.
Para saber mais detalhes a respeito do estágio remunerado:
 E-mail: estagioead.remunerado@unip.br.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Portfólio
O portfólio é o documento oficial da Universidade que formaliza 
o estágio obrigatório nas duas modalidades: 
 Remunerado e não remunerado.
 É o instrumento pedagógico que o aluno deve preencher e 
postar no sistema em período divulgado em seu AVA
para comprovar a realização da atividade prática de estágio.
 Por se tratar de um documento, NÃO PODE conter rasuras, 
dados em branco, preenchimento errado, informações 
inadequadas, ausência de assinaturas.
 Deve ser digitalizado conforme orientação no check-list.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Composição do portfólio
 O portfólio é composto pelo check-list, pelo Termo de 
Compromisso, pelo Plano de Atividade, pela Carta de 
Credenciamento e pelas fichas:
01 – plano de estágio.
02 – conhecendo o campo de estágio.
03 – Diário de Campo com informações diárias das atividades.
04 – Relatório de Supervisão e Avaliação – visão do aluno.
05 – Relatório de Supervisão e Avaliação – visão da instituição.
Declaração de estágio (cópia).
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Elaboração do portfólio
 O aluno deverá seguir a orientação do MANUAL DE ESTÁGIO
para montar e digitalizar o portfólio corretamente.
 Capa do portfólio. 
 1o – Termo de Compromisso.
 2o – Plano de Atividade.
 3o – Carta de credenciamento.
 4o – Fichas de 01 a 05 na ordem correta.
 5o – Declaração de estágio.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Capa do portfólio 
 É a folha do check-list preenchida com as informações do 
semestre referente ao estágio apresentado.
 O cabeçalho deve estar com todas as informações.
 Confirme todos os documentos que estão compondo o 
portfólio.
 Informe o estágio que está apresentando com a carga horária 
realizada.
 Assinatura do supervisor acadêmico e do aluno.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Termo de Compromisso
 Deve ser preenchido com atenção, pois será avaliado pelo 
professor orientador na Universidade.
 A apresentação de proposta de atividade que não condiz com 
as ações pertinentes ao Serviço Social não será validado.
 Atenção com os prazos, pois o estágio só poderá iniciar após 
a devolução do Termo de Compromisso e Plano de Atividade 
assinados.
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
6518-60 – Supervisão de Intervenção Profissional
Plano de Atividade
 O Plano de Atividade deve ser elaborado com o supervisor de 
campo, o aluno e o supervisor acadêmico.
 Esse plano demonstrará as ações e/ou atividades que o aluno 
irá acompanhar na instituição, dentro da carga horária 
proposta.
 Cada semestre de estágio deverá