PSICOLOGIA MOTIVACIONAL ORGANIZACIONAL
3 pág.

PSICOLOGIA MOTIVACIONAL ORGANIZACIONAL


DisciplinaProcessos Basicos I25 materiais93 seguidores
Pré-visualização1 página
PSICOLOGIA MOTIVACIONAL ORGANIZACIONAL
Introdução
A psicologia organizacional é aquela que se desenvolve no ambiente de trabalho, também consiste no estudo dos fatores psicológicos desencadeados no ambiente organizacional. 
Atua no entendimento e nas soluções dos problemas relativos à gestão de recursos humanos. Ela possui importante atuação em empresas, governos, instituições, ONGs, entre outras organizações. 
Sua principal função é criar melhorias no ambiente de trabalho e, dessa forma, contribuir com a produção e manter a motivação dos colaboradores como um dos principais objetivos de toda empresa. Isso porque sem esse elemento, embora os profissionais dominem as competências técnicas para o cargo, sem motivação dificilmente conseguirão demonstrar seu potencial e alcançar bons resultados. 
Tarefa de Seleção, Recrutamento e Plano de Carreira
Hoje em dia, aumentou-se a procura por pessoas eficazes e dinâmicas, capazes de aumentar a perspectiva de vida das empresas e, consequentemente, alcançar o sucesso. O processo para fazer com que essas pessoas trabalhem é de extrema importância para a empresa que quer chegar ao sucesso. Os objetivos organizacionais podem ser atingidos somente com, e através de pessoas, por isso a importância do cuidado com a condução do processo de seleção, recrutamento e plano de carreira.
A tarefa de seleção é um processo comparativo, que analisa cada candidato frente ao perfil necessário (requisitos para o cargo, conhecimentos técnicos e competências) para o cargo em análise e em relação aos demais candidatos, como também visa à busca, avaliação e seleção de profissionais, cujo perfil mais se aproxima ao conjunto de competências considerado ideal para a empresa.
Entre os principais objetivos do Recrutamento destaca-se, tradicionalmente, atrair e/ou disponibilizar para a organização em questão os trabalhadores e/ou profissionais que potencialmente reúnam as condições básicas exigidas para o exercício de determinadas funções nos sistemas de trabalho que os caracterizam. Atualmente, a tais objetivos principais acrescentam-se a necessidade de atrair candidatos que apresentam potencial para lidar com atividades nem sempre diretamente relacionado ao cargo e a função prevista para desempenhar. Esta necessidade é decorrente da crescente flexibilidade na organização do trabalho.
O plano de carreira é um programa estruturado que estipula o caminho que cada funcionário vai percorrer dentro de uma organização. Determina as competências necessárias para cada posição hierárquica e também qual é a expectativa da empresa em relação àquela posição. De um lado, formulado para atrair e reter talentos. De outro, o plano deve proporcionar ao funcionário a possibilidade de se desenvolver cada vez mais. 
Como o Psicólogo Pode Trabalhar a Motivação do Trabalhador e melhorar o desempenho da empresa
Considerando que a motivação explica a causalidade do comportamento, as organizações devem realizar fortes investimentos dessa técnica. Devemos identificar o que realmente motiva o colaborador. 
A motivação na organização é um fator de suma importância para uma boa parceria entre colaborador-empresa, pois um funcionário motivado é um funcionário produtivo. 
Quando o foco do psicólogo organizacional é a motivação da equipe ele deverá construir uma serie de planejamentos e dinâmicas que deverão resolver problemas concernentes a gestão de pessoas.
O psicólogo poderá promover a motivação no ambiente profissional de diferentes formas, entre elas:
- Delegando tarefas de acordo com a capacidade de cada profissional;
- Promovendo desafios constantes;
- Oferecendo benefícios aos colaboradores;
- Reconhecendo o bom trabalho dos profissionais e da equipe;
- Promovendo capacitação e treinamentos, visando melhorar no desempenho e alta performance;
- Cultivando a cultura dos bons relacionamentos dentro da organização;
- Estimulando a cocriação, criatividade e colaboração.
- Proporcionando um ambiente de trabalho saudável e propício ao desenvolvimento de cada colaborador.
Colaboradores que possuem uma boa condição de trabalho e se desenvolvem dentro de suas capacidades intelectuais e sociais conseguirão alcançar metas de maneira muito mais rápida e desenvolverão seu potencial de maneira a dar mais lucros ou executar um trabalho com qualidade melhor.
Quando uma empresa tem um desempenho pouco expressivo, é preciso observar como estão os funcionários. Isso porque eles são diretamente responsáveis pelas conquistas alcançadas pela organização. E se nada vai bem, quem precisa intervir é o psicólogo do trabalho. Com esse profissional é possível tirar a empresa de momentos de dificuldades. Ele pode garantir a avaliação de desempenho dos colaboradores e renovação da equipe, por exemplo. A empresa não é apenas um negócio lucrativo, ela é um conjugado de pessoas de diversas características e interesses. Por conta disso, é comum e natural que existam conflitos entre funcionários da empresa. No entanto, se esses conflitos não são resolvidos podem tomar proporções desagradáveis. 
 Neste sentido, o psicólogo do trabalho pode intervir. Por meio de técnicas de observação, empatia e feedback eficaz, esse profissional vai encontrar os motivos que deram início ao conflito. Em seguida, ele terá a melhor abordagem para solucioná-lo. Com isso, a empresa mantém seus colaboradores focados na produtividade e seu funcionamento segue de forma saudável. 
Conclusão
O tema abordado é de extrema importância para o sucesso das empresas, pois para um bom desempenho profissional é necessário que haja Motivação. É importante ressaltar que o colaborador tem que querer ser motivado e instigado a isso, pois, os ambientes internos e externos influenciam na motivação, mas não são os fatores decisivos. É necessário valorizar o funcionário, cada um é diferente e tem conhecimentos distintos. Se valorizarmos esses elementos terá um colaborador mais motivado e como resultado seu engajamento. A motivação é uma das principais alavancas da inovação, contribuindo efetivamente para alcance da competitividade das organizações. Com motivação, respeito e valorização dos seus colaboradores as empresas obterão maior sucesso e atingindo assim os objetivos a curto e longo prazo com mais eficiência e eficácia.
A psicologia organizacional contribui na gestão das organizações decisivamente para o surgimento de uma teoria administrativa mais democrática e humanista. Ela contribui também como um facilitador e conscientizador do papel dos vários grupos que compõe a organização, considerando a subjetividade dos indivíduos, sem perder o foco de sua intenção no contexto mais amplo da empresa.