AV1 CINEMA E RÁDIO
2 pág.

AV1 CINEMA E RÁDIO


DisciplinaProdução de Rádio, Tv e Cinema6 materiais276 seguidores
Pré-visualização1 página
AV1 CINEMA E RÁDIO
>Roteiro 
Teatro \u2013 acontece no palco; linguagem da ação dramática: os diálogos.
Literatura \u2013 Ação acontece na cabeça dos personagens.
Filmes/Games \u2013 historia contada em imagens, diálogos e descrições.
História \u2013 é um todo e as partes que a compõe: ação, personagens, cenas, sequencias, ATO I, ATO II, ATO III, música.
>Estrutura \u2013 Construir/ organizar e agrupar elementos diferentes; O que sustenta a historia no lugar.
ATO I \u2013 apresentação
Apresenta a historia, personagens, a premissa dramática (sobre o que é a historia), a situação (circunstancias em torno da ação) e estabelece o relacionamento entre os personagens.
ATO II \u2013 confrontação
O personagem principal enfrente os obstáculos que o impedem de alcançar sua necessidade dramática.
ATO III \u2013 resolução
Resolução não significa sim. Resolução significa solução. Aqui seu roteiro se resolve. A necessidade dramática é atendida(ou não)
Todo drama é conflito. Sem conflito não há personagem. Sem personagem não há ação. Sem ação não há historia. Sem historia não há roteiro.
>Plot point \u2013 virada na historia; incidente que engancha na ação e a joga em outra direção.
Siga o personagem principal e você encontrará os plots point
>Assunto \u2013 quando pensar em um assunto, pense em ação (O QUE ACONTECE) e personagem (A QUEM ACONTECE)
- Roteiro é como um substantivo: uma pessoa(personagem), num lugar, vivendo sua \u201ccoisa\u201d(ação)
Quanto mais você sabe, mais pode comunicar.
Na publicidade o assunto vem do briefing.
- Defina a NECESSIDADE do seu personagem; se conhece a necessidade do seu personagem, pode criar obstáculos; Como vencer obstáculo é sua historia.
Conheça seu assunto
>Personagem - fundamento essencial do roteiro; estabelecer quem é o personagem principal;
2 categorias: 
Interior: vai do nascimento até começar historia (FORMA O PERSONAGEM); Começamos sempre com o interior (sexo, idade, onde vive, onde nasceu, etc).
Exterior: vai do começo ao final da historia (REVELA O PERSONAGEM); Todo os personagens interagem de 3 formas: 1.Experimentam conflito para alcançar sua necessidade dramática; 2. Eles interagem com outros personagens; 3.Eles interagem consigo mesmos.
Filme/Game é um meio visual. Você deve encontrar maneiras de revelar os conflitos dos personagens visualmente.
Personagem real: Profissional \u2013 o que faz; Pessoal \u2013 defina seus relacionamentos pessoais; Privado \u2013 o que faz quando está só.
Defina a NECESSIDADE do personagem; Sua biografia dará o CONTEXTO; Personagem é um PONTO DE VISTA, ATITUDE, COMPORTAMENTO, IDENTIFICAÇÃO.
>Criação \u2013 2 maneiras de abordar um roteiro: você tem ideia e depois cria personagens ou cria um personagem e dele surge uma necessidade.
>Inícios e Finais \u2013 Melhor maneira de começar o roteiro é sabendo seu final; finais e inícios podem estar relacionados, se sim, é ESTRUTURA CIRCULAR, se não, seu INICIO CAPTURA A ATENÇÃO, E O FINAL RESOLVE A HISTORIA.
No inicio você deve definir: quem é seu personagem principal; sobre o que é a historia; quais as circunstancias em torno da historia.
>Cena \u2013 Elemento isolado mais importante do roteiro; Toda cena tem 2 elementos: Lugar/espaço, tempo.
Se trocar o LUGAR ou o TEMPO, ou os dois, trocou de cena.
Take = 1take.
Vários takes formam uma cena. Várias cenas formam uma sequencia.
Geralmente na cena há 2 tipos: 1. Algo acontece visualmente; 2.Diálogo entro uma ou mais pessoas. (Na maioria das cenas combinam os dois tipos).
>Sequencia \u2013 é o elemento mais importante do roteiro; é o esqueleto que matem tudo unificado; é uma série de cenas ligadas por uma única ideia; tem inicio/meio/final definidos; é uma unidade completa em si mesma.
>Escrever \u2013 Dialogo é uma função do personagem; Move a historia adiante; Comunica fatos e informações; Releva o personagem; Estabelece os relacionamentos dos personagens; Precisa ser claro;
>Pré-produção \u2013 Planilha de divisão do roteiro; Caderno de produção; Estéticas; Storyboards; Lista de tomadas; A equipe; Organizar o tempo de filmagem; Planilha de chamada (tudo e todos que são necessários nos dia); Relatório de produção (tudo que foi feito ou não no dia);
>Produção \u2013 Chegada do elenco e equipe técnica; Marcação da câmera; ensaio do elenco; Ação; Desproduzir;
>Pós-produção \u2013 organizar as fitas e seus registros; decupar as cenas; organizar as etapas de edição; criação de um roteiro de edição para a ilha.
- Estilos de edição:
Edição paralela \u2013 quando colocamos juntos eventos separados, mas que tem uma relação entre si.
Edição de montagem \u2013 As cenas são cortadas e unidas, utilizando diferentes tipos de tomadas, sequencias ou fusões.
Edição continuada \u2013 as trocas são sutis, ajudando a contar a historia sem distrair quem está vendo o filme.
Edição dinâmica \u2013 usa e abusa de cortes rápidos, montagem e efeitos pos-produção.
 - Técnicas de edição:
Corte Seco \u2013 alteração rápida de uma tomada para a outra.
Corte Correspondente \u2013 quando há um corte entre dois ângulos do mesmo movimento ou ação e a mudança parece fazer parte da ação.
Corte abrupto \u2013 quando dá pra ver que houve corte e a cena parece pular
Cutaway \u2013 serve de ponte entre uma tomara e outra
Corte de reação \u2013 ator reage a algo que aconteceu na tomada anterior
Insert \u2013 um close-up é inserido num contexto maior, ajudando a enriquecer detalhes da cena.
Fusão \u2013 uma imagem começa a sumir e vai entrando em outra
Fade-out e fade-in \u2013 o primeiro acontece quando a imagem vai escurecendo até a tela ficar preta e o segundo é o contrario
Wipe \u2013 marca a transição de uma cena para a outra, com a nova cena \u201cempurrando\u201d a outra para fora da tela
Tela dividida \u2013 a tela é dividida em varias caixas, mostrando diferentes cenas ou diferentes ângulos da mesma cena
Overlays e sobreposição \u2013 duas ou mais imagens superpostas.
- Tempo de tela:
Reverse Motion \u2013 o editor pega a ação e faz ela voltar, como se fosse rebobinar.
Replay instantâneo \u2013 repete a imagem
Imagem congelada \u2013 um quadro especifico do filme é congelado, parando a ação.
Flashback \u2013 leva o espectador ao passado da historia
Flashoward \u2013 leva para o futuro
>Extras \u2013 Graficos; Animações; outros; áudio; diálogos; trilhas; efeitos sonoros.