Curso Técnicas de Planejamento
36 pág.

Curso Técnicas de Planejamento


DisciplinaProject Management19 materiais117 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Técnicas de Planejamento
Uso de gráficos PERT/CPM e Diagrama de Gantt
Apresentação: Júlio César
Júlio César Mendonça da Costa 		
Ocupação profissional:
	\uf0e8 Gerente de Supply Chain da Friatec Brasil, responsável pelos setores de PCP, Compras, Custos, Logística, Suprimentos, Métodos e Processos, Programação CNC. Auditor líder ISO 9001.
	\uf0e8 Professor da disciplina de PCP da FIC - Cataguases
Experiências e qualificações:
	Engenharia de Processos, sistemas de fabricação, planejamento, controle numérico, gestão da qualidade e administração da cadeia produtiva.
Apresentação
Há 31 anos no Brasil com fábrica instalada em Cataguases;
A FRIATEC é uma empresa reconhecida no Brasil e no mundo, como fabricante e distribuidora de equipamentos e peças de alto padrão e desenvolvimento tecnológico, utilizados para a condução de gases e fluidos dos mais diversos e complexos segmentos da indústria.
É uma das mais de 100 empresas que integram o Grupo ALIAXIS e, em nosso país, é a distribuidora e assessora oficial dos produtos fabricados por todas as demais empresas do Grupo.
Entre os inúmeros produtos que fábrica e distribui, a FRIATEC tem em seu portfólio as bombas Rheinhütte, amplamente utilizadas nos mercados nacional e internacional.
www.friatec.com.br
www.friatec.de
1. Meu nome é: 
 
2. Trabalho ou só estudo? 
3. Expectativas: 
 
E vocês?
Definições e origem dos termos
Simular um projeto
Aplicar os gráficos no controle de projeto
Introdução ao uso do software Microsoft Project, para gerenciar projetos.
Duração prevista do treinamento 8 horas em 2 períodos
Programa do Treinamento
1915 - Henry Gantt - Cronograma de Gantt
1957 - Marinha americana, Projeto submarino Polaris - Program Evaluation and Review Technique (PERT)
1957 - Dupont & Remington, Projeto Apolo - Critical Path Method (CPM) \u201cMétodo do Caminho Crítico
2000 - MS Project, Time line, Primavera
Histórico
Definição: Um projeto é um empreendimento temporário desenvolvido para criar um produto ou serviço único.
Projeto (design) \uf0dacompreende atividades de concepção, desenvolvimento e especificação de um produto.
Projeto (project) \uf0daé um conjunto de tarefas
Projetos (project) \uf0dasão alternativas de investimento
Definições para a palavra Projeto
Definição de gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projeto é a aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas com vistas a atingir ou exceder as necessidades e expectativas das partes envolvidas.
Características do gerenciamento de projeto
Atingir critérios de escopo, tempo, custo e qualidade
Balancear as demandas de requisitos identificados (necessidades) e não identificados (expectativas)
Conciliar as necessidades e expectativas divergentes das partes envolvidas
Gerenciamento de Projeto
Método do Caminho Crítico (CPM = Critical Path Method): ferramenta para programação de projetos através de um modelo gráfico.
Rede: diagrama de flechas que representam um projeto.
Método do caminho crítico
Início Fim
atividade
Exemplo: trocar pneus em um carro
Rede, projeto e atividades
Soltar
porcas
Remover
estepe
Levantar
carro
Trocar
pneu
Baixar
carro
Montar
estepe
Datas, folgas e caminho crítico
1
2
3
4
5
a
2
b
3
d
2
c
1
e
4
Datas, folgas e caminho crítico
1
2
3
4
5
a
2
b
3
d
2
c
1
e
4
Folga = 0
0
0
2
2
4
4
5
7
8
8
Folga = 0
Folga = 2
Folga = 2
Folga = 0
Estabelecimento da PERT (Program Evaluation Research Task): US Navy, Lockheed, BA&H
\u201cPolaris missile program\u201d (Jan/1958)
Relatório 1 (Jul/1958): base teórica
Relatório 2 (Set/1958): eventos-chave (milestones)
Secretary of Defense (Jun/1962): credita ao PERT a conclusão do Projeto Polaris dentro do prazo!
Técnica de Avaliação e Revisão de Projetos (PERT)
Extensões do CPM e da PERT
Necessidades (situação atual)
Objetivos (situação desejada)
Descrição dos produtos a serem entregues
Partes envolvidas
Restrições
Premissas
Riscos identificados pela alta gerência
Principais marcos (inicial, final e intermediários)
Preço, prazo, custo, produção e comunicação acordados
Designação do gerente do projeto
A Minuta do Projeto
Se não há plano, não há controle
Para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve
Se não se sabe onde se quer chegar, como reconhecer quando chegarmos lá?
O planejamento do projeto (importância)
Planejar o planejamento
Quem faz o trabalho participa do plano
Preparar-se para replanejar
O que pode dar errado? (Plano B)
Toda ação deve gerar um resultado
Tudo a ser feito deve ter um propósito
Discussões em grupo
Engenharia simultânea
Sugestões para um bom planejamento
Tradução da expressão Work Breakdown Structure (WBS)
No MS Project foi traduzido como Estrutura de Divisão de Tarefa (EDT)
EAP: é o plano do projeto
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Fases, etapas ou estágios típicos
Componentes funcionais
Produtos intermediários
Regiões geográficas
Tipo de recurso técnico e humano
Teste se atende a todos os objetivos/metas
Revise com o cliente e áreas externas
Aspectos a serem considerados para construção da EAP
Listar os subprojetos ou itens finais que constituem o projeto
Subdividir os subprojetos ou itens finais identificados nas suas partes componentes ou nas fases que o caracterizam
Continuar subdividindo as partes componentes ou fases até o nível de pacotes de trabalho que possam ser distribuídos a uma pessoa ou unidade organizacional
Listar as atividades / tarefas elementares que definem a realização de cada pacote de trabalho
Arranjar os pacotes de trabalho buscando a melhor estrutura hierárquica para representar o projeto
Atribuir códigos de referência para cada nível da EAP
Identificar as responsabilidades para cada pacote de trabalho
Como construir a EAP
(verbos e objetos)
Vocês decidiram fazer um churrasco de comemoração de fim de ano
Em grupo, elaborar:
a minuta do projeto
a estrutura analítica do projeto (EAP)
preparem o material para apresentação
Duração prevista: 60 minutos
Exercício 1
Tipos
limitada a prazo
limitada a quantidade de recursos
limitada a carga de trabalho
Relacionamentos
término-início (TI)
início-início (II)
término-término (TT)
início-término (IT)
As atividades do projeto
Diagrama de precedência ou de blocos (rede PERT/CPM)
A
B
C
I
H
L
K
J
D
E
G
F
Estabelecer a escala de tempo mais adequada
Partindo da primeira atividade , monta-se a rede de nós que representa o conjunto de atividades em seqüência. Em cada nó deve ser assinalado o código da atividade e sua duração estimada
Após ter completado a rede com todas as atividades e suas ligações (predecessoras, sucessoras), partindo da primeira atividade (da esquerda) e seguindo-se as ligações diretas, calcula-se o início e o término de cada atividade, assinalando-os acima do nó (início e término mais cedo)
Completada a seqüência, são calculados os possíveis atrasos que as atividades podem sofrer sem que se modifique a duração total do projeto. Partindo da última atividade (da direita) percorre-se novamente a rede anotando abaixo dos nós novos tempos de início e de término considerando-se o máximo atraso possível (início e término mais tarde)
Como construir a rede PERT/CPM
Uma vez calculados os tempos \u201cmais cedo\u201d e \u201cmais tarde\u201d para cada atividade, identifica-se o caminho crítico formado pela seqüência de atividades nas quais os tempos \u201cmais cedo e \u201cmais tarde\u201d coincidem
Finalmente, para cada atividade não pertencente ao caminho crítico calcula-se o intervalo de atraso potencial (folga total) dado pelo \u201cinício mais tarde\u201d (UDI) menos o \u201cinício mais cedo\u201d (PDI) (UDI-PDI). Na rede, a folga é assinalda debaixo da atividade.\u2019
Como construir a rede PERT/CPM
Tabela de atividades do projeto
Dados da tabela anterior
Reunam-se em grupo e montem o diagrama de rede PERT/CPM
Questões: 
Qual o tempo de conclusão do projeto?
Qual a atividade que tem folga e de quanto?
Tempo: 30 minutos
Exercício 2
Rede PERT/CPM