Modulo IV História da Educação

Disciplina:Pedagogia24.604 materiais252.994 seguidores
Pré-visualização1 página
1. A Querela dos Antigos e dos Modernos foi importante para o pensamento ocidental, porque definiu que
 os antigos eram mais inteligentes por estarem muito mais próximos da criação.
 o conhecimento é acumulativo e os modernos podiam saber mais que os antigos. (Alternativa correta)
 os modernos não eram capazes de uma completa compreensão dos textos clássicos.
 o pensamento especulativo é fator importante para a discussão das semelhanças.
2. Putting-out system é um sistema
 em que os trabalhadores ficam juntos na manufatura.
 que distribui os trabalhadores em diferentes tarefas.
 em que os horários são impostos aos trabalhadores.
 de trabalho com as tarefas executadas em domicílio. (Alternativa correta)
3. Para Karl Marx, a extração da mais-valia era
 o valor cobrado pelos produtos no mercado paralelo.
 a transferência de riqueza do trabalho para o capital. (Alternativa correta)
 o sobrepreço das mercadorias no sistema capitalista.
 o preço do produto com o valor agregado na fábrica.
4. Para Thomas Hobbes, os homens procuram viver em sociedade porque
 isso é importante para o bem-estar da comunidade
 seu anseio é por um governo justo e democrático.
 querem repartir com os demais os bens adquiridos.
 têm medo e ambição, e o governo dá segurança. (Alternativa correta)
5. O quadro do cristianismo mudou muito com a Reforma Religiosa e entre as principais religiões surgidas no período encontramos o luteranismo e o calvinismo. Além da livre interpretação da Bíblia, o calvinismo pregava que:
 a alma se salvaria se estivesse predestinada. (Alternativa correta)
 quem não lesse a Bíblia não podia se salvar.
 a economia é uma instância baseada na religião.
 a usura só pode ser entendida como um pecado.
6. A JORNADA DE OITO HORAS DE TRABALHO, o descanso remunerado e a proibição do trabalho noturno para menores e mulheres eram as principais reivindicações dos:
 trabalhadores que queriam acabar com a exploração da mão-de-obra. (Alternativa correta)
 burgueses que já não queriam se submeter às imposições da nobreza.
 camponeses sem terra que surgiram na Inglaterra do século XVIII.
 patrões que já não queriam ver seus empregados fugirem do trabalho.
7. NA IDADE MÉDIA, POSSUIR TERRAS ERA A MEDIDA DA RIQUEZA DE ALGUÉM, porém no mercantilismo isso mudou, pois as terras passaram a ser consideradas pelo valor:
 estipulado pela Igreja.
 definido pelo rei.
 de troca. (Alternativa correta)
 de uso.
8. Portugal não possuía braços suficientes para empreender a ocupação das terras recém-conquistadas e para iniciar essa tarefa precisou contar com escravos, que eram principalmente:
 espanhóis.
 índios. (Alternativa correta)
 degredados.
 asiáticos
9. LEIA A AFIRMAÇÃO ABAIXO, QUE DEFINE PARCIALMENTE O QUADRO POLÍTICO NA ITÁLIA DO RENASCIMENTO. A ação do príncipe depende sempre da sua capacidade para conquistar aliados, fazer alianças, convencer e também se fazer temido, isto é, a fidelidade dos súditos é uma conquista pessoal, não sendo mais uma resultante da extensão das terras possuídas, como tradicionalmente se fazia. A partir dessa afirmação, podemos dizer que a política refletia uma situação histórica e sua principal característica era:
 o conselheiro do príncipe.
 o surgimento do indivíduo. (Alternativa correta)
 a unificação italiana.
 o surgimento da arte.
10. O governo por decretos nas áreas coloniais e a repressão de movimentos de independência inspiraram movimentos na Europa. É correto definir esses movimentos como
 socialistas, conforme ocorreu nas colônias. (Alternativa correta)
 democráticos, pois aprenderam com as colônias.
 autoritários, pois desprezavam a democracia.
 liberais, pois os negócios coloniais iam bem.