Gabarito AD2 de Turismo e Sociedade 2018
1 pág.

Gabarito AD2 de Turismo e Sociedade 2018


DisciplinaAd 2 Turismo e Sociedade30 materiais127 seguidores
Pré-visualização1 página
Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro 
Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro 
AVALIAÇÃO A DISTÂNCIA \u2013 AD2 
Período - 2018/2º 
Disciplina: Turismo e Sociedade 
Coordenadoras: Andreia Pereira de Macedo e Teresa Cristina de Miranda Mendonça 
 
GABARITO 
 
Tendo como referência o artigo intitulado \u201cTurismo para quem? conflitos acerca da manipulação de 
fluxos e da produção dos espaços turísticos\u201d (Anexo AD2), responda as questões a seguir 
articulando a reflexão realizada pelo autor do artigo com temas abordados nas aulas 12, 14, 
15 e 16, como práticas de lazer e lazer turístico, políticas públicas de lazer e espaço e sociedade. 
 
Questão 1 (valor: 4,0 pontos): 
O artigo considera que os espaços turísticos são produzidos e organizados a partir de mecanismos 
de separação e diferenciação social que resultam na adoção de estratégias de controle dos fluxos e 
acessos aos espaços turísticos. Aponte as diferenças que caracterizam as formas de uso do espaço de 
praias de Cabo Frio/RJ como opção de lazer e turismo por parte de grupos/segmentos sociais 
distintos. Mínimo de 20 linhas. 
Sobre as diferentes formas de uso do espaço para as práticas de lazer e turismo no espaço de praias 
de Cabo Frio/RJ, o/a aluno/a deverá destacar que as excursões populares são empreendidas por 
pessoas de baixa renda, que se organizam para um dia de lazer na praia arcando com as despesas do 
transporte utilizado na viagem, sendo o seu consumo no local de destino bastante restrito. Nesse 
contexto, medidas que procuram afirmar a exclusão dessas pessoas do cenário turístico da praia 
foram realizadas pela então administração municipal que pretendia inserir Cabo Frio no mercado 
turístico nacional. O/a aluno/a deverá mencionar os conflitos produzidos pela presença dos 
\u201cexcursionistas\u201d pertencentes às camadas populares, ressaltando que as estratégias de segregação ou 
mecanismos de controle dos fluxos desses grupos sociais específicos foram apoiadas por atores 
locais, principalmente por empreendedores turísticos, comerciantes e moradores, e legitimadas pela 
administração municipal através de uma \u201cpolítica de ordenamento do espaço\u201d da praia. 
 
Questão 2 (valor: 6,0 pontos): 
Considerando as políticas adotadas pela administração do município de Cabo Frio/RJ para a 
conciliação de interesses e a mediação dos conflitos produzidos pela presença de visitantes 
pertencentes às camadas mais pobres (\u201cexcursionistas\u201d considerados pejorativamente como 
\u201cfarofeiros\u201d), notadamente na Praia do Forte, comente as ações e intervenções que procuram 
legitimar a exclusão das camadas populares do cenário turístico local. Mínimo de 20 linhas. 
Nesta questão, o/a aluno/a deverá identificar as medidas adotadas pela administração municipal de 
Cabo Frio para a mediação das tensões e conflitos produzidos pela presença dos excursionistas 
notadamente na Praia do Forte. Tais estratégias incluíram a adoção do sistema de estacionamento 
obrigatório dos ônibus de turismo, cobrança de taxa do serviço do estacionamento (sendo as taxas 
maiores aplicadas aos excursionistas), além da instalação de barracas e quiosques no trecho da praia 
utilizado por esses grupos. O/a aluno/a deverá destacar que as medidas adotadas conduziu um 
processo de segregação ou divisão social do espaço da praia, determinando quem usufruiu e explora 
o lugar turístico. O/a aluno/a deverá concluir que as práticas impostas à atividade excursionista na 
praia resultaram na exclusão dos grupos sociais de baixo poder aquisitivo, tradicionalmente 
frequentadores da praia, desrespeitando a regra democrática do direito de usufruto da praia como 
espaço público.