A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
46 pág.
140509_SEMINARIO

Pré-visualização | Página 2 de 2

(gráficos de artigo do Fed St. Louis). 
EUA: Dívida/PIB 
EUA: Receita e Despesa 
EUA: Despesa por Categoria 
EUA: Despesa por Categoria 
EUA: Despesa Compulsória 
(“Entitlements”) 
EUA: Fonte de Receita 
EUA: Alíquotas de Tributação 
por faixa de renda 
Cortes Era Bush 
China: O Reequilíbrio das Fontes 
de Crescimento 
• Estudo interessante do Peterson Institute for International 
Economics: um acompanhamento do reequilíbrio usando os 
dados disponíveis. 
 
• Renda disponível vs. PIB: se a RD está aumentando mais do que o 
PIB e a poupança está constante, há maior capacidade de 
consumo das famílias. 
 
• Setor imobiliário: evidência de que depois dos excessos dos 
últimos dois anos, houve um “pouso relativamente suave”. 
 
• Expansão do setor industrial está mais alinhada com a expansão 
dos serviços. 
China: RD vs. PIB 
 
China: Setor Imobiliário vs. PIB 
 
China: Indústria vs. Serviços 
 
Mas a demografia… 
• Lewis Turning Point (Sir W. Arthur Lewis, Nobel de 1979): economia com dois setores 
– um de subsistência onde há uma oferta “ilimitada” de mão de obra, e outro 
industrial. Ao longo do tempo, o setor industrial absorve a mdo do setor agrícola 
oferecendo salários mais altos, porém ainda abaixo do aumento da produtividade. 
Quando a oferta de mdo do setor agrícola começa a se exaurir, salários no setor 
industrial se elevam mais rapidamente, inibindo o investimento. Economia transita 
para uma taxa de crescimento mais baixa. 
 
• Das e N’Diaye (IMF WP, 2013): dados sugerem iminência do Lewis TP na China. PEA 
começará a encolher até 2020. Portanto, é razoável esperar que a taxa de crescimento 
da China continue a cair no médio prazo (próximos três anos), de 8% para 7% para 6% 
(?)... 
 
• Outro estudo interessante, Eichengreen, Park e Shin (2012): identificar condições que 
determinam a desaceleração de economias que crescem rapidamente. 
• Controlando o efeito de diversas variáveis, o principal fator determinante é a renda per capita 
(em US$ PPP de 2005) – quando alcança entre US$ 15 e 17 mil, o ritmo de crescimento 
começa a cair mais rapidamente. 
• A China deve alcançar este nível em torno de 2015... 
 
 
Eichegreen et al (2012) 
China: O Ônus Demográfico 
começa agora! 
China: Mercado de Trabalho I 
China: Mercado de Trabalho II 
China: Pirâmide Etária… 
China: Development Research 
Center, PRC, Sept. 2012 
Dilma e o trade-off entre 
Crescimento e Inflação 
Brasil: Crescimento vs. Inflação 
• Governo tem dois objetivos: crescimento e inflação, com mesmo peso. 
Meta de “PIB nominal”, sim, ainda que não admitam. 
• Governo achava que tinha dois instrumentos independentes: câmbio e 
juros.. 
• Como câmbio e juros não são independentes e dado que o trade-off entre 
crescimento e inflação tem piorado, o conflito da política econômica se 
exacerbou. 
• Governo não sabe o que fazer com o conflito, por isso a confusão das 
declarações e supostas intenções. A tendência é tentar ignorar o conflito (o 
tempo que der) com medidas que mexam diretamente no processo de 
formação de preços. 
• E quando o espaço para isso acabar, será MESMO que voltam à ortodoxia nos 
juros? 
• A “heterodoxia” que se disseminou assustadoramente desde o final do ano 
passado é difícil de frear uma vez que a marcha tenha sido engatada. 
 
A Piora Comparativa dos 
Trade-offs 
Qual é a Turma do Brasil? 
Qual é a Turma do Brasil? 
Brasil: Crescimento vs. Deflator 
do PIB

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.