cultura dos países que falam a língua inglesa
9 pág.

cultura dos países que falam a língua inglesa


DisciplinaLetras6.183 materiais23.623 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Acadêmicos: 
Rute Cristina Matilde da Cruz 
Tutor Externo: 
Valmir Effting 
 
 
 
RESUMO 
 
O presente trabalho tem como tema principal a cultura dos países que falam a língua inglesa: 
Austrália, África do Sul, Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Nova Zelândia. O principal objetivo 
é caracterizar os principais aspectos sobre cultura, língua inglesa e de que modo ela pode ser 
inserida nas aulas de língua estrangeira, visto que o seguimento do curso em questão é a 
licenciatura. O artigo foi produzido com base em uma pesquisa documental, bibliográfica e com 
fontes retiradas de artigos. Para tanto, o artigo também expõe a visão teórica com base nos 
pensamentos de autores que corroboram com a produção da sua fundamentação teórica, como 
Kramsch, Lima, e outros. Com esses pensamentos expostos, o trabalho não se resume apenas em 
tópicos que expõem os aspectos culturais de cada país, que é o tema principal, mas também trata 
do entendimento em relação ao conceito de cultura e um tópico curto abordando a importância de 
se ensinar cultura inglesa e de que modo inseri-la em sala de aula. Por fim, concluiu-se que a 
variedade da língua inglesa é uma ferramenta poderosa em relação do ensino, pois possui um 
enorme leque de possibilidades que se desviam do habitual. Considera-se também o resultado 
positivo após a conclusão do artigo, não só pelo vasto conhecimento adquirido em relação aos 
países citados na pesquisa, mas também pela reflexão feita durante a pesquisa, sobre a diversidade 
cultural da sociedade em que vivemos e qual o papel do profissional docente frente a essas 
questões aqui abordadas. 
 
Palavras-chave: \u200bCultura. Língua. 
 
1. INTRODUÇÃO 
 
 \u200bQuando falamos da língua inglesa, é preciso sempre avaliar o conceito de língua inglesa que nós 
mesmos adotamos. Numa abordagem tradicional, pensa-se unicamente nas culturas inglesa e 
estadunidense. No entanto, a língua inglesa é uma língua que possui variantes pelo mundo inteiro, 
que vai da América do Norte ao Oceano Pacífico. O inglês tornou-se a língua da comunicação 
mundial, que aos pouco foi sendo disseminada e apropriada por diversas partes do planeta. Portanto, 
quando mencionamos as culturas relacionadas a essa língua, é importante estarmos cientes que 
estamos tratamos das mais variadas partes do mundo, com suas mais variadas culturas. Visto isso, o 
objetivo do artigo é demonstrar, com base na pesquisa, a variedade cultural da língua inglesa e 
 
A partir desta explanação e do seguimento do curso em licenciatura, este trabalho também 
levanta a seguinte questão: de que maneira é possível inserir a cultura inglesa nas aulas de língua 
estrangeira? 
 
1 Rute Cristina Matilde da Cruz 
2 Valmir Effting 
Centro Universitário Leonardo da Vinci \u2013 UNIASSELVI - Curso (FLX0141) \u2013 Prática do Módulo IV - 26/11/2018 
2 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 
 
 
 
2.1 O QUE É CULTURA? 
 
A palavra cultura e seu conceito têm um vasto leque de significados. Em uma explicação 
universal, entende-se que cultura é o conjunto de características de um povo, costumes, valores, 
crenças, símbolos etc. Ainda assim é difícil definir o que é cultura em apenas algumas palavras, 
pois vai muito além disso, como diz Lima (2009) 
 
 
 
 
 
 
Diversos autores já mostraram suas visões sobre a definição de cultura. De acordo com Silva e 
Silva (2006, s.p), a definição de Edward Tylor continua muito atual: 
 
 
 
 
 
 
\u200bPortanto, cultura vai muito além dos costumes e tradições de um determinado povo ou grupo, 
ela engloba também a questão de identidade e de ser pertencente a tal. Sobre isso Kramsch explica 
que: 
 
 
 
 
3 
 
 
 
 
 
 
 
A LÍNGUA INGLESA 
 
 O inglês que conhecemos hoje sofreu influências dos celtas, romanos, povos de origem 
germânicas (frisões, anglo-saxões) e dos vikings, sendo esse último um grande colaborador para a 
retirada de flexões de concordância, número, gênero e pessoa. 
 Atualmente o inglês é a segunda língua mais falada no mundo, ficando atrás do mandarim. 
Mas ainda assim é a língua mais influente da atualidade. O inglês está presente em várias partes do 
mundo, mesmo que em uma pequena parcela. Ela é a língua materna dos Estados Unidos, Austrália, 
Nova Zelândia, Inglaterra e África do Sul. Onde não é língua materna, ela predomina como a língua 
poder, em países como a Ìndia, China e Bangladesh. 
 Em 1985, Kachru elaborou uma proposta em que círculos demonstram o quão grande é a 
expansão do uso da língua inglesa pelo mundo, denominando-os de círculo interno, círculo externo, 
e círculo em expansão. O círculo interno representa os países que têm o inglês como língua materna 
ou primeira língua, o círculo externo representa países que são ex-colônias da Grã- Bretanha e por 
isso ainda usam o inglês como língua franca ou oficial, e o círculo em expansão representa países 
que aprendem o inglês como língua estrangeira sem que a cultura local seja esquecida. 
 
 
ASPECTOS CULTURAIS DOS PAÍSES QUE FALAM INGLÊS 
 
 
INGLATERRA 
 
 
 A cultura da Inglaterra é histórica. A conquista anglo-saxão da Grã-Bretanha celta, a derrota do 
Rei Haroldo na batalha de Hastings, a peste negra de 1349 que dizimou milhares de vidas e outros 
diversos fatores políticos e sociais ajudaram a formar a personalidade inglesa que é conhecida hoje. 
O país faz parte do Reino Unido, junto com o País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte. O inglês 
falado lá é o inglês britânico, que possui variedades linguística em relação aos outros países do 
Reino Unido. O inglês britânico é comumente comparado ao inglês americano, que possui 
diferenças evidentes, como a pronúncia e por vezes, a gramática. 
 Os Ingleses amam pubs, futebol (que eles criaram) e cerveja. A atração mais conhecida do país 
talvez seja o Big Beng, além das famosas cabines telefônicas. Possuem a fama de serem pontuais e 
de tomar chá, mais precisamente às cinco horas da tarde (o five o\u2019 clock tea). Também não se pode 
deixar de citar o amor da população pela rainha e pela família real. 
 
 
 
 
4 
 
 
AUSTRÁLIA 
 
 \u200bA Austrália possui uma enorme riqueza cultural, devido a chegada de imigrantes do mundo todo. 
No entanto, suas tradições são majoritariamente indígenas e de costumes europeus. No dia 26 de 
janeiro é comemorado o \u200bAustralia Day \u200b( Dia da Austrália) que é marcado por festas, atos cívicos e 
comemorações. E no dia 25 de abril se comemora o \u200bAnzac Day, \u200bque relembra os soldados 
australianos mortos durante a Primeira Guerra Mundial. 
 \u200bDevido a proximidade com países asiáticos, a culinária australiana sofre bastante influência. 
Além disso, dentre seus pratos típicos estão o peixe e batatas fritas, além de outros frutos do mar, 
devido ao seu extenso litoral. 
 Mais de 200 línguas são faladas na Austrália. Apesar do inglês ser sua língua oficial, mais de 3.1 
milhões de australianos falam outra língua em casa que não seja o inglês. 
 
 
 
ESTADOS UNIDOS 
 
 A cultura dos Estados Unidos é a mais influente no mundo atualmente. Desde que o país 
assumiu a figura de potência mundial, a partir da Segunda Guerra Mundial, suas músicas, 
programas de televisão, tecnologia, culinária e estilo de vida se tornaram referência mundo a fora. 
É devido a sua colonização, feita pelos ingleses, que os Estados Unidos falam inglês. No entanto, 
vários outros povos migraram para as terras americanas, tais como irlandeses, alemães, franceses e 
escandinavos, fazendo com que