Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
analise economica apol gabarito

Pré-visualização | Página 1 de 3

Questão 1/10 - Análise Econômica
A demanda é a quantidade de um bem ou um serviço que os consumidores desejam adquirir em um período determinado de tempo.
Fonte: TEBCHIRANI, F. R.Princípios de economia: micro e macro. Curitiba, Editora Intersaberes, 2012.
A partir do conceito de demanda, assinale as alternativas a seguir e, identifique os fatores que influenciam a demanda por parte dos consumidores e deslocam a curva de demanda:
I)Fatores sazonais, como Dia das crianças e Dia das Mães.
II)Aumento dos salários reais.
III)Os lucros das empresas.
IV)As preferências dos consumidores.
Nota: 10.0	
	
	A
	Afirmativas, I, II e III, apenas.
	
	B
	Afirmativas, II e III, apenas.
	
	C
	Afirmativas, I,II, III e IV, apenas.
	
	D
	Afirmativas, I, II e IV, apenas.
Você acertou!
As afirmativas I, II e IV são corretas por serem fatores que determinam a demanda, enquanto a afirmativa III se refere às empresas e, portanto, não afetam a demanda ou o deslocamentoda curva de demanda.
Especificamente, a afirmativa I se refere aos fatores sazonais como datas festivas em que há aumento na demanda por determinados produtos. Como, por exemplo, o aumento de demanda por brinquedo nos períodos próximos ao dia das criançasou por presentes femininos no mês de maio devido ao dia das mães.
A afirmativa II se refere ao aumento da renda real dos trabalhadores, ou seja, aumento da renda que desloca a curva de demanda para a direita. E, a afirmativa IV que é a base da teoria do Consumidor, as preferências. Cada consumidor tem uma preferência por determinados bens e pela quantidade de cada bem sendo, portanto, um fator que determina diretamente a demanda. (TEBCHIRANI, 2012, p.37)
	
	E
	Todas as afirmativas.
Questão 2/10 - AnáliseEconômica
A Economia estuda como a sociedade administra os recursos escassos. Assim, o problema econômico fundamental se refere à escassez de recursos, mas existem outros aspectos econômicos estudados pela economia e definidos como princípios econômicos.
Fonte: TEBCHIRANI, F. R. Princípios de economia: micro e macro. Curitiba, Editora Intersaberes, 2012.
São considerados princípios econômicos, apenas as seguintes pressuposições:
Nota: 10.0
	
	A
	A)os trade-offs enfrentados pelas pessoas, a existência de custos ocultos, os incentivos a que as pessoas são influenciadas, a pressuposição de que os mercados são eficientes e a possibilidade de o governo melhorar o mercado em certas circunstâncias. (CORRETA)
Você acertou!
A única alternativa correta é a letra a. Os princípios econômicos se referem a: trade-offs das pessoas e das empresas, custos ocultos ou custos de oportunidade, pessoas respondem a incentivos em relação aos preços dos bens, os mercados são, em geral, eficientes e a necessidade de atuação governamental em casos de externalidades ou poder de mercado em determinados setores que podem ser maléficos ao funcionamento dos mercados. (TEBCHIRANI, 2012, p.15-19)
Nas demais alternativas, todas as informações estão completamente incorretas ou são absurdas do ponto de vista da teoria econômica, sem exceção. Pode-se citar, por exemplo, rendas ilimitadas, igualdade de preços em quaisquer situações, oferta de máquinas pelas famílias, os custos de produção são finitos e inexistentes, etc.
 
	
	B
	B)as pessoas possuemrendas ilimitadas, as pessoas são influenciadas apenas pelos governos, há a necessidade de um governo para produzir alimentos, os custos de oportunidade que é a definição de custo financeiro de produção de bens e as externalidades numéricas.
	
	C
	C)a existência de preços iguais em todos os mercados em quaisquer situações, a necessidade de concentração de renda para haver produção, os custos de produção são sempre finitos, o governo deve sempre definir os custos de oportunidade das pessoas e a oferta por máquinas das famílias.
	
	D
	D)a renda das famílias é sempre igualitária em todos os países em economias capitalistas, a produção deve ter custos infinitos, o mercado é sempre capaz de lidar com as externalidades negativas sem interferência do governo, a ilusãoda existência de preços no mercado e a elasticidade do trade-off.
	
	E
	E)as inovações tecnológicas que diminuem a produtividade das empresas, os modelos econômicos que só analisam economias com recursos abundantes, as famílias que não participam das economias de mercado, o governo que sempre deve concentrar renda e os custos de produção são finitos e inexistentes.
Questão 3/10 - Análise Econômica
A obra de John Maynard Keynes “Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda”, vastamente conhecida peloseconomistas, foi um divisor de águas na economia ao criar as bases da macroeconomia. O autor defendia que durante a Grande Depressão, iniciada em 1929, eram necessárias medidas governamentais para incentivar a demanda e superar a grave crise. Entre 1933 e1937, medidas governamentais foram tomadas para enfrentar a crise, conhecidas comoNew Deal.
Figura 1 – Produto Nacional Bruto real (PNB real), Nível de Preços e Taxa de Desemprego durante a Grande Depressão nos Estados Unidos, 1929-1939.
Fonte: DORNBUSCH, R.; FISCHER, S. STARTZ, R. Macroeconomia. Amadora, Portugal: Editora McGraw-Hill de Portugal, 7ª ed., 550 p., 1999, pg. 404.
A partir da Figura 1, analise as sentenças a seguir, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas.
I)(   ) A gravidade da crise deveu-se à elevação do nível de preços, entre 1929 e 1933 e, pelo significativo crescimento do PNB durante este mesmo período.
II)( ) Durante a Grande Depressão, houve uma redução do produto e um aumento acentuado do nívelde desemprego, demonstrando a gravidade da crise até 1933.
III. ( ) Durante a Grande Depressão, os trabalhadores preferiram não ofertar mão de obra em função de problemas de saúde e, por isso, a taxa de desemprego foi baixa.
IV)( ) Com as medidas adotadaspelo governo, a partir de 1933, o produto voltou a crescer e houve redução do desemprego.
Nota: 0.0
	
	A
	a) V, F, V, F
	
	B
	b) F, F, V, V
	
	C
	c) F, V, F, V
A Figura 1 mostra os efeitos da crise de 1929 em que a taxa de desemprego aumentou significativamenteaté 1934, reduziu nos anos seguintes, mas ainda se manteve alta até 1939. Enquanto o produto apresentou trajetória contrária, entre 1929 e 1933, sócrescendo novamente, a partir do New Deal, iniciado em 1933. As únicas alternativas que se referem ao comportamento destas variáveis são as afirmativas II e IV.
A afirmativa I é falsa porque tanto os níveis de preços quanto o produto decresceram entre 1929 e 1933. Enquanto a afirmativa III é falsa por alegar que a taxa de desemprego foi baixa porque os trabalhadores preferiram não trabalhar por motivos de saúde, o que é uma afirmação completamente absurda. (TEBCHIRANI, 2012, p.25-26)
 
	
	D
	
d) V, V, F, F
	
	E
	e) F, V, V, F
Questão 4/10 - Análise Econômica
Um drone, avião não tripulado, sobrevoa os canaviais deuma fazenda em Lençóis Paulista, no interior de São Paulo. O objetivo é encontrar falhas de plantio: áreas em que a safra está comprometida por mudas que não vingaram ou contaminada por pragas. O uso das tecnologias reduziu à metade as áreas com rendimentoabaixo do esperado. Estas melhorias no manejo, aumentaram a produtividade do agronegócio brasileiro — e a importância do setor para a economia do país.
Fonte: <http://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/1101/noticias/no-campo-a-tecnologia-garante-o-futuro> Acesso em 11 abr. 2016 (adaptado)
A utilização de tecnologias como o drone aumenta a produção de cana de açúcar.
Porque
A adoção de tecnologias aumenta a produtividade da safra canavieira ao identificar mais rapidamente os focos de pragas,aumentando a produção e deslocando a curva de oferta para a direita.
A respeito destas assertivas, assinale a opção correta.
Nota: 10.0
	
	A
	A)As duas assertivas são falsas e a primeira explica a segunda.
	
	B
	B)A assertiva I é falsa e a II é verdadeira
	
	C
	C)As duas assertivas são verdadeiras e a segunda
Página123