Sucessão de empresas, terceirização, cooperativas de trabalho e empresa prestadora de serviços - Direito do Trabalho I
34 pág.

Sucessão de empresas, terceirização, cooperativas de trabalho e empresa prestadora de serviços - Direito do Trabalho I


DisciplinaDireito do Trabalho I23.412 materiais474.818 seguidores
Pré-visualização2 páginas
DIREITO DO TRABALHO 
 SUCESSÃO DE EMPRESAS;
 COOPERATIVAS DE TRABALHO;
 TERCEIRIZAÇÃO; E 
 EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS.
SUCESSÃO DE 
EMPRESAS
Fenômeno pelo qual ocorre a transferência de titularidade de empresa ou estabelecimento, com transmissão de créditos pela sucedida e assunção de dívidas pela sucessora.
SUCESSÃO DE EMPRESAS
Três princípios fundamentam a sucessão empresarial no âmbito trabalhista:
Continuidade;
 Despersonalização do empregador; 
 Intangibilidade contratual objetiva.
Antes da Lei 13.467/2017, não havia regramento específico sobre sucessão trabalhista, embora tal fenômeno já decorresse das redações dos artigos 10 e 448 da CLT.
SUCESSÃO DE EMPRESAS
A Lei 13.467/2017 buscou disciplinar a matéria de forma expressa, sanando dúvidas que existiam sobre a questão. Editou-se o art. 448-A da CLT
Inicialmente, a lei nova previu, em caso de sucessão empresarial, a responsabilidade da empresa sucessora, não apenas quanto às obrigações trabalhistas posteriores à sucessão, mas também em relação aos débitos antigos.
SUCESSÃO DE EMPRESAS
Artigo 448 \u2013 A (Reforma trabalhista)
Caracterizada a sucessão empresarial ou de empregadores prevista nos arts. 10 e 448 desta Consolidação, as obrigações trabalhistas, inclusive as contraídas à época em que os empregados trabalhavam para a empresa sucedida, são de responsabilidade do sucessor. 
Parágrafo único. A empresa sucedida responderá solidariamente com a sucessora quando ficar comprovada fraude na transferência. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 13.7.2017)
SUCESSÃO DE EMPRESAS
Artigo 10 \u2013 A CLT (Reforma trabalhista)
O sócio retirante responde subsidiariamente pelas obrigações trabalhistas da sociedade relativas ao período em que figurou como sócio, somente em ações ajuizadas até dois anos depois de averbada a modificação do contrato, observada a seguinte ordem de preferência:
I - a empresa devedora; 
II - os sócios atuais; e 
III - os sócios retirantes. 
Parágrafo único. O sócio retirante responderá solidariamente com os demais quando ficar comprovada fraude na alteração societária decorrente da modificação do contrato. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 13.7.2017)
COOPERATIVAS DE TRABALHO
Cooperativa é uma organização constituída por membros de determinado
grupo econômico ou social que objetiva desempenhar, em benefício comum, determinada atividade. 
COOPERATIVAS DE TRABALHO
As premissas do cooperativismo são:
 Identidade de propósitos e interesses;
 Ação conjunta, voluntária e objetiva para coordenação de contribuição e serviços;
 Obtenção de resultado útil e comum a todos.
COOPERATIVAS
Cooperativa é uma forma de associação entre indivíduos que tem como objetivo uma atividade comum, e que seja trabalhada de forma a gerar benefícios iguais a todos os membros, os chamados cooperados.
A base do funcionamento de uma cooperativa é a ação mútua, em cooperação. O investimento para todas as partes é o mesmo e o retorno também.
Uma das atividades mais básicas em cooperativa é a compra de suprimentos para pequenos produtores. Por exemplo, um grupo de vários produtores reunidos consegue negociar melhores preços com os fornecedores do que isoladamente, ao comprar em quantidades pequenas.
COOPERATIVAS DE TRABALHO
Entre as cooperativas mais comuns estão as cooperativas agrícolas, organizações de trabalhadores rurais independentes que através da cooperativa vendem sua produção. E também a cooperativa de crédito, uma espécie de banco ou financeira, mas que não tem como objetivo o lucro para os investidores da companhia, e sim a geração de renda entre todos os cooperados.
Uma cooperativa no Brasil deve reunir um grupo social ou econômico que tenha o mesmo propósito e interesses, sob a forma de uma ação conjunta que deve ser voluntária, e os resultados devem ser comum a todos.
O cooperativismo no Brasil é regulado pela Lei 5.764 de 16 de dezembro de 1971.
CARACTERÍSTICAS DAS COOPERATIVAS DE TRABALHO
1) É uma sociedade de pessoas.
2) O objetivo principal é a prestação de serviços.
3) Pode ter um número ilimitado de cooperados.
4) O controle é democrático: uma pessoa = um voto.
5) Nas assembleias, o \u201cquorum\u201d é baseado no número de cooperados.
CARACTERÍSTICAS DAS COOPERATIVAS DE TRABALHO
6) Não é permitida a transferência das quotas-par­te a terceiros, estranhos à sociedade, ainda que por herança.
7) Retorno proporcional ao valor das operações.
8) Não está sujeita à falência.
9) Constitui-se por intermédio da assembleia dos fundadores ou por instrumento público, e seus atos constitutivos devem ser arquivados na Jun­ta Comercial e publicados.
CARACTERÍSTICAS DAS COOPERATIVAS DE TRABALHO
10) Deve ostentar a expressão \u201ccooperativa\u201d em sua denominação, sendo vedado o uso da expres­são \u201cbanco\u201d.
11) Neutralidade política e não discriminação religiosa, social e racial.
12) Indivisibilidade do fundo de reserva entre os sócios, ainda que em caso de dissolução da sociedade.
Saliente-se que a cooperativa existe com o intuito de prestar serviços a seus associados, de tal forma que possibilite o exercício de uma atividade comum econômica, sem que tenha ela fito de lucro.
IMPOSTOS COOPERATIVAS DE TRABALHO
PIS e COFINS; PIS/PASEP folha de pagamento; Contribuição Social e Imposto de Renda; FGTS; INSS; ISS; ICMS e IPI.
COOPERATIVAS DE TRABALHO
Sociedade constituída por trabalhadores para o exercício de suas atividades laborativas ou profissionais com proveito comum, autonomia e autogestão para obterem melhor qualificação, renda, situação socioeconômica e condições gerais de trabalho. 
A regulamentação das Cooperativas de Trabalhos é determinada pela Lei 12.690/2012.
COOPERATIVAS SOCIAIS
A Lei 9.867/1999 dispõe sobre a criação e o funcionamento de Cooperativas Sociais, constituídas com a finalidade de inserir as pessoas em desvantagem no mercado econômico, por meio do trabalho, fundamentadas no interesse geral da comunidade em promover a pessoa humana e a integração social dos cidadãos.
COOPERATIVAS DE CRÉDITO
Têm por objetivo fomentar as atividades do cooperado via assistência creditícia. É ato próprio de uma cooperativa de crédito a captação de recursos, a realização de empréstimos aos cooperados bem como a efetivação de aplicações financeiras no mercado, o que propicia melhores condições de financiamento aos associados.
TERCEIRIZAÇÃO 
Contratação de serviços por meio de empresa, intermediária (interposta) entre o tomador de serviços e a mão de obra, mediante contrato de prestação de serviços. A relação de emprego se faz entre o trabalhador e a empresa prestadora de serviços, e não diretamente com o contratante (tomador) destes.
 
TERCEIRIZAÇÃO 
Que tipo de serviços terceirizados posso contratar?
 
Qual o tempo de duração dos contratos?
 
O que preciso saber antes de contratar uma terceirizada?
 
TERCEIRIZAÇÃO 
 
Como deve ser feito o contrato de prestação de serviços?
 
Como proceder caso precise de outros serviços durante a vigência do contrato?
 
Quais as vantagens de contratar serviços terceirizados?
 
EMPRESA 
PRESTADORA DE SERVIÇOS
Qualquer empresa cujo lucro obtido provenha da exclusiva prestação de serviços, que é caracterizada pela obrigação de fazer algo a alguém mediante remuneração.
CONTRATO 
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
CONTRATO DE EMPREITADA
Contrato mediante o qual o proprietário da obra contrata um empreiteiro, que se obriga a realizar uma obra específica, pessoalmente ou por intermédio de terceiros, mediante remuneração.
CONTRATO DE EMPREITADA
CONTRATO DE SOCIEDADE
Os sujeitos, diferentemente da relação de trabalho, em que temos o empregado e o empregador, são os sócios que visam a obtenção de lucro e mantêm relação de igualdade entre si, dividindo lucros e dividendos, vedando a sociedade leonina.
MANDATO
Quando alguém recebe de outrem poderes para, em seu nome, praticar atos ou administrar interesses, mediante forma expressa ou tácita, verbal ou escrita.
Instrumento