A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
15 pág.
Linguística Aplicada à Língua Portuguesa objetiva I e II flex

Pré-visualização | Página 1 de 4

Linguística Aplicada à Língua Portuguesa (LET37)
	Avaliação:
	Avaliação I - Individual FLEX ( Cod.:443671) ( peso.:1,50)
	Prova:
	10661386
	Nota da Prova:
	8,00
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Com relação às variações linguísticas do português brasileiro, podemos entender que existem diferentes formas de proferir um discurso, pronunciar uma palavra, escolher o léxico, estruturar a frase. Essa noção contribui para a reflexão do que é "erro" na língua e suas implicações para a educação linguística nas escolas. A esse respeito, leia o excerto a seguir, retirado da página da pesquisadora Bortoni-Ricardo, acerca do estatuto do erro na língua:
"Na fala, como acabamos de argumentar, não enfatizamos erros, enxergando-os apenas como diferenças entre maneiras possíveis e competitivas de se falar: "se ele vinher" e "se ele vier" são duas maneiras de dizer a mesma coisa, a primeira associada a estigma na ecologia sociolingüística do português do Brasil e a segunda, prestigiada."
Considerando o contexto do ensino de língua descrito no texto, avalie as asserções a seguir:
I- "Se ele vinher" não representa erro linguístico.
PORQUE
II- Todo falante constrói frases e textos de acordo com os mecanismos internalizados que regem sua modalidade de língua.
Assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: BORTONI-RICARDO, S.M. O Estatuto do erro na língua oral e na língua escrita. Disponível em: http://www.stellabortoni.com.br/index.php/artigos/1251-o-istatuto-io-iaao-oa-liogua-oaal-i-oa-liogua-isiaita-65368652. Acesso em: 13 jun. 18.
	 a)
	Tanto a primeira asserção como a segunda são proposições falsas.
	 b)
	As duas asserções são proposições verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira.
	 c)
	A primeira asserção é uma proposição verdadeira, e a segunda é uma proposição falsa.
	 d)
	As duas asserções são proposições verdadeiras, mas a segunda não é justificativa correta da primeira.
	2.
	Leia o meme presente nesta questão, que retrata a teoria de Saussure com um tom humorístico:
I- O efeito de humor do texto 1 está presente nos conceitos de sintagma e paradigma, presentes na teoria saussuriana, e correspondem, respectivamente: (1) a um "banco de reservas" de uma língua em que suas unidades se excluem e se opõem; e (2) conjunto de elementos dispostos lado a lado que conservam relações muito estreitas entre si.
II- Em "o estudante se ausentou", podemos substituir "o estudante" por "o acadêmico", por "João", ou "Maria". Os elementos linguísticos "o estudante", "o acadêmico", "João", "Maria" são elementos linguísticos que poderiam ocupar as mesmas posições da oração, mantendo entre si uma relação sintagmática. 
III- Quando analisamos a relação dos termos uns atrás dos outros em uma sequência linear, consideramos o eixo paradigmático. No texto 1, "brinca-se" com esse conceito com base na compreensão de que um relacionamento (de amizade ou romântico) é composto por pessoas distintas entre si, mas com evidências de que combinam.
Assinale a alternativa CORRETA:
FONTE DA IMAGEM: Disponível em: <https://i2.wp.com/geradormemes.com/media/created/gm43yu.jpg>. Acesso em: 19 jun. 18.
	
	 a)
	Somente a sentença III está correta.
	 b)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 c)
	Somente a sentença I está correta.
	 d)
	Somente a sentença II está correta.
	3.
	O texto a seguir é um excerto da entrevista com a pesquisadora e especialista no ensino da leitura, Carla Coscarelli, disponibilizada no portal on-line "Escrevendo o Futuro":
São frequentes as notícias de que muitos alunos terminam o Ensino Fundamental sem saber ler. Isso realmente acontece? 
A linguagem e a leitura são competências que as pessoas precisam desenvolver. É preciso procurar formas de detectar o problema e propor ações para solucioná-lo. Às vezes a escola não sabe como lidar com a leitura. Então, quando eu penso em modelo de leitura, busco integrar uma série de estudos. Quando se analisa o livro didático, percebe-se que a maioria das atividades é de localizar a informação, identificar qual é o tema do texto e dar uma opinião ou sair do texto. Trabalha-se pouco com o léxico, a sintaxe, a inferência. Aí, quando chegam as avaliações em massa, como do SAEB [Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica], ENEM [Exame Nacional do Ensino Médio], há um buraco enorme. Constata-se o que a escola ensina e as crianças conseguem se sair bem, por exemplo, localizar informações no texto, dar uma opinião ou extrapolar ou depreender o tema. Mas nas operações inferenciais, tão fundamentais na leitura, os estudantes não se dão bem. Isso precisa ser trabalhado e ainda não foi incorporado pela escola, pelo livro didático. Eu penso a leitura muito como operação mental, como um processo ativo do leitor, em que o professor pode interferir e ajudar. 
Das passagens a seguir, retiradas do texto, assinale a alternativa CORRETA cujo conteúdo é apropriado para exemplificar a definição de língua como forma ("lugar") de interação:
FONTE: https://www.escrevendoofuturo.org.br/conteudo/biblioteca/nossas-publicacoes/revista/entrevistas/artigo/556/entrevista-carla-coscarelli. Acesso em: 18 jun. 2018.
	 a)
	[...] a escola não sabe como lidar com a leitura.
	 b)
	[...] a escola ensina e as crianças conseguem se sair bem, por exemplo, localizar informações no texto.
	 c)
	[...] a maioria das atividades é de localizar a informação, identificar qual é o tema do texto e dar uma opinião ou sair do texto.
	 d)
	Eu penso a leitura muito [...] como um processo ativo do leitor.
	4.
	Diferentes termos teóricos voltados à gramática perpassaram seus estudos, tais como: gramática normativa, teoria da gramática, gramática descritiva, agramaticalidade. Sobre gramática normativa e descritiva, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A gramática descritiva valida os usos e as sentenças praticados por diferentes comunidades linguísticas.
(    ) A gramática normativa padroniza a língua, considerando uma variedade apenas como válida.
(    ) A noção de gramática descritiva tem levado professores a acreditarem que o ensino de língua portuguesa se limita a exercícios de aprendizagem de regras e nomenclaturas.
(    ) A gramática normativa tende a considerar que a língua varia em diferentes aspectos para prescrever regras linguísticas.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - F - F - V.
	 b)
	V - V - F - F.
	 c)
	F - V - V - F.
	 d)
	V - V - F - V.
	5.
	Tratar do ensino e aprendizagem da língua requer considerar elementos das diferentes gramáticas descritivas e da parte de descrição que aparece nas gramáticas normativas. Sobre essa concepção, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Por meio da teoria da gramática, buscamos reconhecer a prescrição das regras linguísticas para que nossos alunos possam se expressar corretamente.
	 b)
	A teoria da gramática, assim como a gramática normativa, procura ditar regras aos usuários da língua.
	 c)
	A gramática normativa trata de todas as frases gramaticais que pertencem à língua, enquanto que a gramática descritiva verifica a agramaticalidade da frase.
	 d)
	Não podemos confundir a gramática teórica com a gramática normativa, uma vez que a gramática teórica trabalha com vários elementos linguísticos.
	6.
	Texto 1
Mas o que é a língua? Para nós, ela não se confunde com a linguagem; é somente uma parte determinada, essencial dela, indubitavelmente. É, ao mesmo tempo, um produto social da faculdade de linguagem e um conjunto de convenções necessárias, adotadas pelo corpo social para permitir o exercício dessa faculdade nos indivíduos (SAUSSURE, 2004, p. 17).
FONTE: SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de linguística geral. São Paulo: Cultrix, 2004.
Texto 2
O pensamento Vigotskyniano, porventura, mais relevante, mais inovador e que mais marcante refere-se à comunicação,