A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Avaliação II - Antropologia Social e Cultural

Pré-visualização | Página 1 de 2

Disciplina:
	Antropologia Social e Cultural (PSI24)
	Avaliação:
	Avaliação II - Individual FLEX ( Cod.:443362) ( peso.:1,50)
	Prova:
	10796327
Parte superior do formulário
	1.
	Desde o surgimento da Antropologia, vem sendo construído um considerável acervo de conhecimentos sobre a espécie humana. Isso porque a Antropologia é uma disciplina dinâmica. Os temas e as formas que foram abordados em sua fase clássica, no século XIX, diferem de muitas maneiras da antropologia praticada hoje. Sobre a Antropologia do século XIX, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Atentou-se para o estudo de grupos e sociedades arcaicas em territórios coloniais, com destaque para os sistemas de parentesco, de religião e das instituições.
(    ) Procurou determinar padrões e comportamentos culturais, identificando regularidades e temperamentos que condicionavam os papéis sociais dos indivíduos pesquisados.
(    ) A Antropologia do século XIX era feita primeiramente a partir de espaços fechados, sem contato direto com os povos, os costumes e as instituições pesquisadas.
(    ) A Antropologia do século XIX tinha como foco de ação a atitude estruturalista, resultando na investigação sobre a linguagem e na classificação das estruturas sociais.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - F - V.
	 b)
	F - F - V - F.
	 c)
	F - V - V - F.
	 d)
	V - F - V - F.
	2.
	Clifford Geertz é um antropólogo americano que desenvolveu as bases da Antropologia Interpretativista. Para Geertz (2008), a disciplina deveria ter um sentido mais interpretativo, buscando as teias de significado da cultura. Um de seus estudos clássicos foi realizado em Bali, onde empregou sua teoria para desvendar, dentre outras coisas, os sentidos das brigas de galo. Segundo Geertz, sobre estas lutas em rinha, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A briga de galo deve ser entendida como um drama social recriado, em que os conflitos sociais são harmonizados e resolvidos de maneira simbólica.
(    ) Os galos são entendidos enquanto ampliação da personalidade de seus proprietários, explicitando uma rivalidade entre status dos homens participantes.
(    ) As brigas de galo em Bali são práticas culturais de cunho religioso, envolvendo diversos grupos sociais rivais que lutam na rinha de galo.
(    ) A briga de galo em Bali explicita aspectos culturais nos quais os homens se realizam simbolicamente no que lhe é proibido, o comportamento animal. 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 2008.
	 a)
	F - F - V - V.
	 b)
	F - V - F - V.
	 c)
	V - V - V - F.
	 d)
	V - F - F - V.
	3.
	A antropóloga Mary Douglas (1976), na obra "Pureza e perigo", aponta que a sujeira é essencialmente desordem. Eliminar a sujeira não é um esforço negativo, mas positivo, voltado à reorganização. Para a autora, o maior problema seria: 
I- O desequilíbrio no uso dos recursos naturais. 
II- Ligar os conceitos de sujeira e desordem a pessoas e grupos. 
III- Os problemas ambientais de nossa época.
IV- Os conflitos armados e sua capacidade de trazer perigos e destruição.
Assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: DOUGLAS, Mary. Pureza e perigo. São Paulo: Perspectiva. 1976.
	 a)
	Somente a afirmativa I está correta.
	 b)
	As afirmativas I e IV estão corretas.
	 c)
	Somente a afirmativa II está correta.
	 d)
	As afirmativas III e IV estão corretas.
	4.
	O antropólogo inglês Victor Turner (1920-1983) interessou-se pelos mecanismos de resolução dos conflitos sociais nas sociedades Ndembu, na África. Disso, resultou uma contribuição importante para as Ciências Sociais através do conceito de ritos sociais. Com relação a esta categoria, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Os ritos sociais podem ser entendidos enquanto ampliação da personalidade de seus proprietários, explicitando uma rivalidade entre status dos homens participantes. 
(    ) Os ritos sociais são formas presentes nas sociedades do passado voltadas a manter o grupo unido em torno das lideranças religiosas e políticas de uma comunidade.
(    ) Os ritos são expressões da cultura que permitem aos seus praticantes vivenciar e dramatizar suas experiencias sociais, com destaque para o papel do símbolo. 
(    ) Os ritos sociais expressam as formas pelas quais as classes sociais interagem, reduzindo as distâncias entre si, em grandes festivais religiosos. 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - F - V.
	 b)
	F - V - F - V.
	 c)
	V - F - F - V.
	 d)
	F - F - V - F.
	5.
	O termo multiculturalismo refere-se a uma tomada de posição com relação à diversidade cultural, ou seja, refere-se a uma posição assumida sobre as relações entre as diferentes culturas. Sobre o conceito de multiculturalismo, analise as sentenças a seguir:
I- O multiculturalismo representa ao mesmo tempo uma posição política de defesa aos direitos e respeito à diversidade humana.
II- O multiculturalismo representa apenas um campo de estudos sobre a defesa da diversidade cultural.
III- O multiculturalismo assegura os direitos sociais das chamadas minorias ou grupos, através de políticas públicas de ações afirmativas.
IV- O multiculturalismo é um movimento social que luta exclusivamente pelos direitos da população negra, nos diferentes países em que houver esta demanda social. 
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças II e III estão corretas.
	 b)
	Somente a sentença I está correta.
	 c)
	Somente a sentença IV está correta.
	 d)
	As sentenças I e III estão corretas.
	6.
	O conceito de "Cultura" é central para a Antropologia, sua parte mais elementar. Na obra "A Invenção da Cultura", o antropólogo Roy Wagner desenvolve essa reflexão, discutindo a cultura como uma criação da mente do antropólogo. Segundo Roy, a cultura é uma invenção. Sobre o exposto, analise as afirmativas a seguir:
I- O antropólogo critica as perspectivas de uma cultura universal, única, voltando-se para uma pluralidade possível de observar as culturas.
II- Segundo Roy, a noção de cultura é uma construção aberta e criativa realizada na experiência do antropólogo, de suas investigações e origem social.
III- Segundo Roy, a etnografia é um trabalho insuficiente para que a Antropologia seja considerada uma Ciência, apresentando-se, então, como uma ciência inventada.
IV- A partir da etnografia, o antropólogo experiencia a relativização da sua própria cultura para acessar a cultura do outro, questionando as suas próprias categorias, resultando num esforço de invenção e reinvenção.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas I e III estão corretas.
	 b)
	As afirmativas II, III e IV estão corretas.
	 c)
	As afirmativas I, II e IV estão corretas.
	 d)
	As afirmativas III e IV estão corretas.
	7.
	A noção de cultura tornou-se central para a disciplina antropológica. Foi com o evolucionista Edward Tylor que se elaborou uma primeira concepção de cultura. Todavia, tal conceito sofreu críticas e recebeu contribuições. Uma delas foi do antropólogo Franz Boas. Sobre o entendimento de Boas sobre cultura, analise as afirmativas a seguir: 
I- Em sua crítica ao evolucionismo, Franz Boas desenvolveu uma noção de cultura baseada nas explicações e nas análises do particularismo histórico.
II- Com a explicação cultural desenvolvida por Franz Boas, iniciou-se as críticas ao modelo de cultura, com base no evolucionismo.
III- Para Boas, a cultura é um complexo que inclui conhecimentos, crenças, artes, moral, leis e que são adquiridos através da evolução das espécies.
IV- Franz Boas discutiu a noção de cultura a partir da distinção entre o instinto animal e a transmissão cultural entre as sociedades, tendo como base a reflexão das necessidades

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.