A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
tcc1 graciana completo

Pré-visualização | Página 1 de 3

_________________________________________________
GRACIANA MOREIRA DOS PASSOS
FATORES QUE INFLUENCIAM NO DESMAME PRECOCE
Guarapari
2018
GRACIANA MOREIRA DOS PASSOS
FATORES QUE INFLUENCIAM NO DESMAME PRECOCE
	
Projeto apresentado ao Curso de Enfermagem da Faculdade Pitágoras Guarapari, com requisito parcial para obtenção do título em Bacharel em Enfermagem. 
Orientador: Danielle Burkle
Guarapari
2018
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO
A amamentação além de ser um ato essencial é um momento prazeroso tanto para a mãe como para a criança, pois nesse momento natural e de intimidade criam-se vínculos entre mãe e filho, além disso, o leite materno é o alimento mais indicado para o recém-nascido, pois ele é um alimento completo e rico, que promovendo inúmeros benefícios nutricionais e imunológicos, sendo essencial e indispensável para o crescimento saldável da criança. 
Diante disso, muitas vezes por falta de informação e orientação, é comum oferecer alimentos e quebrar o aleitamento exclusivo, gerando grandes riscos e consequências para a saúde e desenvolvimento da criança. O desmame precoce pode ser desencadeado por diversos fatores como a falta de orientação das mães, problemas mamários, questões culturais, falta de tempo, pouca produção de leite, entre outros diversos fatores que quando analisados e trabalhados de forma correta, podem evitar que o desmame ocorra antes do tempo preconizado pela Organização Mundial de Saúde.
A amamentação é insubstituível para a criança, pois evita vários problemas como reações alérgicas, desnutrição, intoxicação, e problemas com a imunidade. Além dos incontáveis benefícios que o aleitamento traz para o bebê, ele cria um vínculo materno maior com a mãe, fazendo com que elas se sintam são mais seguras durante esse processo, gerando benefícios físicos, nutricionais e psíquicos para ambos.
1.1 O PROBLEMA
O que os profissionais de saúde estão fazendo para evitar o desmame precoce?
2 OBJETIVOS
2.1 OBJETIVO GERAL OU PRIMÁRIO 
Demonstrar os conhecimentos sobre fatores determinantes no que diz respeito ao desmame precoce.
2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS OU SECUNDÁRIOS 
Compreender as desvantagens para a lactante e o lactente com o 
 desmame precoce;
Demonstrar a importância do leite materno para o bebê;
Demonstrar a necessidade de um profissional de enfermagem contribuir para que as mães não façam o desmame precoce.
3 JUSTIFICATIVA 
Esse Tema é de grande relevância para a mãe e o desenvolvimento do recém-nascido, pois o leite materno proporciona grandes vantagens desde o nascimento até os dois primeiros anos de vida da criança, e o desmame precocemente afeta a saúde do bebê. 
A pesquisa tem por finalidade conscientizar as mães das consequências que atinge os lactentes devido ao desmame precoce.
E vem aumentando cada vez mais o número de mulheres que deixam de amamentar por problemas de saúde, pelos mamilos que racharam ou até mesmo por estética. 
Como o desmame precoce leva o recém-nascido à perda de vários benefícios, essa pesquisa poderá ajudar a sociedade de uma forma geral, a conscientizar a importância da amamentação exclusiva ao lactente até os dois primeiros anos de vida, pois a amamentação exclusiva ajudar a evitar alguns problemas de saúde na criança.
4 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
 O leite materno é o melhor alimento para recém-nascidos, pois é um alimento completo, rico em diversos tipos de nutrientes e anticorpos que proporciona o desenvolvimento da imunidade contribuindo para o crescimento saldável da criança. Amamentar ajuda também a mulher, pois ela irá desenvolver maiores vínculos com a criança, tendo em vista também que a amamentação reduz as chances de desenvolver algumas doenças como o câncer de mama além de fortalecer o vínculo entre a mãe e a criança. (BRASIL, 2002; REA, 2004).
Elabore um parágrafo introdutório, sem citação.
Diante de tantos benefícios, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o AME (leite materno como única fonte de nutrientes e água) por seis meses e, a partir desse período, complementado por outros alimentos por dois ou mais anos. (SILVA et al., 2008, p. 276; FRANCO, 2008, p. 291)
 São vários os fatores que podem contribuir para o desmame precoce, os ambientes, sociais e emocionais influenciam diretamente na amamentação, e se faz necessário que o enfermeiro esteja presente realizando acompanhamento para evitar complicações nesse processo. (BRASIL, 2006)
 Desmame precoce é quando o bebe faz ingestão de qualquer outro alimento além do leite materno, inclusive a água, antes dos 6 meses de. A falta de informação é um fator determinante para que ocorra o desmame precoce, além disso a mãe pode encontrar vários fatores dificultantes na hora da amamentação que podem desencadear o processo de desmame no momento errado (GIUGLIANI, 2004).
 Segundo Vieira (2010), a duração da amamentação mesmo com pessoas que tem conhecimento sobre a sua importância é curta, principalmente em países subdesenvolvidos. No planeta em média apenas a metade das mães amamenta seus filhos por 2 anos ou mais; A realidade do Brasil é que menos da metade das crianças recebem o leite materno até os 12 meses.
 De acordo com os protocolos da OMS, ela preconiza alimentar a criança apenas com o leite materno até os seis meses de vida, para então começar a oferecer outros tipos de alimento.
Essa recomendação foi adotada em março de 2001, embasada em uma em uma revisão de literatura sistemática sobre a duração ótima do aleitamento exclusivo. Essa revisão mostrou que a amamentação exclusiva por seis meses traz benefícios para a mão e para o filho, sem prejudicar o crescimento da criança. O principal argumento contra a introdução precoce de alimentos diferentes do leite materno é o aumento da morbidade, especialmente em locais com condições precárias de higiene. O consumo precoce de desses alimentos diminui a ingestão de leite materno e, consequentemente, a oferta de fatores de proteção contra infeções existentes no mesmo, além disso, os alimentos podem ser uma importante fonte de contaminação das crianças. (GIUGLIANI, 2002, p. 11).
 De acordo com Ramos e Almeida (2003) alguns fatores como a pouca produção de leite, problemas relacionados a mama, falta de habilidade para amamentar, falta de tempo, trabalho são contribuintes para que o processo de desmame precoce aconteça.	Comment by Paula Mestre Ferreira Batistella: A citação dentro do texto não deve ser em caixa alta. Ajuste em todo o trabalho. 
 Segundo Passanha, Cervatomancuso, Silva (2010) quando a criança é desmamada precocemente aumenta a probabilidade de que ela possa a desenvolver doenças e casos de desnutrição, levando um crescimento no índice de mortalidade. Ainda segundo os autores algumas medicações enfermidades como a tuberculose, hanseníase, vírus HIV, herpes e a desnutrição materna levam as mães a interromperem a amamentação de seus filhos antes do tempo indicado. 
O trabalho fica comprometido se maioria dos parágrafos está desta maneira. Isto denota que não fez as inter-relações para a construção de um texto acadêmico/ científico. Crie parágrafos que ligue, ou explique os conteúdos apresentados.
 A idade da mãe também é um fator que contribui para que o desmame precoce, assim como a necessidade de trabalhar antes da criança completar seis meses de idade. Fatores como o uso de chupeta, vergonha de amamentar em público, faltas nas consultas de pré-natal proporcionam também que este fato ocorra. (BRASILEIRO,2012; WARKENTIN,2013).
 Algumas Crenças de que leite de vaca induz um melhor crescimento, uso de chás em quadros de cólicas do bebe, alterações no humor e atividade intestinal da criança fazem com que as mães quebrem a exclusividade do leite materno, geralmente esses episódios estão fortemente relacionados a falta de informação. (CARVALHAES, 2007).
 De acordo com Nyqvist e Ewald (2006)

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.