A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
38 pág.
simulados e avaliandos creche

Pré-visualização | Página 1 de 13

1a Questão (Ref.: 201403171699)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Assinale a alternativa que indique o paradoxo que não corresponda à realidade da infância, da educação infantil e da criança na sociedade brasileira.
		
	 
	Na LDB 9394/96, a educação infantil é incorporada à educação básica; entretanto, parte das creches, em especial aquelas que servem às classes populares, ainda trabalham numa perspectiva assistencial.
	
	A educação infantil, com a LDB 9394/96, passa a constituir a educação básica; entretanto, nas escolas, ainda vemos uma separação nítida, tanto em relação aos currículos, quanto em relação ao tratamento de seus profissionais.
	 
	As Diretrizes Curriculares Nacionais instituem os princípios éticos, estéticos e cognitivos e orientam as propostas pedagógicas das instituições exigindo que estas se reformulem em cumprimento à lei, mas que mantenham práticas de educação assistencialista.
	
	A Constituição Federal de 1988 coloca a educação infantil como dever do Estado, direito da criança e opção da família; entretanto, convive-se hoje no país com alto índice de crianças sem acesso à educação infantil por falta de oferta.
	
	O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) estabelece a criança como protagonista, sujeito de direitos, mas ainda assim as crianças no Brasil sofrem maus-tratos, abuso e violência.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201403256350)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	O código de 1927, primeiro conjunto de leis voltado especificamente para crianças no Brasil, foi o marco da infância brasileira desigual, onde o foco verdadeiro era defender a sociedade do "menor infrator". A respeito desse período está CORRETO afirmar que:
		
	 
	foi marcado pelo autoritarismo de uma politica centralizadora caracterizada pela exclusão total ou parcial e a inexistência da cidadania infantil.
	 
	¿o menor infrator¿ era obrigado a cumprir pena a partir da liberdade assistida e da semiliberdade.
	
	as creches e pré-escolas passaram a ser direitos das crianças.
	
	aconteceu o inicio da luta pelos direitos da infância e juventude brasileira.
	
	surgiram as rodas dos expostos.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201403125371)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A brincadeira permite à criança transitar entre mundos opostos que delimitam a realidade e a fantasia. O real e o imaginário se misturam abrindo a possibilidade de criação que instiga a viver com mais energia e alegria, encarando as dificuldades com mais leveza. As atividades devem concentrar-se em brincadeiras corporais - tocar e ouvir - engatinhar e andar, atirar, botar, balançar e empurrar objetos, fazer percursos, contornar obstáculos. Essas atividades são indicadas para crianças de:
		
	 
	0 a 3 anos
	
	5 a 6 anos
	
	4 a 5 anos
	
	3 a 6 anos
	
	5 a 7 anos
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201403172113)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	As propostas pedagógicas da educação infantil devem respeitar os princípios defendidos nas Diretrizes Curriculares para Educação Infantil, que são: Princípios Éticos, Princípios Políticos e Princípios Estéticos. Sabendo disso, uma pré-escola pública reitera esses princípios em sua proposta pedagógica. Uma de suas ações pedagógicas se vê no projeto didático intitulado "Eleições na Mata", com a participação de todas as crianças (3-5 anos), professoras e profissionais da unidade. Esse projeto é organizado em várias etapas (reformuladas todos os anos) e que culmina sempre com um teatro, em que as professoras são as personagens (passarinho, peixinho, leão, macaco...), cada um com sua plataforma política. Ao fim da peça, todas as crianças se organizam em fila para votar no animal que escolheram para Prefeito da Mata. Terminada a votação, contam-se os votos e elege-se o prefeito do ano. A partir da situação exposta, é correto afirmar que:
		
	
	a proposta pedagógica da unidade é um documento de regulação que apenas reitera artigos das Diretrizes Curriculares para Educação Infantil.
	
	uma prática pedagógica que concretize os princípios expressos nas Diretrizes Curriculares para Educação Infantil não se realiza por projetos didáticos.
	
	os princípios previstos nas Diretrizes Curriculares para Educação Infantil não podem ser tratados do modo como a instituição trabalha.
	
	os princípios defendidos nas Diretrizes Curriculares para Educação Infantil não podem ser traduzidos por projetos nas escolas.
	 
	o projeto didático da instituição está em consonância com a proposta pedagógica da unidade e com as Diretrizes Curriculares para Educação Infantil.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201403315719)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	O código de 1927, primeiro conjunto de leis voltado especificamente para crianças no Brasil, foi o marco da infância brasileira desigual, onde o foco verdadeiro era defender a sociedade do ¿menor infrator¿. A respeito desse período está CORRETO afirmar que:
		
	
	aconteceu o inicio da luta pelos direitos da infância e juventude brasileira.
	
	surgiram as rodas dos expostos
	
	as creches e pré-escolas passaram a ser direitos das crianças.
	 
	foi marcado pelo autoritarismo de uma politica centralizadora caracterizada pela exclusão total ou parcial e a inexistência da cidadania infantil.
	 
	¿o menor infrator¿ era obrigado a cumprir pena a partir da liberdade assistida e da semiliberdade.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201403172146)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Na Educação Infantil, conforme Sonia Kramer (2006), o objetivo é atuar com liberdade para assegurar a apropriação e a construção do conhecimento por todas as crianças. Nesse sentido, é importante considerar:
		
	
	Os procedimentos adotados pelas educadoras para avaliar a construção do conhecimento ensinado as crianças.
	
	As crianças e adultos, identificando suas semelhanças no momento de aprender e de apropriar-se do conhecimento.
	 
	As crianças em sua totalidade, observando suas especificidades, as diferenças entre elas e sua forma privilegiada de conhecer o mundo por meio do brincar e descobrir.
	
	Os currículos determinados pelos dirigentes e especialistas, a fim de impor padrões de ensino e de aprendizagem dos conhecimentos.
	
	As crianças, suas diferenças e suas fragilidades, para que conheçam o mundo por meio das orientações dos adultos.
		
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201403172131)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A política nacional de Educação Infantil recomenda aos Estados e Municípios a adequação e elaboração de planos de educação de acordo com as políticas orientadoras da Educação Infantil. Uma das recomendações consiste em que:
		
	
	As instituições de Educação Infantil considerem apenas a demanda atendida em anos anteriores para definirem sua forma de funcionamento.
	
	As instituições de Educação Infantil ofereçam, no mínimo 6 horas diárias de atendimento educacional, considerando a demanda real e as características da comunidade atendida nos seus aspectos socioeconômico e cultural.
	
	As instituições de Educação Infantil ampliem gradativamente para tempo integral o atendimento das crianças pequenas, de acordo com o desejo de educadores e gestores.
	 
	As instituições de Educação Infantil ofereçam, no mínimo, 4 horas diárias de atendimento educacional, ampliando progressivamente para tempo integral, considerando a demanda real e as características da comunidade atendida nos seus aspectos socioeconômico e cultural.
	
	As instituições de Educação Infantil programem, no mínimo, 3 horas diárias de atendimento educacional, ampliando progressivamente mais 1 hora-mês esse atendimento.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201403172137)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	De acordo com Kuhlmann (2005), as primeiras instituições de Educação Infantil implantadas

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.