A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
AD2 - TEATRO E EDUCAÇÃO

Pré-visualização | Página 1 de 1

AD2 – Segunda Avaliação a Distância 
Disciplina: Teatro e Educação 
Coordenação: Profª Carmela Soares 
2019.1 
 
 
 
Nome: Cindy Batista da Rosa Neves 
Matrícula: 17216080124 Polo: Santa Maria Madalena 
 
 
 
 
 
 
 
Caro (a/x) aluno (a/x): 
 
 
Prezado (a) aluno (a) essa é a sua segunda Avaliação a Distância. Leia os enunciados com 
atenção e procure ser claro e objetivo na elaboração de suas respostas. 
Instruções: 
 
 
− Você vai encontrar 4 questões nesta trabalho; 
− Leia atentamente todas as questões; 
− Revise suas respostas e verifique se as ideias estão claras; 
− Esta avaliação é individual; 
− A Ad deve ser postada na plataforma. 
BOM TRABALHO! 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO 
ESTADO DO RIO DE JANEIRO 
 
 
 
 
 
1º QUESTÃO (4,0 pontos) 
No link abaixo você encontrará o poema Morte e Vida Severina de João Cabral de Melo Neto. 
http://bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br/services/e- 
books/Joao%20Cabral%20de%20Melo%20Neto.pdf 
Após a leitura, imagine que você irá criar um espetáculo teatral junto com os alunos a partir deste 
poema. Como você imagina o cenário para este espetáculo? Construa uma pequena maquete deste 
cenário. Solte a imaginação e use a criatividade pessoal. Utilize diversos materiais, como retalhos 
de tecidos, papéis diversos, botões, lã, cordas, barbante, lantejoulas, fitas, sucatas, elementos da 
natureza ou qualquer outro material. 
Ao término da atividade tire uma fotografia do cenário criado e anexe a Ad2. 
Resposta: A ideia da maquete foi demonstrar a segunda parte em que 
Severino se encontra com os irmãos das almas. 
 
2º QUESTÃO (2,0 pontos) 
Abaixo você encontra a obra Abaporu de Tarsila do Amaral, pintada em 1928. A pintura é uma dos 
marcos importantes do modernismo brasileiro. Atualmente, a pintura está em exposição inédita no 
Masp (Museu de Arte Moderna de São Paulo). 
Veja o link da exposição: https://www.masp.org.br/exposicoes/tarsila-popular 
 
Abaporu, 1928 
 
Observe com cuidado e atenção a pintura Abaporu. A seguir realize as atividades sugeridas nos 
itens A, B e C e D. 
Atencão: Realize a pesquisa indicada no item D somente após a realização das atividades A, B e C, 
A - Que impressões ou sensações a pintura despertou em você? 
Resposta: Confesso que a obra quando vi pela primeira vez achei estranha, e me causou 
medo, uma sensação estranha, pelo tamanho do pé e da cabeça. 
B - Quem é Abaporu? Quem você imagina que seja esta personagem? Que idade tem? Tem profis- 
são, família, religião? Onde vive? 
Resposta: Acredito que Abaporu seja a pessoa da imagem, não faço ideia de quem seja 
esse personagem, aparenta ter entre 25 e 35 anos. Parece que não tem família, e estar 
triste, vivendo naquela paisagem com cacto e um sol escaldante. 
C - Imagine agora que Abaporu levanta-se. Que ações irá realizar ao levantar-se? 
Resposta: Acredito que ele sairá em busca da felicidade, porque não aparenta estar bem. 
Enfim, ninguém gosta de ficar triste. Talvez em busca de sua família. 
D - Após ter realizado as atividades dos itens A, B e C, faça uma pequena pesquisa sobre a pintura 
Abaporu, a vida e a obra de Tarsila do Amaral. Escreva um pequeno resumo apontando o você 
achou interessante sobre o tema pesquisado. 
Resposta: A tela Abaporu, foi pintada a óleo por Tarsila do Amaral em 1928. Onde vemos 
a representação do trabalho braçal e a desvalorização do trabalho mental que 
representava o trabalho físico dos brasileiros daquele período. Tarsila presenteou seu 
esposo com o quadro que ficou encantado com sua obra. 
 
3º QUESTÃO (2,0 pontos) 
 
Estude o material complementar de nº 5, 6, 7 e 8 sobre a vida e obra de Augusto Boal. Em 
seguida pesquise jogos criados por Augusto Boal. Escolha 2 deles e aplique os jogos junto 
a um grupo de sua escolha. Pode ser um grupo de alunos, amigos, parentes etc. Justifique 
sua escolha. Quais jogos foram escolhidos e o porque você escolheu esses jogos em es- 
pecífico? 
Resposta: A escolha desses jogos foram feitos no livro de Boal, escolhi esses dois jogos 
porque achei muito extrovertido, que pode fazer com que todos se divirtam. 
1. Jogo 
[...] 
“3. Roda de Animais – Os autores andam em círculo e lentamente começam a 
transformar-se em animais, segundo uma sequência preestabelecida: macaco, cegonha, 
canguru, girafa, cobra, gato, leão, tigre, etc. A transformação começa pelas pernas, 
depois o tronco, as mãos, a cabeça, a cara e a voz.” (Boal, p. 70) 
[...] 
2. jogo 
[...] 
“9. Variações da Marionete – Tarefas que são realizadas como se os autores estivessem 
tocando mutuamente: 
a) Luta de boxe – Os pugilistas lutam sem se tocar, sentindo e refletindo a violência 
contida nos seus atos.” (Boal, p. 72) 
[...] 
Livro: “200 exercícios e jogos para o ator e o não-ator com vontade de dizer algo através 
do teatro. ” 4° edição (Augusto Boal). 
 
 
 
 
4º QUESTÃO (2,0 pontos) 
 
Faça um breve relato da sua experiência na aplicação dos jogos propostos a partir dos 
pontos indicados abaixo: 
 
- a forma como o jogo foi preparado e aplicado, 
- descobertas e desafios encontrados na aplicação, 
- envolvimento dos alunos no jogo teatral proposto, 
- resultados alcançados. 
 
Resposta: Os jogos escolhidos foram aplicados com meu pai e sua esposa. 
O primeiro jogo quando foi falado a proposta de primeira tiveram dificuldades em formar os 
animais, por conta de terem achado engraçado. Mas depois conseguiram fazer a 
transformação mesmo rindo muito, e se divertindo. 
No segundo jogo, apesar de não conhecerem os movimentos do boxer tiveram facilidade de 
desenvolve-lo. Sentiram e desenvolveram bem os movimentos da luta, no decorrer dos 
movimentos até caíram no chão. 
Percebi que tiveram interesse em desenvolver os jogos, se divertiram muito, podendo assim 
voltar cada um na sua infância, onde sempre havia brincadeiras e diversão. 
	AD2 – Segunda Avaliação a Distância Disciplina: Teatro e Educação
	Abaporu, 1928