Aula8_ProjetodeInfraestruturaUrbanaPDF
34 pág.

Aula8_ProjetodeInfraestruturaUrbanaPDF


DisciplinaProjeto de Infraestrutura Urbana88 materiais111 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA 
E REDE DE ESGOTO SANITÁRIO 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Consumo e qualidade de água 
potável 
Atividade Unidade Qtde. 
Beber Litros/pessoa/dia 1 a 3 
Asseio sem ducha Litros/pessoa/dia 5 a 10 
Lavagem e preparação 
de alimentos 
Litros/pessoa/dia 2 a 5 
Limpeza da habitação Litros/pessoa/dia 8 a 15 
Lavagem de roupas Litros/pessoa/dia 5 a 10 
Ducha Litros/pessoa/dia 30 a 100 
Limpeza de sanitários Litros/família/dia 20 a 50 
Lavagem de automóvel Litros/automóvel/dia 100 a 300 
Lavagem de pátios Litros/família/dia 100 a 200 
Rega de jardim Litros/m2/dia 1 a 3 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Sistema de abastecimento de água 
Sistema de 
abastecimento 
de água 
Captação 
Adução 
Recalque 
Reservação 
Tratamento 
Rede de 
distribuição 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
1.\u202fCaptação 
Conjunto de estruturas e dispositivos 
construídos ou montados junto a um 
manancial para captação de água 
destinada ao sistema de abastecimento 
Mananciais \u2013 águas superficiais 
(captação direta) com ou sem 
reservatórios de acumulação ou 
subterrâneas (mais caros \u2013 deve-se 
evitar sua utilização indiscriminada). 
	
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
2. Adução 
É o sistema constituído pelo conjunto de peças 
especiais e obras de arte destinado a ligar as fontes 
de água bruta (mananciais) às estações de 
tratamento e estas aos reservatórios de distribuição. 
Traçado 
\u2022\u202f Deve-se analisar: topografia, 
características do solo e facilidades 
de acesso. 
\u2022\u202f Deve-se evitar: regiões acidentadas, 
terrenos rochosos, solos agressivos 
e trajetos que impliquem em obras 
complementares custosas ou alto 
custo de operação e manutenção. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
2. Adução 
Materiais normalmente utilizados: concreto, ferro fundido e aço. 
 
Quanto ao sistema para movimentação de água, as adutoras 
podem funcionar de 3 formas: 
a)\u202f Por gravidade 
a.1) Utiliza-se apenas o desnível 
para promover o escoamento de 
água 
b)\u202f Por recalque 
b.1) Utiliza-se a energia fornecida 
por um sistema de bombeamento 
para promover o escoamento de 
água 
c) Mistas 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
3. Recalque 
É a técnica que compreende o conjunto de 
edifícios, máquinas, demais equipamentos e 
aparelhos necessários para a elevação da água de 
um ponto para outro. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
4. Reservação 
Tem por principais 
finalidades: 
\u2022\u202f Assegurar uma reserva 
de água para combate a 
incêndios; 
\u2022\u202f Fornecer água em 
casos de interrupção da 
adução; 
\u2022\u202f Melhorar as condições 
de pressão de água na 
rede de distribuição 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
4. Reservação 
Os reservatórios podem ser enterrados, semi-
enterrados ou elevados. A localização do sistema é 
definida, geralmente, por condições de eficiência do 
sistema. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Elementos que participam da 
drenagem de águas pluviais 
5. Tratamento 
É a parte do sistema de 
abastecimento de água 
destinado a adequa-la às 
condições necessárias ao 
consumo quando a 
quantidade captada não é 
satisfatória. É realizado em 
estações construídas 
especialmente para esse 
fim. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
5. Tratamento 
Finalidades do tratamento ou 
purificação da água: 
 
\u2022\u202f Finalidades higiênicas: 
remoção de bactérias, de 
substâncias venenosas ou 
nocivas, redução do 
excesso de impurezas; 
\u2022\u202f Finalidades econômicas: 
redução da corrosividade. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
6. Rede de distribuição 
Compõe-se de um conjunto de condutos 
colocados nas vias públicas, junto aos edifícios, 
com a função de conduzir a água aos prédios e 
locais de consumo público. É a parte mais 
importante do sistema de abastecimento de água 
do ponto de vista do urbanista, já que os diferentes 
traçados incidem diretamente nos seus custos. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
6. Rede de distribuição 
\u2022\u202f Condutos principais (troncos ou mestres): 
canalizações de maior diâmetro e pressão, 
responsáveis pela alimentação dos condutos 
secundários. Abastecem extensas áreas da cidade. 
\u2022\u202f Condutos secundários: são de 
menor diâmetro e pressão, 
comunicando-se com os 
prédios a abastecer 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
6. Rede de distribuição - traçado 
\u2022\u202f Redes abertas: tubulações primárias e secundárias 
estão abertas. Redes de custo mais baixo no 
momento da implantação, mas têm o inconveniente 
das interrupções no serviço. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Partes da rede de abastecimento de 
água 
6. Rede de distribuição - traçado 
\u2022\u202f Redes malhadas: as tubulações primárias e fechadas 
encontram-se fechadas, formando anéis. São redes 
de custo mais alto no momento da implantação, mas 
que apresentam um alto grau de segurança no 
serviço. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Rede espinha de peixe 
Ramificadas ou abertas 
 
Nelas, a circulação de água nas tubulações primárias e 
secundárias faz-se invariavelmente, num único sentido 
(da tubulação tronco para a extremidade morta). 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Sistemas de abastecimento de água 
com reciclagem 
1.\u202f Evaporador exposto ao sol 
 
2.\u202f Reservatório para acumular água destilada (água para 
beber, para lavar alimentos, etc.) 
 
3.\u202f Água servida coletada pelo reservatório inferior de onde, 
periodicamente, é recalcada para o evaporador. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Sistemas de abastecimento de água 
com reciclagem 
1.\u202f Água da chuva é coletada e vai para um primeiro 
reservatório à ducha e pia do banheiro 
 
2.\u202f Água já usada vai para um segundo reservatório à 
vaso sanitário e destilador solar 
 
3.\u202f Do destilador, água alimenta a pia da cozinha 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.	
Sistemas de abastecimento de água 
com tratamento parcial 
Exemplo: 
 
Mendoza \u2013 Argentina 
 
Uma antiga barragem que hoje é um lago funciona como uma 
bacia de acumulação por variação de nível de água. De lá parte 
uma rede de canais que percorre toda a cidade distribuindo 
água. Com ela são regadas árvores, pátios e jardins privados, 
entre outros. 
Essa	área	não	pode	ser	u.lizada.	
É	dedicada	para	a	interpretação	
em	LIBRAS.