A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
617 pág.
2000 perguntas radiologia

Pré-visualização | Página 2 de 50

(A) REDUZIR AS FRATURAS
(B) ESTUDAR O ESTÔMAGO
(C) ATRAVESSAR CORPOS OPACOS À LUZ
(D) ANALIZAR DINÂMICAMENTE AS IMAGENS 
(E) FAZER RADIOGRAFIAS SEM USO DE ECRANS 
27- A IMPERMEABILIDADE NOS FILMES RADIOLÓGICOS CONVENCIONAIS, NÃO É POSSÍVEL 
PORQUE:
(A) NÃO HAVERIA IMAGEM NAS DUAS FACES
(B) NÃO HAVERIA FORMAÇÃO DA IMAGEM LATENTE 
(C) A LUZ DOS ECRANS NÃO SENSIBILIZAM OS CRISTAIS DE PRATA 
(D) OS AGENTES QUÍMICOS (REVELADOR E FIXADOR) NÃO ATINGIRIAM OS CRISTAIS DE PRATA
(E) NEUTRALIZARIA SUA SENSIBILIDADE 
GABARITO:
25 – D
26 – D
27 - D
28- A VARIAÇÃO DA DIFERENÇA DE POTENCIAL DO TUBO INFLUENCIA A:
(A) TEMPERATURA DO FILAMENTO
(B) PENETRAÇÃO DOS RAIOS X 
(C) INTENSIDADE DOS RAIOS X 
(D) MILIAMPERAGEM
(E) A ESCOLHA DO TAMANHO DO CHASSIS A SER USADO
29- O CONTRASTE NATURAL DOS PULMÕES É:
(A) RADIOPACO
(B) HIPERDENSO
(C) TRANSLÚCIDO
(D) RADIOTRANSPARENTE
(E) PARA OBSERVAR OS PULMÕES TEMOS NECESSÁRIAMENTE QUE FAZER USO DE CONTRASTE 
ARTIFICIAL
30- EM QUALQUER RADIOGRAFIA, NO SER VIVO, O TECIDO ÓSSEO APRESENTA-SE SEMPRE MAIS 
CLARO QUE OS DEMAIS. ISTO SE DEVE À SUA:
(A) MENOR DENSIDADE 
(B) MAIOR DENSIDADE
(C) MENOR PERMEABILIDADE
(D) MAIOR CONCENTRAÇÃO DE LACUNAS 
(E) MAIOR TEOR DE RADIOTRANSPARÊNCIA
GABARITO:
28 – B
29 – D
30 - B
31- O TEMPO QUE O TÉCNICO DEVE AGUARDAR ATRÁS DO BIOMBO, APÓS RADIOGRAFAR UM 
PACIENTE, É:
(A) NENHUM
(B) 10 SEGUNDOS
(C) MESMO TEMPO DA EXPOSIÇÃO
(D) METADE DO TEMPO DA EXPOSIÇÃO
(E) O TÉCNICO EM HIPÓTESE ALGUMA DEVERÁ SAIR DE TRÁS DO BIOMBO APÓS A EXPOSIÇÃO
32- O FILTRO DE ALUMÍNIO COLOCADO NO TUBO DE RAIOS X TEM COMO PRINCIPAL FINALIDADE :
(A) MELHORAR A IMAGEM
(B) REDUZIR A DOSE PELE NO PACIENTE
(C) SUBSTITUIR O ÓLEO ISOLANTE
(D) EVITAR RADIAÇÃO SECUNDÁRIA
(E) OBSTRUIR A JANELA DO TUBO PARA IMPEDIR A PASSAGEM DE TODO E QUALQUER TIPO DE 
RADIAÇÃO
33- OBTÉM-SE UMA RADIOGRAFIA COM MAIOR DEFINIÇÃO , UTILIZANDO-SE ÉCRANS CUJOS 
GRÃOS SEJAM:
(A) GROSSOS
(B) OPACOS
(C) MÉDIOS 
(D) FINOS
(E) REDONDOS
GABARITO:
31 – A 
32 – B
33 - D 
34- A QUANTIDADE DE mAs QUE DEVEMOS USAR EM UMA RADIOGRAFIA FEITA COM 1 M DE 
ALTURA, 400 mA E 0,25 s DE EXPOSIÇÃO, CASO DOBREMOS A ALTURA, É: 
(A) 50
(B) 75
(C) 200
(D) 400
(E) 10
35- A POSIÇÃO EM QUE A GRADE ANTI-DIFUSORA DEVERÁ FICAR, EM RELAÇÃO AO FILME, É:
(A) PARALELA
(B) PERPENDICULAR
(C) OBLIQUADA INTERNAMENTE
(D) OBLIQUADA EXTERNAMENTE
(E) SEJA QUAL FOR A POSIÇÃO DA GRADE EM RELAÇÃO AO FILME ELA CUMPRIRÁ SEU OBJETIVO
36- O COMPONENTE QUÍMICO RESPONSÁVEL PELA CARACTERÍSTICA ALCALINA DO REVELADOR É:
(A) ÁCIDO ACÉTICO
(B) HIDROQUINONA
(C) HIPOSSULFITO DE SÓDIO
(D) CARBONATO DE SÓDIO
(E) TIOSSULFITO DE AMÔNIA
GABARITO:
34 – D 
35 – A
36 - D 
37- OS TAMPOS FLUTUANTES LOCALIZADOS DENTRO DOS RESERVATÓRIOS DOS QUÍMICOS, 
EMPREGADOS PARA PROCESSAMENTO DOS FILMES, TEM A SEGUINTE FINALIDADE: 
(A) EVITAR CONTATO COM O AR
(B) DIMINUIR A ENTRADA DE LUZ
(C) PERMITIR RÁPIDA REGENERAÇÃO 
(D) PREVINIR TRANSBORDAMENTOS
(E) MANTER O LÍQUIDO SOB PRESSÃO
38- O TUNGSTATO DE CÁLCIO É UM ELEMENTO QUÍMICO EMPREGADO NA FABRICAÇÃO DO 
SEGUINTE MATERIAL RADIOGRÁFICO:
(A) FILTRO ADICIONAL
(B) ECRAN REFORÇADOR
(C) GRADE ANTIDIFUSORA
(D) CHASSIS DE CARBONO
(E) FILME MONOEMULSIONADO
39- O INSTRUMENTO UTILIZADO PARA MEDIR ANGULAÇÕES NOS EXAMES RADIOGRÁFICOS É:
(A) ESPESSÔMETRO
(B) PENETRÔMETRO
(C) SENSITÔMETRO
(D) DENSITÔMETRO 
(E) GONIÔMETRO
GABARITO:
37 – A 
38 – B
39 - E 
40- O COMPONENTE QUE TEM A FUNÇÃO DE DIMINUIR A DOSE DE RADIAÇÃO NA PELE É:
(A) FILTRO NA JANELA DO TUBO
(B) BLOCO COLIMADOR 
(C) ESTATOR DO ÂNODO
(D) ECRAN REFORÇADOR
(E) GRADE ANTIDIFUSORA
41- O ATO DE ATRITAR O FILME, POR MANUSEIO INCORRETO, PODE ACARRETAR O SEGUINTE E 
DANOSO EFEITO:
(A) CRIAR BOLHAS
(B) IMPRIMIR DIGITAIS
(C) DIMINUIR O VÉU DE BASE
(D) ALTERAR A DENSIDADE ÓPTICA
(E) PROVOCAR ELETRICIDADE ESTÁTICA
42- SÃO COMPONENTES QUÍMICOS DO FIXADOR:
(A) HIPOSSULFITO DE SÓDIO E ALÚMEN DE CROMO
(B) DIÓXIDO DE GADOLÍNEO E SULFETO DE ZINCO
(C) CARBONATO DE SÓDIO E SULFITO DE SÓDIO
(D) ÁCIDO ACÉTICO E BROMATO DE CÁLCIO
(E) METOL E HIDROQUINONA
GABARITO:
40 – A 
41 – E
42 - A 
43- DAS SITUAÇÕES ABAIXO, AQUELA QUE POSSIBILITA A AMPLIAÇÃO DA IMAGEM RADIOGRÁFICA 
É:
(A) MENOR DISTÂNCIA OBJETO-FILME
(B) MAIOR DISTÂNCIA FOCO-FILME
(C) MAIOR DISTÂNCIA OBJETO-FILME
(D) MAIOR TEMPO DE EXPOSIÇÃO
(E) MENOR MILIAMPERAGEM
44- O "ECRAN" DE GRÃOS FINÍSSIMOS APRESENTA COMO CARACTERÍSTICA FORNECER:
(A) MAIOR DETALHE
(B) MAIOR RAPIDEZ
(C) MENOR DETALHE
(D) VELOCIDADE MÉDIA
(E) VELOCIDADE ULTRA-RÁPIDA
45- O "ECRAN" MÉDIO OU UNIVERSAL É CONSTITUÍDO PÔR GRÃOS:
(A) FINÍSSIMOS 
(B) GROSSOS
(C) MÉDIOS
(D) MISTOS
(E) FINOS
GABARITO:
43 – C 
44 – A
45 - C 
46- O "ECRAN" DE ALTA VELOCIDADE INTENSIFICA 40% DA EXPOSIÇÃO, PERMITINDO UM DETALHE 
RADIOGRÁFICO CARACTERIZADO COMO:
(A) PÉSSIMO
(B) PEQUENO 
(C) REGULAR
(D) ÓTIMO
(E) BOM
47- 0 SACO ALUMINIZADO EXISTENTE NA CAIXA DE FILMES DE RX, TEM POR FINALIDADE:
(A) PROTEGER O FILME DURANTE O TRANSPORTE 
(B) DAR MAIOR ADERÊNCIA DO FILME AO "ECRAN"
(C) PROTEGER A GELATINA DO FILME
(D) EVITAR A UMIDADE NO FILME
(E) EVITAR ARRANHÃO NO FILME
48- É ELEMENTO CONSTITUINTE DO ECRAN REFORÇADOR:
(A) NITRATO DE PRATA 
(B) SULFITO DE SÓDIO
(C) NITRATO DE AMÔNIA
(D) TUNGSTATO DE CÁLCIO
(E) TUNGSTATO DE FÓSFORO
GABARITO:
46 – B 
47 – D
48 - D 
49- O CONTROLE QUE SE DEVE TER QUANTO À EXPOSIÇÃO DE INDIVÍDUOS AO RAIOS X, 
PERIODICAMENTE, É DEVIDO À SEGUINTE PROPRIEDADE:
(A) SOMAÇÃO
(B) ACELERAÇÃO
(C) DEGENERAÇÃO
(D) MULTIPLICAÇÃO
(E) INVISIBILIDADE.
50- O ELEMENTO QUE NÃO FAZ PARTE DA AMPOLA DE RAIOS X É:
(A) CAPA FOCALIZADORA
(B) FILAMENTO
(C) ANODO
(D) AR
(E) ROTOR DO ANODO.
51- NA RADIOGRAFIA DE UMA EXTREMIDADE RECENTEMENTE GESSADA DEVE-SE ADOTAR A 
SEGUINTE MEDIDA:
(A) DIMINUIR 4KV
(B) AUMENTAR 10KV
(C) DIVIDIR O mAS POR 2
(D) MULTIPLICAR O mAS POR 3
(E) APLICAR O REGIME USADO PARA A RADIOGRAFIA DA MESMA REGIÃO SEM GESSO.
GABARITO:
49 – A 
50 – D
51 - B 
52- UMA RADIOGRAFIA DO CRÂNIO EM PA FOI FEITA COM 100 mAs, 66 KV E DISTÂNCIA FOCO FILME 
DE 100 cm. NESTA MESMA POSIÇÃO, USANDO-SE O CILINDRO DE EXTENSÃO DISTENDIDO 
PARA SE FAZER UM “SPOT-FILM”, DEVE-SE TOMAR A SEGUINTE PROVIDÊNCIA:
(A) AUMENTAR 7 KV
(B) DIMINUIR 4 KV
(C) DOBRAR O mAS
(D) REDUZIR O mAS A METADE
(E) DOBRAR O Mas AUMENTAR 10 kV.
53- OS COMPONENTES DO REVELADOR, ALÉM DA ÁGUA, DO METOL E DA HIDROQUINONA, SÃO:
(A) ÁCIDO ACÉTICO, CARBONATO DE SÓDIO E ALÚMEN DE CROMO
(B) CARBONATO DE SÓDIO, BROMETO DE SÓDIO E ÁCIDO ACÉTICO
(C) ALÚMEN DE CROMO, BROMETO DE PRATA E SULFITO DE SÓDIO
(D) CARBONATO DE SÓDIO, BROMETO DE POTÁSSIO E SULFITO DE SÓDIO
(E) ALÚMEM DE CROMO, ÁCIDO ACÉTICO E SULFITO DE SÓDIO
54- OS COMPONENTES DO FIXADOR, ALÉM DO ALÚMEN DE CROMO E ÁGUA, SÃO:
(A) ÁCIDO ACÉTICO GLACIAL, SULFITO DE SÓDIO E HIDROQUINONA
(B) CARBONATO DE SÓDIO, HIPOSSULFITO DE SÓDIO E ÁCIDO ACÉTICO
(C) ÁCIDO ACÉTICO GLACIAL, HIPOSSULFITO DE SÓDIO E SULFITO DE SÓDIO
(D) HIPOSSULFITO DE SÓDIO, BROMETO DE POTÁSSIO E CARBONATO DE SÓDIO
(E) HIPOSSULFITO DE SÓDIO,SULFITO DE SÓDIO E METOL
GABARITO:
52 – A 
53 – D
54 - C 
55- O PONTO FOCAL:
(A) É A REGIÃO DO ANODO ONDE SE CHOCAM OS ELÉTRONS QUE VÊM DO CATODO
(B) É A REGIÃO DO CATODO QUE EMITE OS ELÉTRONS
(C) É A ESPESSURA DO FEIXE DE ELÉTRONS A PARTIR DE SUA EMISSÃO NO ANODO 
(D) ESTÁ RELACIONADO COM O KV
(E) ESTÁ RELACIONADO COM Ma

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.