Pressão Atmosférica
9 pág.

Pressão Atmosférica


DisciplinaFísica II16.299 materiais273.956 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Física II 
 
 
 
 
PRESSÃO ATMOSFÉRICA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1 
 
Sumário 
 
Introdução ............................................................................................................................. 2 
 
Objetivo ................................................................................................................................. 2 
 
1. Pressão atmosférica ..................................................................................................... 2 
1.1. Definição de pressão atmosférica ....................................................................... 2 
1.2. A variação da pressão atmosférica...................................................................... 2 
1.3. A experiência de Torricelli .................................................................................... 3 
 
Exercícios ............................................................................................................................... 5 
 
Gabarito ................................................................................................................................. 5 
 
Resumo .................................................................................................................................. 6 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2 
 
Introdução 
Você já sabe como obter a pressão quando a mesma varia em cada ponto do 
fluido e também já aprendeu a calcular a pressão quando a mesma é constante em 
todos os pontos do fluido. 
Um fator que influencia bastante no cálculo da pressão é considerar que o 
fluido também sofre influências de uma pressão que está acima dele, denominada de 
pressão atmosférica. Nesta apostila iremos aprender sobre a pressão atmosférica, a 
experiência de Torricelli e a variação da pressão atmosférica. 
Objetivo 
\u2022 Conceituar o termo pressão atmosférica. 
\u2022 Entender o experimento de Torricelli. 
\u2022 Saber como ocorre a variação da pressão atmosférica. 
 
1. Pressão atmosférica 
1.1. Definição de pressão atmosférica 
Definimos como sendo pressão atmosférica a pressão que a camada 
atmosférica exerce sobre tudo que se encontra sobre a superfície terrestre. 
Tomamos como padrão de medida a pressão atmosférica ao nível do mar, que 
é igual a: 
Patm = 1,013 \u2217 105Pa = 1atm 
Onde o termo patm é igual a pressão atmosférica. 
Costumamos expressar a pressão atmosférica em múltiplo da unidade Pascal, 
mas também podemos expressá-la na unidade de atm. 
A pressão de 1 atm equivale a 1,013 x 10 5 Pa. Podemos expressar a pressão 
tanto atmosférica como de outros fluidos em função da unidade de atm. 
 
1.2. A variação da pressão atmosférica 
A pressão atmosférica não é constante por toda superfície terrestre, ela varia 
conforme as condições de tempo e com a altitude. 
Muitas vezes, ouvimos nos telejornais que a variação da pressão atmosférica é 
responsável tanto por ondas de calor que chegam a uma região como pelas frentes 
que chegam em outras. 
 
3 
 
O conhecimento sobre a pressão atmosférica é muito importante não só para 
a Mecânica de Fluidos como para ciências como Climatologia e Meteorologia. 
 
1.3. A experiência de Torricelli 
Desde a Antiguidade, a humanidade usava bombas em poços para bombear a 
água. Entretanto, todos enfrentavam o seguinte problema: só era possível bombear a 
água até uma altura de 10,3 metros. 
Todos tiveram que conviver com esta limitação, até que o cientista Evangelista 
Torricelli, somente no século XVI, conseguiu obter uma solução para este problema. 
Ele fez o experimento ilustrado na figura seguinte: 
 
 01 
Experimento de Torricelli 
 
Mas do que se tratava este experimento? 
Torricelli encheu um tubo de ensaio com mercúrio, tapou o tubo de ensaio e 
virou dentro de um recipiente que estava cheio de mercúrio. Quando ele virou o tubo 
de ensaio dentro do recipiente cheio de mercúrio, o mercúrio contido no tubo de 
ensaio começou a descer. O mercúrio desceu e parou na altura de 76 cm. Esta medida 
é do fundo do recipiente até a altura final que o mercúrio atingiu no tubo de ensaio. 
Na parte do tubo de ensaio que ficou vazia formou-se o vácuo. Chamamos esta 
situação de situação de equilíbrio. 
Torricelli nos explicou que os pontos B e C, por estarem no mesmo nível, 
deverão possuir a mesma pressão. Em B, temos a pressão que é exercida pela coluna 
de líquido e em C temos a medida da pressão atmosférica ao nível do mar. 
 
4 
 
E a limitação das bombas? Onde está a solução para este problema? E a 
explicação para esta limitação? 
Bem, calma, vamos explicar agora o porquê desta limitação, ok? 
Torricelli nos explicou que, se a pressão atmosférica elevava a coluna de água 
a uma altura de 10,3m sendo que a água tem densidade igual a 1,0 g/cm3, para o 
mercúrio, que é 13,6 vezes mais denso que a água, a elevação da coluna é 
inversamente proporcional. 
Isto nos dá a seguinte regra de 3: 
10,3 1,0
13,6
m
x
\u23af\u23af\u2192
\u23af\u23af\u2192 
 
Como a elevação da coluna é inversamente proporcional à densidade, a regra 
de três escrita em frações ficará assim: 
10,3 13,6
1x
= 
 
Resolvendo a regra de três teremos: 
10,3 13,6
1
13,6 10,3
0,76 76
x
x
x m cm
=
=
= = 
 
O valor de x que é igual a 76cm equivale a altura de 76cm que é mostrada no 
experimento. 
Isto significa dizer que os 10,3 metros de coluna de água que foram elevados 
corresponderão a uma elevação de 76cm na coluna de mercúrio. 
Então, Torricelli acabou descobrindo as seguintes unidades de pressão 
atmosférica: 
Patm = 1atm = 76cmHg = 760mmHg = 10,3mca 
 
A unidade atm significa 1 atmosfera, a unidade cmHg quer dizer centímetros 
de mercúrio e a unidade mca quer dizer metros de coluna d\u2019água. 
 
 
 
5 
 
SAIBA MAIS! 
 
 
 
 
Exercícios 
1) (Autora, 2019) Como varia a pressão atmosférica? 
2) (Autora, 2019) O que se pode afirmar sobre a densidade de um fluido e a 
elevação deste fluido quando submetidos à pressão atmosférica? 
3) (Autora, 2019) Se no experimento de Torricelli, tivesse sido usado um líquido 
com densidade igual a 5g/cm3, qual seria a elevação em metros de coluna 
d\u2019água na experiência? 
Gabarito 
1) Aprendemos que a pressão varia conforme as condições de tempo e de 
altitude. 
2) Quanto maior a densidade do fluido com relação à densidade da água, menor 
será elevação da coluna do fluido quando submetido à pressão atmosférica. 
Ou seja, a densidade do fluido é inversamente proporcional à altura de 
elevação da coluna do fluido, quando este é submetido à pressão atmosférica. 
3) Como vimos nesta apostila, a densidade do fluido é inversamente proporcional 
à altura de elevação da coluna do fluido, quando este é submetido à pressão 
atmosférica. Vamos então montar a seguinte regra de três: 
10,3 1,0
5,0
m
x
\u23af\u23af\u2192
\u23af\u23af\u2192
 
 
E como este experimento nos ajuda com o problema de 
elevação de água? 
Com esta relação entre as pressões atmosférica, do 
mercúrio e dos metros de coluna d\u2019água podemos obter 
a elevação que quisermos, pois ajustaremos a pressão 
atmosférica ou a pressão do líquido mercúrio por meio 
de ajustes em laboratório ou na indústria para que 
possamos elevar a coluna d\u2019água à altura que 
desejamos. 
 
 
6 
 
Como as grandezas são inversamente proporcionais, ao escrevê-las em termos 
de igualdade de frações as mesmas ficam assim: 
10,3 5
1x
=
 
Agora resolvemos a igualdade assim: 
10,3 5
1
5 10,3
2,06
x
x
x m
=
=
=
 
Isto significa