A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
509 pág.
benzeno_experiencias (1)

Pré-visualização | Página 1 de 50

BENZENO
EXPERIÊNCIAS NACIONAIS 
E INTERNACIONAIS
D O T R A B A L H O
M I N I S T É R I O
Vice-Presidente da República 
no exercício do cargo de Presidente da República
Michel Temer
Ministro do Trabalho
Ronaldo Nogueira de Oliveira
Fundacentro
Presidente
Luiz Henrique Rigo Muller
Diretor Executivo Substituto
Jorge Marques Pontes
Diretor Técnico
Robson Spinelli Gomes
Diretor de Administração e Finanças
Dalton Tria Cusciano
BENZENO
EXPERIÊNCIAS NACIONAIS 
E INTERNACIONAIS
Coordenação técnica
Arline Sydneia Abel Arcuri
Luiza Maria Nunes Cardoso
São Paulo
2016
Qualquer parte desta publicação pode ser reproduzida, desde que citada a fonte.
Disponível também em: www.fundacentro.gov.br
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
Serviço de Documentação e Biblioteca – SDB / Fundacentro
São Paulo – SP
Erika Alves dos Santos CRB-8/7110
Seminário Internacional Sobre o Benzeno
 (1998: Rio de Janeiro).
 Benzeno : experiências nacionais e internacionais [recurso ele-
trônico] / Seminário Internacional Sobre o Benzeno; coordenação técnica, 
Arline Sydneia Abel Arcuri, Luiza Maria Nunes Cardoso. – Dados eletrônicos 
(1 arquivo : 5.39 megabytes). – São Paulo: Fundacentro, 2016.
 Modo de acesso: World Wide Web.
 Título extraído do título da tela.
 1. Benzeno – Risco químico. 2. Benzeno – Exposição – Risco pro-
fissional. 3. Benzeno – Exposição – Saúde do trabalhador. I. Arcuri, Arline 
Sydneia Abel. II. Cardoso, Luiza Maria Nunes. III. Título.
CIS
Darb Yc Veq
CDU
547.53:614.878(042.3)
CIS – Classificação do “Centre International d’Informations de Sécurité et d’Hygiene du Travail”
CDU – Classificação Decimal Universal
Ficha Técnica:
Revisão: Tikinet Edição Ltda
8 Apresentação
9 Capítulo 1Apresentação do Seminário Internacional do Benzeno
16 Capítulo 2Curso A – Vigilância à saúde de trabalhadores expostos ao benzeno
Coordenação: Jorge Mesquita Huet Machado – Fiocruz
90 Capítulo 3Curso B – Avaliação ambiental das concentrações de benzeno
Coordenação: Arline Sydneia Abel Arcuri – Fundacentro
134 Capítulo 4Curso C – A legislação e o acordo sobre o benzeno
Coordenação: Danilo Fernandes Costa – Ministério do Trabalho. Convidado Internacional: Peter Infante – 
OSHA – USA. Revisão do texto para publicação: Luiza Maria Nunes Cardoso – Fundacentro.
211 Capítulo 5Curso D – Atualização sobre a toxicidade do benzeno
Coordenação: José Roberto Teixeira – Sinproquim. Convidado internacional: Bernard Goldstein – EOHSI 
(Environmental and Occupational Health Sciences Institute) – EUA.
252 Capítulo 6Curso E – Controle tecnológico para a prevenção da exposição ocupacional ao 
benzeno
Coordenação: Nilton B. B. Freitas – Engenheiro do Instituto Nacional de Saúde no Trabalho/Central 
Única dos Trabalhadores – INST/CUT. Convidado Internacional: Andréas Herrmann – Gerente geral do 
departamento para a proteção contra materiais tóxicos e perigosos da Hüls Infracor GmbH – Marl – 
Alemanha.
Sumário
285 Capítulo 7Sessão solene de abertura da conferência – Importância do Acordo e da 
Comissão Nacional
Coordenação: José Gaspar Ferraz de Campos – Fundacentro; Zuher Handar – Secretário de Segurança 
e Saúde no Trabalho do Ministério do Trabalho – coordenador da CNPBz. Leonardo Greco – CNI; José 
Raimundo Pontes Barrera – Instituto Brasileiro de Siderurgia; Roberto Odilon Horta – FUP/CNQ/CUT; José 
Calixto Ramos – Confederação Nacional dos Trabalhadores da Indústria.
299 Capítulo 811 de novembro de 1998 – manhã
Coordenação: Cesar Tadeu da Silva Barlem – PQU. Relatoria: Arnaldo Gonçalves – Força Sindical. Palestra: 
Marcelo Kós Silveira Campos – Abiquim. Mesa-redonda: Udo Knecht – Institute and Outpatient Clinic for 
Occupational and Social Medicine – Alemanha; Peter Infante – OSHA – EUA.
344 Capítulo 926 de novembro de 1998 – tarde
Coordenação: Jacinta de Fátima Senna da Silva – Ministério da Saúde. Relatoria: Cláudio Silva – Abiquim. 
Palestra: Bernard Goldstein – EOHSI – EUA; Letícia Coelho da Costa Nobre – Cesat – Secretaria de Saúde 
– BA.
362 Capítulo 1027 de novembro de 1998 – manhã – primeira parte
Coordenação: José Eduardo Freire de Menezes – Ministério do Trabalho. Relatoria: Sergio Luiz Leite 
– CNTI/Fequimfar/São Paulo. Mesa-redonda: Helênio Rezende da Silva Jr. – IBS; José Maria Clemente – 
Companhia Siderúrgica de Tubarão – IBS; Nilton Benedito Branco Freitas – INST/CUT; Andreas Herrmann 
– Hüls / VEBA OEL AG - Alemanha.
402 Capítulo 1127 de novembro de 1998 – manhã – segunda parte
Coordenação: José Eduardo Freire de Menezes – Ministério do Trabalho. Relatoria: Sergio Luiz Leite – 
CNTI/Fequimfar/São Paulo. Palestras: Luiza Maria Nunes Cardoso – Fundacentro; Rita de Cássia Bonfim 
Leitão Higa – CEATOX/CNTI.
415 Capítulo 1227 de novembro de 1998 – tarde – primeira parte
Coordenação: Carlos Machado Freitas – Fiocruz. Relatoria: Laércio Rodrigues Horta – Petrobras. Palestra: 
Bernard Goldstein – EOHSI – EUA.
431 Capítulo 1327 de novembro de 1998 – tarde – segunda parte e encerramento
Coordenação: Carlos Machado Freitas – Fiocruz. Relatoria: Laércio Rodrigues Horta – Petrobras. 
Mesa-redonda: Irundi Sampaio Edelweiss – Deten; Paulo César Costa e Silva CNQ/CUT; Mario Bonciani – 
Ministério do Trabalho.
448 Capítulo 14Oficina de trabalho sobre Indicador Biológico de Exposição (IBE) ao benzeno
Coordenação: José Roberto Teixeira – médico Petroquímica União – PQU. Apresentações: Arline Sydneia 
Abel Arcuri – pesquisadora da Fundacentro; Henrique Della Rosa – professor da Faculdade de Ciências 
Farmacêuticas da USP; Mauricio Xavier Coutrim – químico doutor pelo Instituto de Química da USP; 
Eduardo Barbosa – médico da Petrobras.
482 Capítulo 15Oficina de trabalho sobre Valor de Referência Tecnológico para exposição de 
curta duração ao benzeno
Coordenação: José Roberto Teixeira – médico Petroquímica União – PQU; Arline Sydneia Abel Arcuri – 
Fundacentro.
499 Capítulo 16Oficina de trabalho dos Grupos de Representação dos Trabalhadores do 
Benzeno – GTBs
Coordenação: Roberto Odilon Horta.
8
Apresentação
 
Foi realizado na cidade do Rio de Janeiro entre os dias 25 e 27 de novembro de 1998 
o Seminário Internacional sobre o Benzeno, resultado de uma decisão da Comissão Nacional 
Permanente do Benzeno (CNPBz), em sua reunião de 04 de dezembro de 1997.
Essa decisão veio ao encontro do item 8.1.4 do Acordo do Benzeno, aprovado em 
28/09/1995, que previa como uma das atribuições da Comissão Nacional Permanente do 
Benzeno:
8.1.4. Propor e acompanhar estudos, pesquisas e eventos científicos para a preven-
ção da exposição ocupacional ao benzeno, priorizando:
a) ...................................................................................................
b) a realização do Seminário Internacional sobre o Benzeno
A preparação e elaboração desse Seminário foram realizadas por um subgrupo de 
trabalho criado para esse fim.
Durante a reunião da CNPBz discutiu-se a necessidade de uma atualização sobre 
vários aspectos relacionados ao benzeno, como danos à saúde, avanços técnicos no controle 
da exposição, metodologias de avaliação ambiental, indicadores biológicos de exposição e 
outros.
Esta publicação traz as apresentações feitas durante o seminário, assim como o 
conteúdo dos cursos pré-seminário e relatos de três oficinas realizadas como parte da 
programação: sobre o Indicador Biológico de Exposição (IBE); sobre o Valor de Referência de 
Curta Duração (VRT) e sobre o Grupo de Representação dos Trabalhadores do Benzeno (GTB).
Como complementação das transcrições das tabelas das diversas transparências 
dos palestrantes, sempre que possível foi resgatada e incluída a fonte original dos dados 
apresentados. Pretendeu-se com isso contribuir para que os leitores possam aprofundar o 
conhecimento sobre as informações fornecidas.
Por vários motivos não foi possível preparar

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.