Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
CONTRATOS DE TRANSPORTES

Pré-visualização | Página 1 de 1

CONTRATO DE TRANSPORTE 
CONCEITO
O Artigo 730 do Código Civil, disserta acerca do contrato de transporte em que alguém se obriga, mediante retribuição, a transportar, de um lugar para outro, pessoas ou coisas.
O transporte exercido em virtude de autorização, permissão ou concessão, rege-se pelas normas regulamentares e pelo que for estabelecido naqueles atos, sem prejuízo do disposto no Código Civil.
O transporte é um serviço de utilidade pública e está disponível aos consumidores, abrangendo não só as pessoas, mas coisas, bens móveis, produtos e serviços.
CARACTERÍSTICAS DO CONTRATO 
Cabe ressaltar que o que o tipifica principalmente é a atividade exercida pelo motorista, de deslocamento físico de pessoas e coisas de um local para outro, sob sua responsabilidade. De acordo com Pontes de Miranda, o contrato de transporte é o contrato pelo qual alguém se vincula, mediante retribuição, a transferir de um lugar para o outro pessoa ou bens.
QUAL A RESPONSABILIDADE DO TRANSPORTADOR (UBER CONTRATADO) NOS CASOS DE TRATAMENTO E PERDA DA ENTREVISTA DE EMPREGO?
Acerca da responsabilidade, é sabido que a mesma vem elencada tanto no Código Civil, como no Código de Defesa do Consumidor, uma vez que em ambas a relação de consumo é qualificada pela responsabilidade objetiva.
No entanto, caso ocorra algum acidente, ocorre o inadimplemento contratual, ensejando a responsabilidade civil de indenizar o passageiro. A responsabilidade do transportador pode ser quanto aos seus empregados, em relação a terceiros ou em relação aos passageiros.
A PREFEITURA TAMBÉM TEM ALGUMA RESPONSABILIDADE? QUAIS? JUSTIFIQUE CADA UMA DELAS.
No que tange a responsabilidade do município, encontra-se em vigor a Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei Federal 12.587/2012), e posteriormente foi regulamentada nacionalmente com a Lei Federal 13.640/2018 (Lei Uber).de acordo com o texto, os municípios terão de seguir três diretrizes na regulamentação do serviço, que será exclusiva das cidades, às quais caberá ainda a fiscalização: efetiva cobrança de tributos municipais pela prestação dos serviços; exigência de seguro de acidentes pessoais de passageiros (APP) e de seguro obrigatório de veículos (DPVAT); e exigência de o motorista inscrever-se como contribuinte individual do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Portanto É responsabilidade dos municípios regular e fiscalizar o transporte individual privado, mas nunca proibi-lo.
BIBLIOGRAFIA
https://jus.com.br/artigos/37584/contrato-de-transporte-o-que-e
https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-civil/exame-do-contrato-de-transporte-carreado-no-codigo-civil-a-luz-da-constituicao-federal-sob-o-enfoque-do-principio-da-boa-fe-objetivo/
https://atualizacaodireito.jusbrasil.com.br/artigos/484167340/municipios-serao-responsaveis-pela-regulamentacao-do-uber