A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
slide sobre dissertação

Pré-visualização | Página 1 de 2

A diferença entre descrição, narração e dissertação
Tipos de Redação ou composição
Tudo o que se escreve recebe o nome genérico de redação. 
Existem três tipos de redação: descrição, narração e dissertação. É importante que você consiga perceber a diferença entre elas. 
Leia, primeiramente as seguintes definições:
Descrição –é o tipo de redação na qual se apontam as características que compõem um determinado objeto, pessoa, ambiente ou paisagem.
Narração – é a modalidade de redação na qual contamos um ou mais fatos que ocorreram em determinado tempo e lugar, envolvendo certos personagens.
Dissertação –é o tipo de composição na qual expomos ideias gerais, seguidas da apresentação de argumentos que as comprovem.
Descrição
	“Sua estatura era alta e seu corpo esbelto. A pele morena refletia o sol dos trópicos. Os olhos negros e amendoados espalhavam a luz interior de sua alegria de viver e jovialidade. Os traços bem desenhados compunham uma fisionomia calma, que mais parecia uma pintura.
Narração
	“Em uma noite chuvosa do mês de agosto, Paulo e o irmão caminhavam pela rua mal iluminada que conduzia à sua residência. Subitamente, foram abordados por um homem estranho. Pararam, atemorizados, e tentaram saber o que homem queria, receosos de que se tratasse de um assalto. Era entretanto, somente um bêbado que tentava encontrar, com dificuldade, o caminho de sua casa.”
Dissertação
	“Muitos debates tem havido sobre a eficiência do sistema educacional brasileiro. Argumentam alguns, que ele deve ter por objetivo de despertar, no estudante, a capacidade de absorver informações dos mais diferentes tipos e relacioná-las com a realidade circundante. Um sistema de ensino voltado para a compreensão dos problemas sócio-econômicos e que despertasse no aluno a curiosidade científica seria por demais desejável.”
Caracteristicas da Narração
Narração é o relato dos fatos ordenados em sequência lógica com inclusão de personagens
São elementos fundamentais da narração: o fato, o episódio ou o incidente (O que?): a personagem ou personagens envolvidos nela (Quem?)
Ocorre, contudo, a presença facultativa de outras circunstância, seguindo o seguinte esquema:
Como? Modo como se desenvolvem os fatos.
Onde? Local ou locais de ocorrência.
Quando? Tempo, época e momento em que se deu o fato.
Por quê? Causa ou motivo do acontecimento.
Por isso: Consequência ou resultado
*
*
Elementos da narrativa
El Elementos da narrativa: 
 
Fato
Tempo
Lugar ou espaço
Personagens
Narrador
Enredo
*
*
Tipos de narrador: 
1- Narrador-personagem: é aquele que conta e participa da história. Ele é ao mesmo tempo narrador e personagem. O verbo é em primeira pessoa do singular ou do plural (eu / nós).
2- Narrador-observador: é aquele que apenas conta a história, ele não participou da mesma, apenas viu e contou. É o narrador fofoqueiro. O verbo é em terceira pessoa do singular ou do plural (ele (a) / eles (as)).
Estrutura da Narração
Uma Narração contém as seguinte partes:
Exposição: é uma apresentação do assunto ou tema;
Complicação: é o desenrolar dos acontecimentos, ação das personagens ou conflito entre personagens e situações;
Clímax: é o auge do conflito, o ponto culminante da história ou o suspense da narrativa;
Desfecho: é a resolução do conflito, é a conclusão da história.
Descrição
Observe o texto a seguir:
 Ele é nojento, asqueroso. Um inseto mesmo. E é tão pequeno, tão baixo, que ninguém nota sua presença. Mas ele nunca está sozinho. Iguais a ele existem aos milhões só em sua casa. E, olha, não se iluda: eles são todos iguais. Totalmente sem escrúpulos, fazem mal a moças e rapazes, adultos e crianças. Ele é um ser tão desprezível, que respirar perto dele pode causar até alergia. E sabe o que ele gosta mais de comer? Restos de pele humana.
(Propaganda da MIFANO)
Dissertação
Estrutura básica da dissertação
O texto dissertativo, assim como o narrativo e o descritivo, deve apresentar-se organizado, obedecendo à seguinte divisão:
Introdução
- Serve para preparar o leitor;
- Deve estar relacionada com o que se vai discutir ou expor no desenvolvimento;
- Deve ser breve, apenas um parágrafo;
- Não deve desviar-se do que estará contido no desenvolvimento;
- Deve ser objetiva, portanto sem rodeios.
Desenvolvimento
- É a parte mais significativa da redação;
- São apresentados os raciocínios lógicos, a argumentação, as controvérsias e deduções;
- É a substância do trabalho;
- Não pode ser menor que a introdução.
Conclusão
- É o fecho da redação;
- Nela, o redator pode resumir os pontos de vista;
- Apresentar uma síntese das ideias contidas no desenvolvimento;
- Não pode ser dispensada;
- Deve ser breve e ter caráter geral;
- Apenas um parágrafo.
Tema e Título
Tema: é a ideia sobre a qual o texto deverá ser desenvolvido; é o assunto sobre o qual se escreverá.
Título: é uma expressão geralmente curta, colocada antes do início da redação; é uma referência ao assunto de que tratará o texto.
Exemplo:
Tema: As grandes capitais dos Estados brasileiros são depositárias de graves problemas sociais.
Título: As capitais e os seus problemas
Estruturando uma dissertação: argumentação
Imagine que você queira dissertar sobre o seguinte tema: “O mundo moderno caminha atualmente para sua própria destruição”
Sua primeira providência deve ser copiar este tema em uma folha de rascunho e fazer a pergunta: Por quê?
Ao iniciar sua reflexão sobre o tema proposto e sobre uma possível resposta para a questão procure recordar-se do que já leu ou ouvir a respeito dele.
		O ideal, para que sua dissertação explore suficientemente o assunto, é que você obtenha duas ou três respostas para a questão formulada; estas respostas denominam-se argumentos. Observe agora que argumentos podemos encontrar para este tema. Uma possibilidade é pensar que o mundo pode vir a destruir-se por causa dos inúmeros conflitos internacionais que têm ocorrido nestes últimos tempos. Assim, já teríamos o primeiro argumento:
Tem havido inúmeros conflitos internacionais
Pensando um pouco mais sobre o porquê de estarmos à beira da destruição, podemos chegar a mais dois argumentos
- O meio ambiente encontra-se ameaçado por sério desequilibrio ecológico.
- Permanece o perigo de uma catástrofe nuclear.
Desta maneira, obtermos o seguinte quadro:
Tema: O mundo moderno caminha atualmente para a sua própria destruição
Por quê? (argumentos)
Tem havido inúmeros conflitos internacionais.
O meio ambiente encontra-se ameaçado por sério desequilibrio ecológico.
Permanece o perigo de uma catástrofe nuclear.
	Para elaborar a introdução, basta copiar o tema e acrescentar a ele os argumentos. Na introdução, os argumentos são apenas mencionados. Neste primeiro parágrafo, informamos apenas o assunto de que a dissertação vai tratar.
Observe
 (tema)
O mundo moderno caminha atualmente para a sua própria destruição,
 
 (argumento 1)
pois tem havido inúmeros conflitos internacionais,
 (argumento 2)
o meio ambiente encontra-se ameaçado por uma de série desequilibrios ecológicos e, além do mais, 
 (argumento 3)
permanece o perigo de uma catástrofe nuclear.
No desenvolvimento: cada argumento deverá ser convenientemente desenvolvido em parágrafos.
Na conclusão: basta só um parágrafo. Nele, deve estar presente novamente o proposto no início.
Resumindo todos os procedimentos que utilizamos para construir uma dissertação, chegamos ao esquema:
TÍTULO 
1° Parágrafo: Tema + Argumento 1 + Argumento 2 + Argumento 3
2° Parágrafo: Desenvolvimento do Argumento