Aula Professora Tati
13 pág.

Aula Professora Tati


DisciplinaPsicomotricidade e Movimento39 materiais530 seguidores
Pré-visualização2 páginas
25/09/2018
1
FISIOTERAPIA PEDIÁTRICA
Prof Tatiane Regina de Sousa
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
} A Escala ou Índice de Apgar é um teste desenvolvido
pela Dra. Virginia Apgar (1909 \u2013 1974), médica norte-
americana, que consiste na avaliação por um pediatra de 5
sinais objetivos do recém-nascido, atribuindo-se a cada
um dos sinais uma pontuação de 0 a 2.
} Aparência,
} Pulso,
} Gesticulação,
} Atividade,
} Respiração.
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
25/09/2018
2
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
SINAIS VITAIS: 
Temperatura \u2013 Freqüência cardíaca - Freqüência
respiratória e Pressão arterial
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
25/09/2018
3
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
25/09/2018
4
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
} Nos primeiros dias de vida, há uma perda normal de até
10% do peso do nascimento, o qual deve estar
recuperado no décimo dia de vida. O peso dobra aos 4
para os 5 meses, triplica com 1 ano e quadruplica com 2
anos de idade.
} O peso constitui uma medida de grande valor com índice
do estado nutritivo. Uma observação isolada no entanto
tem valor relativo devendo-se valorizar sempre a curva
ponderal.
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
} Reflete o crescimento do cérebro em condições
fisiológicas ou traduz um crescimento patológico ( tumor,
hidrocefalia). Fita métrica passa pela glabela e o ponto
mais saliente do occipital.
25/09/2018
5
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
} Com um ano de idade a criança deve ter aumentado
cerca de 10 a12 cm de PC e mais 10 cm nos 20 anos
seguintes; 80 a 85% do crescimento do Pc se faz até 4-5
anos e 95% até 6 anos.
} O PC é maior que o torácico ao nascimento.
} O PC é a última medida a ser comprometida nos casos
de desnutrição.
SEMIOLOGIA PULMONAR
} É a medida da circunferência do tórax em centímetros.
} Até os 2 anos de idade tem valor como índice do estado nutritivo; a
seguir: influência do exercício.
} Fita métrica passa pelos mamilos, com a criança em decúbito dorsal
até os 3 anos de idade ou em pé no apêndice xifóide nos
adolescentes com o tórax moderadamente cheio
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
} Perímetro abdominal
} É a medida da circunferência do abdômen. Tem valor
relativo, pois a medição pode variar bastante num mesmo
indivíduo, se for realizada após a alimentação ou em caso
de meteorismo excessivo. È útil para monitorizar a
evolução de certas patologias: ascite, tumores e
visceromegalias.
} Fita métrica passa pela cicatriz umbilical.
25/09/2018
6
SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA
EXAMES LABORATORIAIS
} Valores de Referência:
} Importância:
} São fundamentais para a interpretação de um teste como método
diagnóstico, além de serem essenciais para a tomada de decisões
terapêuticas.
} Problemas:
} Falta de padronização dos valores de referência e das unidades;
} Unidades de valores diferentes e em alguns casos, com unidades
métricas diferentes (glicose em mg/dL ou mmol/L);
} Poucos dados na faixa etária pediátrica e em populações pequenas;
} Utilização de valores de referência de adultos;
EXAMES LABORATORIAIS
ANEMIA
} Segundo a OMS: 
} Para crianças até 5 anos: Hb < 11 g/dL;
} Crianças 5 a 11 anos: Hb < 11,5 g/dL; 
} Cças 12 a 14 anos e gestantes: Hb < 12 g/Dl
Hb (g/dL) e Ht (%)
Fonte: NHANES III. CDC. MMWR 1989; 38:400-4; Yip R et al. Am J Clin Nutr 1984; 39:427-36.
25/09/2018
7
EXAMES LABORATORIAIS
} Glicemia: Ao nascimento - 40 a 100 mg/dL.
Crianças..........- 60 a 99 mg/dL.
Adultos...........- 70 a 99 mg/dL.
Glicemia de jejum (*):
} < 100 mg/dL = Adequado
} 100-125 mg/dL = Duvidoso
} > 126 mg/dL = Diabetes melittus
Jejum mínimo: < 3 anos: 3 hrs;
3 a 9 anos: 4 hrs;
> 9 anos: 8 hrs
EXAMES LABORATORIAIS
} Creatinina: RN e lactentes - 0,3 a 0,7 mg/dL.
Crianças...........- 0,4 a 0,9 mg/dL. 
Adultos............- 0,6 a 1,2 mg/dL (F).
0,8 a 1,4 mg/dL (M).
EXAMES LABORATORIAIS
PERFIL LIPÍDICO
} CT 170 mg / dL - desejável
170 a 199 mg / dL - limítrofe
200 mg / dL - elevado
} LDL 110 mg / dL - desejável
110 a 129 mg / dL - limítrofe
130 mg / dL - elevado
} TG 150 mg / dL
} HDL 35 mg / dL
25/09/2018
8
IDADE DA 
CRIANÇA
HABILIDADES 
DESENVOLVIDAS
HABILIDADES EM 
DESENVOLVIMENTO
HABILIDADES 
AVANÇADAS
Um mês
\u2022Levanta a cabeça
\u2022Reage a sons
\u2022Olha fixo para rostos
\u2022Segue objetos com o olhar
\u2022Emite sons de vogal (&quot;a&quot;,
&quot;u&quot;)
\u2022Enxerga desenhos em
branco e preto
\u2022Sorri
\u2022Dá gargalhada
\u2022Levanta a cabeça num
ângulo de 45 graus
Dois meses
\u2022Vocaliza sons como &quot;agu&quot; e
&quot;arru&quot;
\u2022Segue objetos com o olhar
\u2022Mantém a cabeça
erguida por curtos períodos
\u2022Sorri, dá gargalhadas
\u2022Levanta a cabeça num
ângulo de 45 graus
\u2022Movimentos ficam menos
bruscos
\u2022Segura a cabeça com
firmeza
\u2022Apóia peso nas pernas
\u2022Pode levantar a cabeça e
os ombros (miniflexão de
braços)
Três meses
\u2022Dá gargalhadas
\u2022Segura a cabeça com
firmeza
\u2022Reconhece seu rosto e seu
cheiro
\u2022Dá gritinhos, faz &quot;agu&quot; e
&quot;arru&quot;
\u2022Reconhece sua voz
\u2022Faz miniflexões de braço
\u2022Vira a cabeça na direção
de barulhos altos
\u2022Junta as mãos e bate a
mão nos brinquedos
\u2022Consegue se virar
deitada
IDADE DA 
CRIANÇA
HABILIDADES 
DESENVOLVIDAS
HABILIDADES EM 
DESENVOLVIMENTO
HABILIDADES 
AVANÇADAS
Quatro meses
\u2022Segura a cabeça com 
firmeza
\u2022Consegue apoiar o peso 
nas pernas
\u2022Responde com sons 
quando você fala com ela
\u2022Consegue segurar um 
brinquedo
\u2022Estica o braço para pegar 
objetos
\u2022Consegue se virar deitada
\u2022Imita sons da fala --
&quot;baba&quot;, &quot;dada&quot;
\u2022Pode aparecer o primeiro 
dente
Cinco meses
\u2022Consegue distinguir cores 
primárias
\u2022Consegue se virar deitada
\u2022Consegue se distrair com 
as mãos e os pés
\u2022Vira na direção de barulhos 
novos
\u2022Reconhece o próprio 
nome
\u2022Fica um pouquinho 
sentada sem apoio
\u2022Põe objetos na boca
\u2022Pode surgir o medo de 
estranhos
\u2022Pode estar pronta para 
comer alimentos sólidos
Seis meses
\u2022Vira na direção de sons e 
vozes
\u2022Imita sons, faz bolinhas de 
cuspe
\u2022Rola nas duas direções 
quando deitada
\u2022Estica o braço para pegar 
objetos e os põe na boca
\u2022Senta sem apoio
\u2022Está pronta para alimentos 
sólidos
\u2022Pode se arrastar para a 
frente ou começar a 
engatinhar
\u2022Pode &quot;conversar&quot; ou 
combinar sílabas
\u2022Pode puxar objetos em 
sua direção
25/09/2018
9
IDADE DA CRIANÇA HABILIDADES DESENVOLVIDAS 
HABILIDADES EM 
DESENVOLVIMENTO
HABILIDADES 
AVANÇADAS
Sete meses
\u2022Senta sem apoio
\u2022Puxa coisas em sua 
direção
\u2022Imita sons da fala
\u2022Combina sílabas em sons 
que parecem palavras
\u2022Começa a engatinhar ou 
se arrastar
\u2022Fica de pé segurando em 
alguma coisa
\u2022Faz tchauzinho
\u2022Bate objetos um contra o 
outro
Oito meses
\u2022Diz &quot;papá&quot; e &quot;mamá/ã&quot; 
para os pais (sem 
especificar)
\u2022Começa a engatinhar
\u2022Transfere objetos de uma 
mão para a outra
\u2022Fica de pé segurando em 
alguma coisa
\u2022Engatinha bem
\u2022Aponta para objetos
\u2022Levanta sozinha e &quot;anda&quot; 
segurando nos móveis
\u2022Pega coisas pequenas 
com o movimento de 
pinça, entre o polegar e 
outro dedo
\u2022Mostra o que quer com 
gestos
Nove meses
\u2022Combina sílabas em sons 
que parecem palavras
\u2022Fica de pé segurando em 
alguma coisa
\u2022Usa o movimento de 
pinça para pegar coisas 
pequenas
\u2022Anda pela casa apoiada 
nos móveis
\u2022Bate objetos um contra 
o outro
\u2022Participa de brincadeiras 
com gestos
\u2022Diz &quot;papá&quot; e &quot;mamá/ã&quot; 
para a pessoa certa (pai e 
mãe)
IDADE DA 
CRIANÇA
HABILIDADES 
DESENVOLVIDAS 
HABILIDADES EM 
DESENVOLVIMENTO
HABILIDADES 
AVANÇADAS
Dez meses
\u2022Dá tchau com a mão
\u2022Pega coisas com o 
movimento de pinça
\u2022Engatinha bem
\u2022Anda segurando nos 
móveis
\u2022Diz &quot;papá&quot; e &quot;mamá/ã&quot; para a 
pessoa certa (pai e mãe)
\u2022Responde ao nome e 
entende o &quot;não&quot;
\u2022Mostra o que quer com 
gestos
\u2022Bebe líquidos no copo
\u2022Fica em pé sozinha por 
alguns segundos
\u2022Coloca objetos dentro de 
um recipiente