A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
QUESTIONÁRIO I GEOMETRIA PLANA FAVENI

Pré-visualização|Página 1 de 5

QUESTIONÁ RIO I G EOMETRIA PLAN A
Os es tudos iniciais sobre G e ome tria Plana e stão re lacion ado s à G récia A ntiga, també m p ode
se r de nominada G e ome tria Euclidiana e m home nage m a Euclide s de Ale xandria ( 360 a.C.
295 a.C.) , grande mate tico e du cado n a cidade de A ten as e fre que ntador d a e scola
f undame ntada nos princípios de P latão.
Quais foram os princípios qu e lev aram à e laboração da G e ome tria Euclidiana?
Re sposta M arcada :
Eram base ados nos e stud os do ponto , d a re ta e do plano.
PON TU AÇÃ O TOTAL: 2PONTUA ÇÃO OBTIDA 2
An alise as af irmativas a se guir:
I. O p onto é con side rado um ele men to que te m de f inição plaus íve l.
II . A re ta era de f inida como uma s eq ncia inf inita de pontos .
II I. Plano de f inido atravé s da d isposição d e re tas.
Marque a alte rnativa corre ta:
Re sposta M arcada :
II e I II es o corre tas.
PON TU AÇÃ O TOTAL: 2PON TU AÇÃ O OBTIDA 2
De acordo com o q ue f oi e studado, as de f iniçõe s te óricas da G e ome tria de Eu clid es e stão
base adas e m: M arque a alternativa incorreta:

Re sposta Marcada :
Den ominaçõe s
PON TU AÇÃ O TOTAL: 2PON TU AÇÃ O OBTIDA 2
A ge ometria s urgiu de forma intu itiva, e como todos os ramos do conhe cime nto, nasce u da
ne ce ss idade e da obse rvação humana. O se u in ício s e de u f orma natural atravé s da obse rvação
do home m à natu re za. Ao arre me ssar uma pe dra nu m lago, por e xe mplo, obs ervou -se que ao
have r contato de la com a águ a, f ormavam - se circunf e rê ncias concê ntricas ce ntros na me sma
orige m. O nde surgiu a ge ometria?
Ap ós a leitura do tre cho acima, marque a alte rnativa qu e comple ta a frase :
Re sposta M arcada :
G e ome tria S ubcon sciente
PON TU AÇÃ O TOTAL: 2PON TU AÇÃ O OBTIDA 2
“…te m muita aplicabilidade e m dife re nte s momentos, se j a e m ativ idade s pu rame nte
cogn itivas, ou até me smo trabalhistas. U m e x emp lo d e prof issional qu e f az uso de ssa
f errame nta p ara tornar possíve l o de se mpe nho do se u trab alho é o pe dreiro. É atravé s de sse
con he cime nto, que é p ossív el e stimar a quantidad e de ce râmica ne ces sária p ara pavime ntar
um de terminado cômodo de u ma casa, por e x emp lo.
Marque a alte rnativa qu e corre spond a a e x press ão acima:
Re sposta M arcada :
Cálculo de áreas

PON TU AÇÃ O TOTAL: 2PON TU AÇÃ O OBTIDA 2
Sobre o quadrado , ob se rv e as af irmativas a se guir, e j ulgue como ( V ) para ve rdade iro e ( F) para
f also.
( ) Os quatro ângulos são congru en tes .
( ) É uma f igura ge omé trica plana re gular.
( ) Os lados possu em me dida de 45º.
( ) Todos os se us lados e ângulos são igu ais.
Marque a alte rnativa que corres ponda à se quê ncia corre ta:
Re sposta M arcada :
V , V , F, V .
PON TU AÇÃ O TOTAL: 2PONTUA ÇÃO OBTIDA 2
Sobre o re tângulo, obs erve as af irmativas a se guir, e j ulgue como ( V) para ve rdade iro e ( F) para
f also.
( ) Figura ge omé trica p lana.
( ) Todos os ângulos me de m 180º.
( ) Lados op ostos não s ão parale los e iguais .
( ) A pe nas 2 lados são congruen tes .
Re sposta M arcada :