A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Tarefa 2

Pré-visualização | Página 1 de 1

Disciplina: Gerência de Riscos 
Identificação da tarefa: Tarefa 2. Envio de arquivo 
Pontuação: 5 pontos 
 
Tarefa 2 
 
 
Considerando a curva a seguir, 
 
 
Curva de probabilidades – bacia de falhas ou curva da banheira. 
 
Fonte: Bastias, 1977. 
 
explique: 
1. Período de depuração 
Região de altas taxas de falha, conhecida como falha precoce ou prematura. Normalmente 
estas falhas estão relacionadas com problemas de fabricação, tipo do material usado ou 
montagem. Não são falhas constantes, ocorrem esporadicamente. 
2. Vida útil 
Neste intervalo as taxas de falhas são consideradas constantes porém menores. É o tempo 
de vida útil, de operação do produto. As falhas são casuais e estão relacionadas a 
carregamentos inevitáveis e inesperados. 
3. Período de desgaste 
A taxa de falha é crescente, estando ligada ao desgaste do equipamento. O aumento dessa 
T
a
x
a
 d
e
 F
a
lh
a
 
Tempo 
Período de 
Depuração 
Falhas 
Prematuras 
Período de 
Vida Útil 
Falhas Casuais 
Período de 
Desgaste 
Falhas por 
Desgastes 
Equipamento 
Elétrico Típico 
Equipamento 
Mecânico Típico 
taxa está ligado ao momento em que as peças devem ser trocadas ou que a vida útil do 
equipamento está chegando ao fim. 
4. Por que a curva difere entre elétricos e mecânicos 
Pois nem todos os tipos de componentes ou sistemas apresentam sempre todos os períodos, 
tendo para cada um deles uma curva de falha característica. 
Computadores e componentes eletrônicos costumam apresentar função de risco dominada 
pelo estágio de vida útil, com períodos curtos de mortalidade infantil e envelhecimento. Em 
equipamentos e componentes mecânicos, função de risco é dominada pelos estágios 1° e 3° 
da curva da banheira, sendo o estágio 2°, de vida útil, praticamente ausente.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.