A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
CASO HARVARD - AMAZON, APPLE, FACEBOOK E GOOGLE

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
MBA EM CONSULTORIA EMPRESARIAL
Resenha Crítica de Caso 
Rodrigo Alexandre Matos Chaves
Trabalho da disciplina Consultoria 
Tutor: Prof. Claudia Marcia Pereira Loureiro
Betim/MG 
2020
AMAZON, APPLE, FACEBOOK E GOOGLE
Referência: 
DEIGHTON, John. KORNFELD, Leora. AMAZON, APPLE, FACEBOOK E GOOGLE. Harvard Business School, 514-P07. Dezembro 2013. Disponível em: http://pos.estacio.webaula.com.br/Biblioteca/Acervo/Basico/PG0310/Biblioteca_47379/Biblioteca_47379.pdf . Acesso em: 26 de Janeiro de 2020.
O caso em estudo trata da internet, uma ferramenta criada na década de 1950 como projeto de defesa, para alertar sobre bombas nucleares. Logo ela se expandiu e tornou-se um sistema global, mas que era utilizado apenas por universidades e laboratórios de pesquisa. Somente no ano de 1995 ela expludiu focada em ações centrais de marketing: geração de leads, transações, compartilhamento de informações e persuasão.
Desde então, quatro empresas capitalizadas em quase U$ 1 trilhão, administram o marketing na internet. A Google destacando-se com as propagandas, a Amazon dominando as vendas de varejo, o Facebook com as redes sociais e a Apple estabelecendo padrões para dispositivos móveis.
Em 1990, a Amazon começa como uma livraria online. A venda de livros digitais gerava 37% da receita. A amazon criou também a Web Services e a AdWeek. Em 2013, conseguiu bater a receita de U$ 31 bilhões em varejo.
Fundada em 1976, a Apple tornou-se a empresa de capital aberto mais valiosa de todos os tempos nos Estados Unidos. Os smartphones tornaram-se a maior fontes de marketing online. Neste ponto, ela prevalecia sobre a Google, pois de todos os aplicativos distribuídos de forma gratuita, 60% eram da Apple.
Em 2005 foi disponibilizado ao público o facebook. Uma das suas grandes características foi “prender” os usuários por mais tempo online. Ainda assim, não atraía tantos anunciantes quanto o Google. Em 2012 foi criado o Facebook Exchange. Como os usuários passavam muito tempo conectados ao Facebook, as estatísticas eram favoráveis a anúncios nesta rede.
O Google foi criado para demonstrar o potencial do seu algoritmo de pesquisa. Criou o mecanismo chamado AdWords, que gerava propagandas baseado nas pesquisas dos usuários. Depois, criou o Gmail, o Google Play, o Google + e adquiriu o Youtube, o Double Click, a AdMob, que era um servidor de anúncios para dispositivos móveis e a Motorola Mobility, fábrica de telefones móveis que foi sua maior aquisição.
O que se sabe é que a internet tornou-se um mecanismo de extrema importância na vida das pessoas e também para as empresas, uma vez que as aproxima dos clientes. Nota-se que através da briga comercial entre as quatro empresas estudadas, os consumidores foram muito beneficiados comercialmente, além de terem ganhado o direito de liberdade de expressão.
1
3

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.