Buscar

AOL 5 QUÍMICA ANALÍTICA E QUALITATIVA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 11 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

AOL 5 QUÍMICA ANALÍTICA E QUALITATIVA 
Enviado: 21/04/20 18:16 (BRT) 
10/10 
Seu instrutor revelará as respostas corretas após o envio de todos 
os alunos 
1. Pergunta 1 
/1 
“Os refrigerantes são bebidas consumidas em todo o mundo e vários são os ingredientes utilizados 
para a sua produção (água, metais, açúcar, concentrados, antioxidantes etc.), destacando-se 
os ácidos, que desempenham papel primordial. A utilização do ácido fosfórico é bastante 
questionada porque alguns estudos científicos afirmam que essa substância, quando ionizada, libera 
os íons fosfato , que é um sequestrante de cálcio, isto é, o íon fosfato tem grande afinidade pelo 
cátion cálcio (presente nos ossos). Assim, o consumo de refrigerante com a presença dessa 
substância levaria a uma diminuição do teor de cálcio no organismo do indivíduo. Além da 
problemática relacionada com o cálcio, os ácidos presentes nos refrigerantes podem aumentar a 
inflamação estomacal em uma pessoa que já está com gastrite”. 
DIAS, D. L. Função dos ácidos nos refrigerantes. Brasil Escola. 21 jul. 2015. Disponível em: 
https://brasilescola.uol.com.br/quimica/funcao-dos-acidos-nos-refrigerantes.html. Acesso em: 04 jan. 
2020. 
Considere as reações de ionização do ácido fosfórico e a reação de formação de fosfato de cálcio a 
seguir e assinale a alternativa correta. 
 
 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
A reação de formação do fosfato de cálcio resulta na formação de um precipitado insolúvel em água, 
que torna a solução levemente ácida. 
2. 
Na reação 1 pode ser observada a ionização do ácido fosfórico, que não é influenciada pelo pH do 
meio, porém o meio reacional é acidificado após ionização do ácido. 
3. 
Na reação 1, se for adicionado íons , o equilíbrio é deslocado no sentido de formação de íons 
fosfato. 
4. 
A precipitação dos íons cálcio observada na reação 2 deve estar associada a um baixo valor de Kps 
do fosfato de cálcio. 
5. 
A precipitação dos íons cálcio observada na reação 2 deve estar associada a um alto valor de Kps do 
fosfato de cálcio. 
2. Pergunta 2 
/1 
“A fila de reatividade dos metais revela quais metais reagem mais facilmente, ou seja, quais metais 
possuem maior tendência de doar elétrons ou maior eletropositividade. Com o hidrogênio incluído 
na fila de reatividade é possível determinar a reatividade dos metais em soluções em que há íons 
hidrogênio. Os metais chamados de não nobres, isto é, aqueles que aparecem na fila de reatividade 
dos metais à esquerda do H, reagem com substâncias de caráter ácido. Isso ocorre porque são mais 
reativos que o hidrogênio e, assim, deslocam o hidrogênio dos ácidos, formando o cátion ou 
. Com o hidrogênio incluído na fila de reatividade é possível determinar a reatividade dos 
metais em soluções em que há íons hidrogênio”. 
Tabela: Fila de reatividade dos metais 
 
BQ04_QUIMICA ANALITICA QUALITATIVA_06_v1.JPG 
 
FOGAÇA, J. R. V. Reatividade dos metais com ácidos. Mundo Educação. 02 abr. 2012. Disponível 
em: https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/quimica/reatividade-metais-com-acidos.htm. Acesso em: 
02 jan. 2020. 
De acordo com o texto descrito e a tabela, marque a alternativa correta. 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
O ouro pode ser considerado o elemento menos reativo de todos da lista, porém sofre reação em 
meio ácido concentrado, gerando gás hidrogênio e íons ouro. 
2. 
O zinco é mais reativo que o ferro, ambos reagem com ácido, formando gás hidrogênio e os 
respectivos íons em solução. 
3. 
A reação envolvendo metais a esquerda do hidrogênio é uma reação de óxido-redução, em que o 
ácido atua como agente redutor. 
4. 
O ferro é considerado mais reativo que o cromo, além disso o ferro sofre reação com ácido formando 
íons 
5. 
O elemento mais reativo da lista é o lítio, no entanto este elemento não reage em meio ácido. 
3. Pergunta 3 
/1 
“Também conhecido como água sanitária ou água de javelle, o hipoclorito de sódio é um composto 
químico de fórmula NaClO, encontrado normalmente sob a forma líquida, de cor levemente amarela 
esverdeada, odor picante, solúvel em água, não-inflamável, fotossensível (decompõe-se quando em 
contato direto com a luz), corrosivo a metais, de fácil oxidação e decomposição, libera gases tóxicos 
quando em contato com ácidos, este íon pode ser obtido a partir da reação do cloro com uma solução 
diluída de hidróxido de sódio (soda cáustica). O hipoclorito de sódio tem propriedades germicidas e, 
por isso, é amplamente utilizado no tratamento e purificação da água, na desinfecção de legumes, 
verduras e frutas, na produção de desinfetantes industriais, no tratamento de piscinas para 
desinfecção da água, na composição de pesticidas convencionais e como agente de esterilização nas 
indústrias de bebidas como cerveja, vinho e refrigerantes à base de cola”. 
CARDOSO, M. Hipoclorito de sódio. Infoescola. 21 nov. 2011. Disponível em: 
https://www.infoescola.com/quimica/hipoclorito-de-sodio/. Acesso em: 02 jan. 2020. 
As reações podem ser observadas a seguir. 
 
 
 
A partir do texto descrito e das reações apresentadas, assinale a alternativa correta. 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
Na reação 3 o cloro sofre redução, sendo classificado como agente oxidante da reação. 
2. 
A reação 1 é influenciada pelo pH da solução, em pHs mais básicos a reação é favorecida. 
3. 
A reação 2 é influenciada pelo pH da solução, soluções mais ácidas favorecem a formação de gás 
cloro. 
4. 
Na reação 2 pode ser observada a formação de bolhas em solução, referente a formação de vapor de 
água, um dos produtos de ração. 
5. 
A reação 1 é influenciada pelo pH da solução, em pHs mais ácidos o equilíbrio é deslocado no 
sentido de formação de íons hipoclorito. 
4. Pergunta 4 
/1 
“Os ácidos podem ser classificados usando quatro critérios diferentes: quanto à presença de 
oxigênios na molécula, ao número de hidrogênios ionizáveis, ao grau de ionização e quanto à sua 
volatilidade. Os hidrácidos são ácidos que não possuem oxigênio, enquanto que os oxiácidos 
possuem oxigênio em suas moléculas. Referente ao número de hidrogênio ionizável, os ácidos 
podem ser classificados como monoácido, diácido, triácido e tetrácido. Segundo o grau de ionização, 
os ácidos fortes possuem um grau de ionização igual ou maior que 50%, ácidos moderados estão 
entre 50% e 5%, enquanto que os ácidos fracos apresentam grau de ionização inferior a 5%. Quanto 
à volatilidade, ácidos voláteis apresentam ponto de ebulição abaixo de 100ºC e em temperatura 
ambiente passam facilmente para o estado vapor, enquanto que ácidos fixos apresentam ponto de 
ebulição superior a 100ºC”. 
FOGAÇA, J. R. V. Classificação dos ácidos. Mundo educação. 07 nov. 2011. p. 01. Disponível em: 
https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/quimica/classificacao-dos-acidos.htm. Acesso em: 01 jan. 
2020. 
De acordo com as características dos ácidos, marque a opção correta. 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
Os ácidos sulfúrico e clorídrico são classificados como oxiácidos. 
2. 
Os ácidos clorídrico e sulfúrico são considerados fortes por apresentarem alto grau de ionização. 
3. 
O ácido carbônico e ácido fosfórico são classificados como diácidos. 
4. 
Os ácidos clorídrico e sulfúrico podem ser classificados como hidrácidos. 
5. 
O ácido acético é considerado forte por apresentar alto grau de ionização em água. 
5. Pergunta 5 
/1 
“O magnésio atua como cofator em mais de 300 reações metabólicas, desempenhando papel 
fundamental no metabolismo da glicose, na homeostase insulínica e glicêmica e na síntese de 
adenosina trifosfato, proteínas e ácidos nucleicos. Atua ainda na estabilidade da membrana 
neuromuscular e cardiovascular, na manutenção do tônus vasomotor e como regulador fisiológico da 
função hormonal e imunológica. No organismo de um adulto saudável contém aproximadamente 21-
28 g de magnésio, distribuídos em três compartimentos principais:ósseo (65%), muscular (34%) e 
plasmático e fluido intersticial (1%).As principais fontes alimentares de magnésio são os cereais 
integrais, vegetais folhosos verdes, espinafre, nozes, frutas, legumes e tubérculos, como a batata. 
Nos últimos anos, tem-se observado redução na ingestão dietética de magnésio, principalmente em 
países ocidentais, nos quais o consumo de alimentos processados é crescente. Esses alimentos 
contêm menor quantidade do mineral quando comparados com grãos integrais, o que compromete 
sua ingestão adequada e expõe os indivíduos ao risco aumentado para o desenvolvimento de doenças 
crônicas”. 
SEVERO, J. S.; MORAIS, J. B. S.; FREITAS, T. E. C.; CRUZ, K. J. C.; OLIVEIRA, A. R. S.; 
POLTRONIERI, F.; MARREIRO, D. N. Aspectos metabólicos e nutricionais do 
magnésio. Nutrición clínica y dietética hospitalaria, v. 35, n. 2, p. 67-74, 2015. p. 68. 
Considerando o texto e dados sobre elemento químico magnésio, assinale a alternativa correta. 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
As principais fontes de magnésio são alimentos como grãos cereais, vegetais, batata e em alimentos 
processados, sendo estes últimos a fonte mais abundante de magnésio. 
2. 
O magnésio participa de inúmeras reações metabólicas, sendo considerado um macronutriente 
essencial para os organismos. 
3. 
O magnésio é encontrado na sua forma metálica e iônica, em que adquire carga elétrica +1. 
4. 
O magnésio pode ser encontrado na sua forma metálica e na sua forma iônica, onde apresenta carga 
elétrica +2. 
5. 
A ingestão adequada de magnésio está associada ao desenvolvimento de doenças crônicas. 
6. Pergunta 6 
/1 
“A solubilidade dos sais está relacionada com a capacidade de dissolução na água que esses 
compostos apresentam. Sempre que nos reportarmos à solubilidade de um sal, o solvente empregado 
será a água. Denomina-se sal o composto que em água sofre o fenômeno da dissociação, liberando 
um cátion diferente do hidrônio e um ânion diferente da hidroxila . Em relação 
à solubilidade, podemos classificar os sais em dois grandes grupos: sal solúvel é aquele que 
apresenta boa solubilidade em água e o sal praticamente insolúvel engloba sais que se dissolvem em 
quantidade extremamente desprezível em água, mas ocorre algum tipo de dissolução, por menor que 
seja”. 
Considere a tabela com a solubilidade de alguns sais. 
Tabela: Solubilidade de diferentes ânions em água 
 
BQ04_QUIMICA ANALITICA QUALITATIVA_03_v1.JPG 
 
DIAS, D. L. Solubilidade dos sais. Brasil Escola. 04 ago. 2015. Disponível em: 
https://brasilescola.uol.com.br/quimica/solubilidade-dos-sais.htm. Acesso em: 02 jan. 2020. 
Considerando o texto e a tabela, assinale a alternativa que apresenta apenas sais solúveis em água. 
Correta 
a. 
 Ocultar outras opções 
 
7. Pergunta 7 
/1 
“Erros de medicação são eventos evitáveis que levam ao uso inadequado do medicamento e, 
portanto, causam prejuízos à saúde dos pacientes. O cloreto de potássio parenteral tem sido um dos 
medicamentos mais frequentemente associados a erros de medicação, provocando acidentes fatais 
nos pacientes, sendo classificado como medicamento de alto risco. A maioria desses erros envolve a 
troca acidental do diluente adequado por solução de cloreto de potássio na reconstituição de 
medicamentos injetáveis. O potássio é o íon intracelular mais abundante. É essencial em diversos 
processos fisiológicos, especialmente na transmissão dos impulsos nervosos, promovendo a 
contração dos músculos. Os valores de referência para potássio sérico encontram-se 7-9 entre 3,5 a 
5,0 mmol/L. A solução injetável de cloreto de potássio tem como indicação principal o tratamento de 
hipopotassemia. A apresentação mais comum é a solução 19,1%, geralmente em ampola de 10 ml, 
sendo a concentração máxima recomendada na solução para infusão intravenosa 3200 mg/L. Essa 
solução apresenta interações medicamentosas com corticóides, penicilinas e outros fármacos”. 
MARKMAN, B. E. O., KOSCHTSCHAK, M. R. W., OLIVEIRA, E. S., KIRA C. S., MAGNELLI, 
R. F. Risks to Patients from errors in the use of potassium chloride occurring during the 
reconstitution of drugs for injection. Boletim epidemiológico paulista, v. 7, n. 82, p. 04-10, 2010. p. 
4. Disponível em: http://periodicos.ses.sp.bvs.br/pdf/bepa/v7n82/v7n82a01.pdf. Acesso em: 21 jan 
2020. 
 
Em uma simulação de emergência, um estudante de medicina teve que preparar uma solução de 
cloreto de potássio para atender um paciente diagnosticado com hipopotassemia. Para isto o 
estudante teve que preparar 10mL de uma solução 19,1% de KCl. Assinale a alternativa que 
apresenta informações corretas sobre essa solução. 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
A solução de KCl preparada pelo estudante deve apresentar concentração molar de 5M. 
2. 
Para preparar 10 mL desta solução o estudante deve pesar 3g de KCl e colocar 10mL de água. 
3. 
A solução de KCl preparada pelo estudante deve apresentar concentração molar de 3,16M. 
4. 
A solução preparada pelo estudante deve utilizar aproximadamente 19g de KCl em 100g de água. 
5. 
A solução de KCl preparada pelo estudante deve apresentar concentração molar de 19,1M. 
8. Pergunta 8 
/1 
“Os indicadores ácido-base são substâncias naturais ou sintéticas que têm a propriedade de mudarem 
de cor em função do pH do meio. O pH é o potencial hidrogeniônico, ou seja, refere-se à 
concentração de íons ou em uma solução. Quanto maior a quantidade desses íons, mais 
ácida é a solução. Desse modo, os indicadores apresentam uma cor quando estão em meio ácido e 
outra cor quando estão em meio básico. A escala de pH geralmente varia entre 0 e 14, sendo que o 7 
representa um meio neutro, os valores abaixo de 7 são meios ácidos e quanto menor o pH, mais 
ácido é o meio, enquanto os valores acima de 7 são meios básicos e quanto maior esse valor, mais 
básico é o meio. Assim, os indicadores ácido-base são também usados para indicar os valores 
aproximados de pH. O sistema de funcionamento dos indicadores é o seguinte: geralmente eles são 
um ácido fraco ou uma base fraca que entra em equilíbrio com a sua base ou ácido conjugado, 
respectivamente, que apresenta coloração diferente. [...] Existem vários indicadores artificiais usados 
em laboratório, sendo que os mais usados são a fenolftaleína e o papel de tornassol. A fenolftaleína é 
um indicador líquido que fica incolor em meio ácido e rosa intenso em meio básico. O papel de 
tornassol fica com cor azul na presença de bases e adquire cor vermelha na presença de ácidos”. 
FOGAÇA, J. R. V. Indicadores ácido-base. Mundo educação. 26 ago. 2013. Disponível em: 
https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/quimica/indicadores-acido-base.htm. Acesso em: 01 jan. 
2020. 
De acordo com as informações fornecidas no texto, assinale a alternativa correta. 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
Uma solução contendo KBr torna a solução de fenolftaleína incolor. 
2. 
Uma solução contendo NaOH 0,5M torna a solução de fenolftaleína incolor e muda a coloração do 
papel tornassol para azul. 
3. 
O pH de uma solução contendo 0,5M é ácido, portanto, o indicador de fenolftaleína fica 
incolor e o papel tornassol fica vermelho. 
4. 
Uma mistura contendo NaOH 0,5M e HCl 0,5M apresenta pH ácido, alterando a coloração do papel 
tornassol para vermelho. 
5. 
Quando o indicador de papel tornassol é colocado em uma solução de HCl 0,5M observa-se 
mudança de cor para azul. 
9. Pergunta 9 
/1 
“Apesar de ter papel importante no organismo e contribuir para um bom funcionamento do corpo, o 
consumo abusivo do sal de cozinha pode trazer problemas à saúde. O excesso de sódio, principal 
componente do sal de cozinha, está associado ao desenvolvimento da hipertensão arterial, de 
doenças cardiovasculares, renais e outras, que estão entre as primeiras causas de internações e óbitos 
no Brasil e no mundo. O sódio éresponsável pela regulação da quantidade de líquidos que ficam 
dentro e fora das células. Quando há excesso do nutriente no sangue, ocorre uma alteração no 
equilíbrio entre esses líquidos. O organismo retém mais água, que aumenta o volume de líquido, 
sobrecarregando o coração e os rins, situação que pode levar à hipertensão. A pressão alta prejudica 
a flexibilidade das artérias e ataca os vasos, coração, rins e cérebro. Dados da Vigilância de Fatores 
de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico do Ministério da Saúde revelam 
que 22,7% dos brasileiros já receberam diagnóstico de hipertensão”. 
BESSA, S. Excesso de sal pode causar doenças cardiovasculares. Blog da Saúde. 06 nov. 2012. 
Disponível em: http://www.blog.saude.gov.br/promocao-da-saude/31371-excesso-de-sal-pode-
causar-doencas-cardiovasculares. Acesso em: 02 jan. 2020. 
 
De acordo com o texto e considerando que a solubilidade do cloreto de sódio 35,9g/100mL a 25ºC e 
sua massa molar de 58,4 g/mol, assinale a alternativa correta. 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
Quando há excesso do nutriente no sangue, ocorre uma alteração no equilíbrio eletrolítico que pode 
ocasionar diversos efeitos negativos. Em 50mL de uma solução saturada de cloreto de sódio estão 
presentes cerca de 17,95 gramas do sal. 
2. 
O sódio é um importante eletrólito que desempenha variadas funções nos organismos vivos, 
apresenta alta solubilidade em água, em 50mL de uma solução saturada de cloreto de sódio estão 
presentes cerca de 65,9 gramas do sal. 
3. 
O consumo elevado de sódio está associado a doenças cardiovasculares, em 100 mL de uma solução 
saturada de cloreto de sódio podem ser encontrados 0,8 mols de sódio. 
4. 
O excesso de sódio presente no sal de cozinha está associado ao desenvolvimento da hipertensão 
arterial e doenças cardiovasculares, em 100 mL de uma solução saturada de cloreto de sódio podem 
ser encontrados 0,5 mols de sódio 
5. 
Com o aumento na concentração de sódio na corrente sanguínea o organismo retém mais água, 
causando o aumento do volume de líquido, sobrecarregando órgãos como coração e os rins. A 
solubilidade do cloreto de sódio é independente da temperatura. 
10. Pergunta 10 
/1 
“A cromatografia é um método físico-químico de separação. Ela está fundamentada na migração 
diferencial dos componentes de uma mistura, que ocorre devido a diferentes interações, entre duas 
fases imiscíveis, a fase móvel e a fase estacionária. A grande variedade de combinações entre fases 
móveis e estacionárias a torna uma técnica extremamente versátil e de grande aplicação. Em se 
tratando da fase móvel, são três os tipos de cromatografia: a cromatografia gasosa, a cromatografia 
líquida e a cromatografia supercrítica (CSC), usando-se na última um vapor pressurizado, acima de 
sua temperatura crítica. A cromatografia líquida apresenta uma importante subdivisão: a 
cromatografia líquida clássica (CLC), na qual a fase móvel é arrastada através da coluna apenas pela 
força da gravidade, e a cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), na qual se utilizam fases 
estacionárias de partículas menores, sendo necessário o uso de uma bomba de alta pressão para a 
eluição da fase móvel”. 
DEGANI, A. L. G.; CASS, Q. B.; VIEIRA, P. C. Cromatografia um breve ensaio. Química nova na 
escola, v. 7, n. 1, p. 21-25 1998. p. 21. 
De acordo com o texto, assinale a alternativa que descreve corretamente os processos físico-
químicos observados na cromatografia. 
Correta 
Ocultar outras opções 
1. 
Na cromatografia a separação dos analitos pode ocorrer por diferenças na solubilidade em água. 
2. 
Na cromatografia a amostra é aquecida em um forno até a ionização do analito, posteriormente é 
avaliada a capacidade de este analito absorver radiação. 
3. 
A cromatografia é uma técnica utilizada para detectar espécies iônicas em solução, com base na 
solubilidade do analito alvo em diferentes soluções. 
4. 
Na cromatografia a separação dos analitos pode ocorrer pela diferença peso, carga e interação com a 
fase estacionária das espécies em solução. 
5. 
A cromatografia é uma técnica utilizada exclusivamente para separar analitos, sendo assim a técnica 
é utilizada apenas para fins qualitativos. 
 
Ajuda para a página atual 
 
Cursos carregados com sucesso 
 
 
https://d2aqwpvls1cndj.cloudfront.net/ultra/uiv2020-04-13_16-42-03-release
https://d2aqwpvls1cndj.cloudfront.net/ultra/uiv2020-04-13_16-42-03-release

Outros materiais